Junho 26 2011

Chegado da Madeira, onde participou numa homenagem à ex-capitã da Selecção júnior de 1997, Mariela Gonçalves, José António Silva apareceu tranquilo, directo e sem arrependimentos no balanço de três anos como treinador do Benfica. Conquistou três taças, chegou a uma final europeia mas reconhece que faltou o título nacional. 
Tinha contrato com o Benfica até 2012, estava à espera de sair no final desta época ou foi apanhado de surpresa?
Terá sido surpresa para algumas pessoas, mas para mim não foi. Desde há algum tempo que havia pontos de vista diferentes no que toca a perspectivas de trabalho e de como elas seriam interpretadas. É um desfecho normal, pois não iríamos encontrar um equilíbrio. Mas não estão em causa as pessoas, isto que fique claro. Foram pontos de vista distintos no que toca à organização e quanto à funcionalidade. Creio que o motivo fundamental foi este, entendi não ser necessário falar doutras questões.
Que balanço faz destes três anos - positivo ou negativo?
Em primeiro lugar, estes três anos não podem ser vistos como contínuos: no primeiro [ndr: 2008/09] vencemos a Taça da Liga e fomos à final com o FC Porto, que foi decidida na negra, ou seja, até ao fim. O FC Porto acabou por fazer prevalecer o factor casa. O segundo (2009/10) é uma temporada completamente atípica e pela primeira vez, confesso publicamente, que tentei que o clube me libertasse do compromisso verbal que tínhamos. Mas entendemos que deveríamos manter esta ligação, embora assumíssemos que a época desportiva poderia ser comprometida. Nesta última, a análise real é que vencemos duas Taças e chegámos a uma final europeia, nos confrontos directos com o FC Porto, incluíndo o jogo no torneio de S. Mateus, vencemos cinco e perdemos dois, sempre no Dragão Caixa. É um facto que houve alguma irregularidade, mas repare que apenas em dois, três jogos tivemos o plantel todo disponível para competir, que foi na Supertaça nos jogos com o Porto e o Sporting. Também se explica por aqui. Mas é desonesto não se considerar esta última, boa época.
Sentiu pressão por estar no comando técnico do Benfica?
Pressão? É evidente que por trabalhar num clube como o Benfica, todos os actos, todas as acções têm uma dimensão enorme. Mas em todos os momentos tento dar o máximo, seja em que jogo for, contra qualquer adversário e, para mim, a pressão é igual. Há uma maior atenção mas preparamo-nos sempre da mesma maneira. O plantel foi construído para promover uma competição interna feroz, os jogadores teriam de estar sob pressão e deu-me muito gozo trabalhar com este grupo. Muita gente identifica muitos problemas neste plantel e isso é uma noção completamente errada! São excelentes profissionais, excelentes pessoas. Se nunca tivemos problemas? Não é verdade, mas por vezes o treinador tem de intervir de uma outra forma. Mas os momentos menos bons foram resolvidos longe dos olhares e na intimidade da equipa, pois queremos tirar o máximo dos jogadores. Tentei impôr as minhas ideias e orientei-me por elas até ao fim. E nos meus contactos com o presidente do clube [ndr: Luís Filipe Vieira] sempre senti apoio e confiança. É empenhadíssimo e trabalha de forma intensa para o Benfica. A ida dele ao balneário depois da qualificação na Taça Challenge foi um bom momento, positivo, e agradeço-lhe muito. Gostava também de deixar um agradecimento ao Dr. João Coutinho, vice-presidente para as modalidades, que me apoiou imenso assim como aos adeptos, em especial ao pequeno grupo a quem chamo Os Indefectíveis, que sempre nos acompanharam para todo o lado.

publicado por Benfica 73 às 09:03

Maio 28 2011

O treinador da equipa de andebol afirmou, em declarações à Benfica TV, que o grupo está preparado para estar em bom plano no encontro frente ao FC Porto, referente à final four da Taça de Portugal.
“Creio que estamos com bom espírito e uma boa dinâmica. O dia de ontem foi muito importante, pois a equipa recuperou do esforço que vinha a ser submetida. Estamos animados para fazer bons dias em termos competitivos”, disse José António Silva.
O Benfica já jogou esta temporada com o FC Porto no Algarve e o técnico espera que a história se repita em termos de resultados. A formação nortenha foi uma das equipas que os “encarnados” suplantaram para a Supertaça. “Esperamos uma equipa mais repousada relativamente à nossa. É um adversário forte mas, em termos oficiais, já defrontámos o FC Porto por cinco vezes este ano e ganhámos três delas. Estamos muito bem identificados com eles, assim como eles estarão obviamente connosco”, perspectivou.
O Benfica vai defrontar o FC Porto neste sábado, dia 28 de Maio, pelas 15h05, no Pavilhão Municipal de Tavira.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 09:51

Maio 23 2011

O treinador de andebol José António Silva considerou, este domingo, que a equipa falhou no capítulo da finalização frente ao Cimos Koper, em jogo referente à 2.ª mão da final da Challenge Cup.
“Esperávamos um jogo duro e difícil. O resultado da primeira-mão não nos era muito favorável, no entanto, esperávamos discutir o jogo e a final. Falhámos em alguns aspectos, nomeadamente na finalização, o que permitiu ao Koper uma diferença que se veio a ser decisiva para o resultado final”, afirmou José António Silva na conferência de imprensa, após o desaire por 31-27.
Já Milan Vucicevic lamentou, em declarações exclusivas à Benfica TV, o pouco acerto dos “encarnados” nos últimos lances do encontro. “Sabíamos que o Koper era uma boa equipa e com experiência. Conseguimos recuperar no fim e ficar só a dois golos de diferença, mas falhámos algumas bolas importantes”, afirmou.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 20:59

Maio 14 2011

O andebol do Benfica prepara-se para disputar a 1.ª mão da final da Taça Challenge. O técnico “encarnado”, José António Silva e o pivot, Rui Silva, anteviram o desafio com os eslovenos do Cimos Koper.

“Ontem fizemos um treino misto entre a recuperação e a manutenção da condição física e hoje vamos pela primeira vez abordar questões tácticas relativamente aos adversários. Temos apenas dois treinos para alterar algumas questões do nosso jogo para nos adaptarmos”, explicou José António Silva.
Em relação ao adversário da final, o trabalho de casa será fundamental: “Os jogadores ainda não têm muita informação porque é apenas a equipa técnica que tem trabalhado nessa informação sobre a equipa e hoje vamos começar a estudar exaustivamente com os jogadores a equipa do Cimos Koper.”
Quando questionado sobre uma vantagem ideal de golos para a 2.ª mão fora de portas, o treinador pensa apenas em vencer: “Aquilo que temos de tentar fazer é ganhar o jogo. Não vamos estabelecer metas de vantagem, porque pela experiência que tenho, quando se estabelecem metas, a ansiedade acaba por ser contraproducente. A prioridade é conseguir a vitória.”
No final, José António Silva deixou uma mensagem para os benfiquistas: “É um momento único na história do Benfica e é claro que gostava de ter o Pavilhão cheio de benfiquistas a apoiarem a nossa equipa.”
Rui Silva
O pivot do Benfica, Rui Silva, também abordou esta final europeia: “Até há pouco tempo pensávamos apenas no Campeonato e agora vamos pensar na Challenge, não como uma final, mas como mais uma eliminatória, onde vamos dar tudo para ganhar.”
O atleta “encarnado” avaliou, ainda, o estado do andebol em Portugal, com a segunda presença consecutiva nesta final por parte de equipas portuguesas: “Estas duas finais consecutivas são bons resultados, mas acho que ainda não nos podemos comparar às maiores potências do andebol. Estamos num nível intermédio e estamos a caminhar para chegar mais longe.”
Esta 1.ª mão da final da Taça Challenge realiza-se no próximo domingo, dia 15 de Maio, pelas 17 horas, no Pavilhão n.º 2 da Luz e terá transmissão em directo na Benfica TV.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 00:38

Abril 13 2011

Depois da derrota do último sábado com o Águas Santas, a equipa de andebol prepara-se para enfrentar o ABC. Em declarações à Benfica TV, o treinador José António Silva afirmou que os jogadores estão preparados para um jogo equilibrado.
“Vamos tentar adaptar a estratégia de acordo com os adversários e suas características distintas. Os cinco primeiros classificados estão com uma margem muito entre si”, lembrou o técnico.
O desgaste da equipa, que tem feito em média quatro jogos em oito dias, é algo que não preocupa José António Silva: “Nós temos uma dificuldade adicional por estarmos em competições europeias ao mesmo tempo, o que cria naturalmente um desgaste. Mas preferimos esta condição do que não estar a lutar por todas as provas.”
Apesar de a última partida não ter sido favorável ao Benfica, o técnico pede aos adeptos que continuem a apoiar o andebol. “O último jogo não foi bom para nós. Todos os jogos têm um grau de dificuldade e estamos cientes disto. A equipa tem uma atitude fantástica, trabalha imenso e merece o apoio de todos os benfiquistas”, apelou para a partida com o ABC.
A partida da 3.ª jornada da Fase Final do Campeonato Nacional terá lugar no Pavilhão n.º 2 da Luz nesta quarta-feira, dia 13, pelas 20h30. O jogo será transmitido pela Benfica TV.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 16:34

Março 26 2011

O treinador de andebol do Benfica espera acabar a Fase Regular com uma vitória no recinto do rival Sporting. Em declarações exclusivas ao canal de televisão do Clube, José António Silva destacou esta sexta-feira o bom momento do grupo de trabalho. 
“Espero uma vitória e que continuemos a jogar bem. A equipa tem demonstrado que atravessa um bom momento, tendo feito boas exibições e bons resultados”, salientou, acrescentando: “Foi pena não termos ido um pouco mais além no passado domingo frente ao FC Porto, mas acho que é claro para todos que a equipa está num bom momento. Esperamos confirmar isso e arrancar uma vitória em casa do nosso adversário.”
O Sporting triunfou na primeira volta na Luz, mas tem oscilado muito em termos de resultados desde então. “Sabemos que o Sporting empenha-se imenso contra nós e que faz sempre bons jogos. É disso que estamos à espera, mas vamos para ganhar e jogar bem”, afirmou José António Silva.
O timoneiro das “águias” reiterou ainda que a equipa está focada nos seus jogos para conseguir os seus objectivos: “Estamos em desvantagem na classificação, mas dependemos única e exclusivamente de nós. Se continuarmos na jogar com o rigor e a competitividade que temos demonstrado, temos todas as possibilidades de anular essa desvantagem e chegar ao primeiro lugar.”
O Sporting-Benfica vai ser disputado no Pavilhão do Casal Vistoso e tem início marcado para as 17 horas deste sábado, dia 26 de Março.

Fonte:SLB

publicado por Benfica 73 às 12:11

BENFICA 73
Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...