Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

«Vão continuar a mandar postas de pescada»

26.03.13, Benfica 73
O selecionador nacional, Paulo Bento falou no Azerbaijão sobre a polémica alusiva à utilização de João Moutinho no jogo com Israel. Em conferência de imprensa, Paulo Bento respondeu às palavras de quem criticou o facto de o médio ter atuado 90 minutos: «O João jogou porque quem faz o onze na Seleção Nacional sou eu e mais ninguém. Entendemos que o João tinha condições para jogar, obviamente em concordância com o departamento médico e com o jogador. É muito fácil (...)

Paulo Bento sobre André Gomes

05.02.13, Benfica 73
O azar de Rúben Micael (submetido a uma artroscopia ao joelho direito) foi a sorte do jovem André Gomes. Apesar da tenra idade do médio, 19 anos, Paulo Bento destaca a maturidade com que o benfiquista joga.  «Em função da lesão de Rúben Micael decidimos chamar o André Gomes. É um jogador que já observamos há algum tempo. À parte dos minutos de competição que levava na equipa B, tinha também jogado na Taça de Portugal, Taça da Liga, na Liga dos Campeões e na Liga. No (...)

Paulo Bento responde a Pinto da Costa

15.11.12, Benfica 73
O selecionador de Portugal, Paulo Bento, garantiu, esta quinta-feira, que não admite qualquer ingerência nas suas opções, reagindo diretamente às críticas lançadas na véspera por Pinto da Costa, no âmbito do encontro particular que a Seleção Nacional efetuou com o Gabão. «Levam os jogadores para onde bem lhes apetece. A Federação anda atrás do dinheiro às custas dos jogadores, tem milhões em depósitos a prazo, é rica e não se poupa a nada. Os nossos jogadores chegam (...)

«Resultado peca por escasso; a exibição foi muito bem conseguida»

12.09.12, Benfica 73
O selecionador nacional Paulo Bento ficou satisfeito com a exibição de Portugal frente ao Azerbaijão mas não com a ineficácia revelada pelos jogadores. «O resultado peca por escasso mas revelámos ineficácia e tivemos uma grande dose de infelicidade. Foi uma exibição muito bem conseguida. O 0-0 ao intervalo era um resultado injusto mas na segunda parte os jogadores não perderam o discernimento, não se precipitaram. Estamos de parabéns e também o público que nos apoiou do (...)

«Possivelmente não consegui passar a mensagem»

10.09.12, Benfica 73
Paulo Bento anteviu ao final da manhã desta segunda-feira o encontro frente ao Azerbaijão, de qualificação para a fase final do Campeonato do Mundo de 2014. Na conferência de imprensa que decorreu em Óbidos, onde a Seleção Nacional estagiou para a partida com os azeris, o selecionador reforçou que a fraca exibição com o Luxemburgo se deveu a «questões culturais». «Não se trata de uma desilusão ou deceção. Primeiro porque não se deveu a questões de atitude e querer, e (...)

Paulo Bento reage a Queirós e Manuel José

30.06.12, Benfica 73
«Carlos Queirós e Manuel José foram duas pessoas que aproveitaram uma situação de maior debilidade da nossa Seleção não tiveram o comportamento que deveriam ter tido. De alguma forma são dois ex-selecionadores, um que esteve vários anos e outro durante dias», afirmou Paulo Bento, em declarações à RTP. O selecionador não compreende como treinadores podiam tecer críticas sem o conhecimento daquilo que passava: «O aproveitamento não me parece do mais ético e sensato. (...)

O selecionador explicou como foi decidido quem marcaria as grandes penalidades

30.06.12, Benfica 73
O selecionador Paulo Bento esclareceu que o facto de Cristiano Ronaldo ter sido o escolhido para ser o último a marcar os penalties esteve ligado à estratégia para esse momento. «Agora tudo poderá servir de argumento para poder justificar o termos perdido nas grandes penalidades. O Ronaldo noutras situações já passou por diversas fases, na eliminatória frente ao Bayern falhou e no Manchester frente ao Chelsea foi o último e bateu», afirmou Paulo Bento, em entrevista à RTP. O (...)

«A Espanha foi mais feliz»

28.06.12, Benfica 73
O selecionador de Portugal, Paulo Bento, defendeu que a Seleção Nacional fez um Europeu extraordinário e que apenas faltou uma pontinha de sorte para afastar a Espanha. «Portugal fez um campeonato da Europa extraordinário. Defrontamos a Alemanha, Dinamarca, Holanda, República Checa e Espanha», realçou Paulo Bento. O selecionador analisou depois a partida frente à Espanha: «Acho que estivemos melhor durante os 90 minutos do que no prolongamento, onde a Espanha teve mais posse de (...)

«Temos de ter a coragem de atacar e não passar o tempo a defender»

26.06.12, Benfica 73
O selecionador nacional Paulo Bento diz que Portugal não pode estar refém da estratégia espanhola e que tem de manter a sua identidade, atacando a Espanha e não passando o tempo inteiro a defender. «O jogo vai ter momentos em que vamos dominar. Queremos ter a bola contra uma equipa que tem superado, nesse item, todas as outras. Temos de ter a ambição e a coragem de atacar. Sabemos onde nos colocar, sabemos onde pressionar. Não queremos passar o tempo inteiro a defender. A Espanha (...)

«Vitória justa com exibição extraordinária na segunda parte»

22.06.12, Benfica 73
Paulo Bento, selecionador nacional, gostou bem mais da segunda parte da equipa portuguesa que da primeira. O técnico realçou também a justiça do resultado. «25 minutos da primeira parte em que nos custou a entrar no jogo. Estivemos pouco seguros. Nos últimos 20 minutos da primeira parte estivemos melhor no jogo e ainda na primeira parte foi nossa a única oportunidade de golo. (...)