Setembro 23 2014
A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) confirmou, na manhã desta terça-feira, que Fernando Santos é o novo selecionador nacional, sucedendo no cargo a Paulo Bento.
A apresentação de Fernando Santos está marcada para esta quarta-feira, pelas 12.30 horas, na sede do organismo, pode ainda ler-se na nota emitida pela FPF.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 12:00

Novembro 04 2013
Fernando Santos, selecionador da Grécia e antigo treinador do AEK, Panathinaikos e PAOK, estará amanhã no Estádio Karaiskakis a assistir ao Olympiakos-Benfica. 
«Vou fazê-lo na condição de selecionador, dado que estarão em campo diversos jogadores que poderão atuar nos dois jogos do play-off para o Mundial do Brasil [com a Roménia, a 15 de novembro em casa e a 19 em Bucareste], mas estarei a ver o jogo, sobretudo, como espetador». 

Questionado sobre as diferenças que poderão registar-se relativamente ao encontro da primeira volta, na Luz, Fernando Santos avança com dois fatores: «Está bom tempo em Atenas e isso é, desde logo, condição para se disputar um jogo diferente. Em Lisboa, como se sabe, caiu um dilúvio no dia do Benfica-Olympiakos e, sobretudo na segunda parte, o relvado esteve quase impraticável. Ora isso, agora, em Atenas, não se vai passar. Está bom tempo, logo o relvado estará ótimo. Há ainda a questão do campo e dos adeptos gregos. A pressão dos adeptos do Olympiakos será tremenda, como sempre é, pelo que a tarefa do Benfica não será, nesse aspeto, nada fácil.» 

O homem que treinou o Benfica em 2006/07 e no início de 2007/08 realça, depois, que os jogadores encarnados têm poder mental para lidar sem receio com o terrível ambiente do Estádio Karaiskakis: «Qualquer equipa que participe na Liga dos Campeões, como é o caso do Benfica, está preparada para jogar em qualquer ambiente e frente a qualquer equipa. É evidente, por isso, que não será pela pressão dos adeptos que o Benfica deixará de jogar o futebol que sabe e que Jorge Jesus pretende». 

Que Olympiakos pode o Benfica esperar no jogo de amanhã? «Julgo que o melhor será esperar o pior. O mais forte Olympiakos terá sido, nesta temporada, o da primeira parte frente ao PSG. Não haja qualquer dúvida de que o Olympiakos quer bater o Benfica e fará tudo o que lhe for possível para o fazer. E sabe que, se vencer, terá dado passo importantíssimo rumo aos oitavos-de-final [ambas as equipas somam, agora, quatro pontos, menos cinco que o líder PSG].
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 12:01

Abril 19 2013
Fernando Santos, atual selecionador da Grécia, já comandou Sporting e Benfica. Para o experiente treinador os leões têm vindo a melhorar nas últimas semanas mas o Benfica continua a ser melhor equipa e, por isso, atribuiu, no derby deste domingo, o favoritismo aos pupilos de Jorge Jesus.
«Claro que há uma pressão para os dois lados. Estão os dois numa luta por algo, o Benfica quer recuperar o campeonato e o Sporting tem o sonho de chegar as competições europeias, que é fundamental. Não me lembro, não sei se na história do clube alguma vez esteve de fora das competições europeias. É algo muito significado, até para lançar a próxima época. A diferença entre as equipas tem algum significado. Apesar de o Sporting ter vindo a melhorar substancialmente nos últimos jogos, o Benfica é melhor. Tem demonstrado ao longo da época que é uma equipa muito forte», explicou Fernando Santos, em entrevista ao programa Bola Branca da Rádio Renascença.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 16:14

Dezembro 12 2012

Primeiro treinador de Óscar Cardozo no Benfica, corria a época 2007/08, Fernando Santos não se mostra surpreendido com a capacidade goleadora do avançado paraguaio, de águia ao peito.
«Sabíamos que ele seria contratado para fazer golos, fazia regularmente mais de 20 golos por época e reunia todas as condições para aquilo que o Benfica precisava na altura. O Miccoli ia sair, tínhamos só com Nuno Gomes e Cardozo apresentava todas as características para dar resposta ao que nós precisávamos», explica o atual selecionador da Grécia, em declarações àAntena 1.
«Está a cumprir em absoluto aquilo para que foi contratado e tem sido potenciado por Jorge Jesus», realça Fernando Santos, que desvaloriza a relação de amor/ódio do avançado com os adeptos encarnados: «Há quem goste das suas características e quem não goste. O futebol é mesmo assim».

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 17:12

Março 09 2011

Defrontou e venceu o PSG nos oitavos-de-final da Taça UEFA, em 2007. Uma eliminatória que causou enorme amargo de boca ao técnico português de 56 anos: Luisão lesionou-se em Paris e não jogou mais nessa época. «Perdemos aí o campeonato», lembra. O actual seleccionador da Grécia diz que, hoje, o Benfica é mais forte.
Passados quatro anos, quais são as recordações que guarda da eliminatória com o Paris Saint-Germain?
- Tenho recordações negativas e positivas. A negativa foi o facto de ter perdido o Luisão para o resto da época. Lesionou-se na primeira mão, em Paris [derrota por 1-2 e vitória por 3-1 na Luz], e aí começámos a perder o campeonato. A seguir ainda tínhamos de defrontar o Sporting e o FC Porto e sem ele voltámos a sofrer golos que antes não sofríamos. Por outro lado, assistimos nesse jogo à estreia de David Luiz. Era um miúdo que estava no Benfica há dois meses e ainda não tinha o nível desejado para jogar num clube de tão grande dimensão. Felizmente veio mostrar todo o seu valor nos anos que se seguiram e confirmar o que cheguei a dizer naquela altura: Faz-me lembrar o Ricardo Carvalho. Mas, repito, perdemos o campeonato com a lesão do Luisão.
- Nessa eliminatória com o PSG, também nos oitavos-de-final da Taça UEFA (hoje Liga Europa), e disputada em Março, o Benfica ainda lutava pelo título. Foi difícil fazer a gestão do plantel?
- Muito difícil, porque o nosso plantel era curto. Tínhamos apenas 12 jogadores de nível. Ainda hoje, quando falo com muitas pessoas sobre esse plantel, poucos se lembram dos suplentes que tínhamos: Manu, Paulo Jorge, Kikin Fonseca, Mantorras... Era com eles que tentava fazer a gestão.
- O plantel actual é mais 'longo' do que o seu?
- Isso nem tem comparação.
- É favorito na eliminatória?
- É claramente favorito. É uma equipa melhor do que em 2007. É preciso, no entanto, ter cuidado com o PSG. Tem os pontos fortes das equipas francesas: tacticamente sólida e um bom contra-ataque. Mas, sem desconcentrações, o Benfica vai passar aos quartos-de-final. Acho mesmo que o Benfica é candidato a vencer a Liga Europa, tal como o FC Porto.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:54

BENFICA 73
contador grátis
Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...