Novembro 27 2015

Foi ao serviço do Benfica que Quique Flores ganhou o primeiro título da carreira como treinador, a Taça da Liga na época 2008/09. No entanto, o espanhol admite que muito mais ficou por conquistar.

«Essa final [da Taça da Liga, com o Sporting] foi maravilhosa, apesar de esse ter sido um ano de transição para o Benfica. O FC Porto e o Sporting estavam muito fortes naquele ano mas as expetativas da nossa equipa, a nível de jogadores, não foram as melhores. Apesar de termos ganho um título, ficamos a meio caminho. O Benfica é uma espinha atravessada», disse numa entrevista ao El Español.

Quique Flores, atualmente no comando do Watford, da Premier League, explicou ainda porque decidiu sair após uma temporada apenas na Luz:

- Decidi que devia regressar a uma liga mais forte como a espanhola, entendi que o campeonato português não me proporcionava competitividade. Além disso, a equipa não era a melhor. Com o passar do tempo, dei-me conta que estou em dívida com o Benfica.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 11:02

Julho 20 2013
O final da época passada foi dramática, como muitos recordam, mas Quique Flores acredita que isso vai mudar. O treinador espanhol que orientou a equipa encarnada na época 2008/2009 mostra-se confiante que a nova temporada seja de sucesso parta os lados da Luz.

«O final da época passada foi um drama para o Benfica. Tinha um plantel forte, com muito valor, mas não conseguiu títulos. A dinâmica da equipa era muito boa, não merecia o que aconteceu, mas acredito no sucesso nesta época, até porque se aprende muito com as derrotas», afirmou Quique Flores, em declarações prestadas à Renascença.

O treinador espanhol falou ainda de Óscar Cardozo, garantindo que nunca teve problemas com o avançado paraguaio. E sobre Salvio, que orientou no At. Madrid e poderá estar agora de saída do Benfica, uma vez que tem Manchester City e Tottenham interessados: «Não sei quais são os planos do Benfica, mas o Salvio é um jogador que está preparado para jogar ao mais alto nível mundial. Tem demonstrado isso no Benfica. É um jovem que joga bem na ala, com velocidade, competência, com mais experiência. Evoluiu muito nos últimos anos.»
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 18:58

Julho 27 2012
Quique Flores, treinador do Benfica na época 2008/09, vaticina uma carreira promissora para Rodrigo, antecipando que o avançado vai ser «um jogador muito importante» para o Benfica e para a seleção espanhola.

«Já mostrou a sua qualidade. A sua juventude torna-o num jogador muito importante para o futuro, tanto do Benfica como da seleção espanhola. Reúne todas as virtudes de um jogador moderno: é rápido, desmarca-se bem, faz golos, sai rápido para o ataque, é agressivo, é muito bom jogador», descreve o técnico espanhol, em declarações à Renascença.

Quanto à permanência de Rodrigo na equipa da Luz, diz Quique Flores que todos «os jogadores têm os seus períodos nos diferentes clubes». 
«Nos últimos anos o Benfica tem-se distinguido por saber encontrar substitutos para os jogadores que saem. Se isso acontecer com o Rodrigo, saberão contratar um jogador para o substituir», observa.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 05:32

Julho 26 2012
Quique Flores destaca o «grande momento» de forma de Carlos Martins e não hesita em afirmar que o médio «é um jogador importante» no Benfica.
«É um excelente jogador, está num grande momento. Esteve a um grande nível no Granada e parece-me ser um jogador importante», diz o antigo treinador das águias, em declarações àRenascença.
Quique Flores orientou Carlos Martins na passagem pelo Benfica na época 2008/09 e, quando confrontado com a decisão do clube da Luz de prolongar o contrato do médio, sublinha que o jogador tem ainda muito para dar ao futebol.
«Marca o ritmo das partidas, é inteligente e tem muito boa qualidade técnica», realça.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 23:35

Março 12 2012
Quique Flores, atual treinador do Al Ahli, que já passou pelo Benfica, felicitava os seus jogadores após a vitória, por 1-0, diante do Al Wasl, equipa orientada por Diego Maradona, num jogo de apuramento para a final da Taça Etisalat, dos Emirados Árabes Unidos, quando se deu o imprevisto.
O guarda-redes Majed Nasser surgiu nas costas de Quique Flores e deu-lhe um valente 'calduço'. O guardião está provisoriamente suspenso pelo ato considerado violento. Maradona, na conferência de Imprensa, inflamou ainda mais a situação, acusando Quique Flores de mandar os seus jogadores simularem lesões.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 23:56

Novembro 05 2011

As últimas exibições e golos de Rodrigo baralham as contas de Jorge Jesus no que respeita à escolha da dupla atacante, um dilema que o técnico dos encarnados voltará a ter na deslocação a Braga, nomeadamente quanto à gestão da titularidade do jovem camisola 19 e da inclusão ou não de Cardozo entre os titulares. Segundo Quique Flores, antigo técnico dos encarnados e conhecedor das qualidades de ambos, a escolha não é fácil, mas o actual momento que o ponta-de-lança de 20 anos atravessa e o facto de ser um jogador mais explosivo poderão fazer pender a balança para o seu lado.

Titular nos dois últimos jogos, o ponta-de-lança hispano-brasileiro não defraudou as expectativas: facturou três vezes (duas ao Olhanense e uma ao Basileia) e realizou exibições de qualidade. Já antes, frente ao Portimonense, havia festejado o seu primeiro golo na sua primeira partida a titular. Certo é que no último jogo, com o Basileia, fez dupla no ataque com Aimar, com Cardozo a começar no banco. Agora, para a visita a Braga, Jesus será obrigado a tomar nova opção entre a continuidade da dupla do Basileia, a entrada de Cardozo para o lado de Rodrigo ou deixar o jovem camisola 19 de fora.

Quique Flores, que treinou Cardozo na Luz em 2008/09 e tem acompanhado a carreira de Rodrigo, não tem dúvidas em considerar que Jorge Jesus "terá uma escolha difícil pela frente, mas também tem a vantagem de ter dois pontas-de-lança de grande qualidade à sua disposição". Ressalvando a O JOGO que será o técnico dos encarnados a saber melhor do que ninguém as linhas com que deverá coser o fato da titularidade, refere que "Rodrigo, por estar em alta, é a opção mais provável para continuar no onze".

No entanto, o treinador espanhol argumenta ainda que o jovem goleador tem outro factor a seu favor. "É um jogador muito habilidoso, mais rápido e explosivo que Cardozo, pelo que poderá dar outra profundidade à equipa em situações de contra-ataque ou transições rápidas, mais importantes e frequentes num jogo fora da Luz e frente a uma equipa também ela forte", refere, considerando que, apesar de tudo, Jesus até pode lançar os dois ao mesmo tempo, porque "são jogadores que se complementam e a experiência e boa capacidade de gerir a bola no ataque de Cardozo podem revelar-se importantes para o desempenho do Benfica".

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 13:43

Novembro 20 2010

Treinador espanhol do Atlético de Madrid indica o capitão do Benfica como exemplo de liderança.
Quique Sánchez Flores, 45 anos, passou pela Luz em 2008/09 e ganhou especial admiração por Luisão. De tal forma que, no último Verão, pediu aos responsáveis colchoneros a contratação do central de 29 anos. O negócio não se concretizou, mas Quique não esquece o gigante brasileiro.
Em entrevista ao diário desportivo AS, cujas instalações visitou ontem, o técnico, quando questionado sobre o defesa Perea, do Atlético, deu o exemplo de Luisão, entre outros referentes aos clubes pelos quais passou. «Perea é um líder no jogo defensivo, como aconteceu com Belenguer no Getafe, Ayala no Valência e Luisão no Benfica.»
Recorde-se que o interesse do Atlético de Madrid motivou uma forte reacção de Luisão, quando ainda estava na África do Sul, ao serviço da selecção brasileira, por entender que o clube da Luz não lhe deu conhecimento dessa possibilidade.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 15:04

Agosto 27 2010

O antigo treinador do Benfica, Quique Flores, está no Mónaco para disputar esta sexta-feora à noite a Supertaça Europeia com o campeão europeu Inter de Milão, depois de ter levado o Atlético de Madrid à conquista da Liga Europa, e aceitou falar da situação do guarda-redes espanhol adquirido pelo Benfica aos colchoneros neste Verão.
«Roberto foi um guarda-redes muito importante no Saragoça, onde se exibiu a grande nível e deixou muitas saudades. É um bom rapaz, um jovem humilde e um guardião com enorme capacidade. Repito, fez grandes exibições no Saragoça. Agora parece que está a atravessar um mau momento e não está a ser feliz, pelo menos a nível exibicional, no Benfica. Importante, neste momento, é que esteja tranquilo e que lhe transmitam tranquilidade. Só assim poderá provar a qualidade que tem. Foi importante no Saragoça, onde ajudou a equipa a ganhar muitos pontos e acredito que no Benfica seja capaz de fazer o mesmo», explicou o técnico.
Quique Flores tranquiliza os benfiquistas neste momento difícil do guarda-redes: «Os adeptos do Benfica podem ficar descansados, pois o Roberto é um grande guarda-redes.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:03

Junho 02 2010

Foram precisos mais de 6 meses para Quique Flores admitir em público aquilo que a maioria de adeptos e dirigentes benfiquistas tinham visto no decorrer da época passada: o técnico espanhol não usou adequadamente alguns jogadores do Benfica. Diz agora o treinador do Atlético de Madrid que “se calhar não soube aproveitar Cardozo”.
Não soube, como não soube rentabilizar um investimento de 11 milhões feito pela SAD benfiquista no internacional paraguaio.
Hoje, no mercado, Cardozo pode valer 30 milhões, verba a que dificilmente chegaria sendo suplente de Suazo.
Diz também agora Quique Flores que David Luiz tem tudo para vingar no Real Madrid ou noutro qualquer gigante europeia.
Esquece-se o treinador espanhol que durante grande parte da época anterior utilizou o jovem central brasileiro a defesa-esquerdo com efeitos nefastos para a cotação do jogador que sempre assumiu não se sentir à vontade no lugar, como ficou bem patente na exibição desastrosa em Alvalade para o campeonato.
Jorge Jesus nunca o utilizou a lateral e hoje David Luiz vale 30 milhões no mercado. E vão 60 milhões que Quique descapitalizou na Luz, não contando com os 4 gastos em Balboa, um pedido expresso do agora adversário do Sporting na Liga Europa. Se juntarmos a isto o salário anual de 1,5 milhões e a indemnização de 2 milhões recebida pela rescisão do contrato, chega-se à conclusão que a passagem do treinador espanhol pelas águias não deu apenas prejuízo desportivo...

Autor: João Rui Rodrigues

publicado por Benfica 73 às 18:09

BENFICA 73
contador grátis
Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...