Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Recado para Platini (José Jorge Letria)

16.04.12, Benfica 73
O Benfica foi o melhor na Luz e em Londres. O Benfica foi, objectivamente, melhor que o Chelsea, mas isso não chegou para chegar às meias-finais da Champions. Há quem pense e diga que foi a adversidade do factor sorte. Mas, como explicação, não é o bastante. Razão tinham os adeptos benfiquistas que pronunciavam em coro bem audível o nome de Michel Platini. Não sei se têm ou não razão, o que sei, sobretudo depois de ver o sr. Abramovich na bancada, é que é muito difícil (...)

Um benfiquista e o seu cão

20.10.11, Benfica 73
Um homem e o seu cão estão sentados numa bancada do Estádio da Luz, imagem pouco comum. O homem chama-se Paulo e é invisual, o cão que o acompanha é um Labrador de pêlo preto. O homem tem um pequeno rádio encostado ao ouvido e acompanha com comovente entusiasmo tudo o que se passa no relvado, como se visse. E, no fundo, ele vê, ele tem uma forma muito própria de ver, que é partilhada da emoção com os muitos milhares de pessoas que o cercam. Tive conhecimento deste caso (...)

Malquerença por José Jorge Letria - Jornal O Benfica

22.09.10, Benfica 73
Não tenho o hábito de atribuir apenas às más arbitragens os resultados insatisfatórios das equipas. Porém, o que aconteceu no Guimarães - Benfica não me deixou margem para dúvidas. O Benfica foi prejudicado de forma clara e inadmissível, e fez muito bem a Direcção do clube ao tornar públicos a sua indignação e o seu protesto. Há coisas que não podem deixar de ser ditas, de forma (...)

A realidade e a ficção por José Jorge Letria - Jornal O Benfica

09.09.10, Benfica 73
Tem razão que assegura que a realidade é mais rica que a ficção. Se assim não fosse, como se poderia explicar o que aconteceu durante o Benfica – Vitória de Setúbal, envolvendo substituição, ao 22 minutos de jogo, de Júlio César por Roberto. Nem um guionista engenhoso se lembraria de criar este inesperado “volte-face”. Do banco de suplentes, arcando com o peso de uma responsabilidade (...)

Os elefantes e os galos por José Jorge Letria - Jornal O Benfica

25.08.10, Benfica 73
O cartaginês Aníbal tinha apenas 26 anos quando comandou a sua legião de elefantes, atravessando os Alpes em plena invernia, para conquistar Roma, feito que nunca chegou a cumprir. Alexandre, o Grande, tinha apenas 33 anos quando morreu de causas misteriosas, depois de ser senhor absoluto do mundo conhecido, com estatuto de quase divindade. Agora querem transformar um treinador jovem, depois de (...)