Agosto 29 2012

1. Pelos vistos, andámos todos a pagar o Centro de Treinos do FC Porto ao longo destes anos! E eu que julgava que aquilo era um "jeito" da Câmara de Gaia... ou de Luís Filipe Meneses, há muito desejoso de "saltar" para a autarquia vizinha do Porto. Enquanto o Benfica e o Sporting tiveram de investir a sério nos seus centros de treinos do Seixal e Alcochete, respectivamente, e mês após mês têm que pagar a manutenção daquelas úteis infra-estruturas, o FC Porto viu ser-lhe oferecido um centro de treinos de mão beijada e, agora, até viemos a saber que a Fundação PortoGais, que está na base daquelas instalações, recebeu, entre 2008 e 2010, nada menos de 4,2 milhões de euros de "apoios financeiros públicos", ou seja, de todos nós... Luís Filipe Meneses interrogado sobre esses 3,2 milhões (e quanto não terá sido pago antes?...), lá explicou que eram as "últimas prestações" daqueles equipamento municipal. E Pinto Da Costa, que recebeu a medalha de ouro daquela cidade no decorrer da cerimónia do 10.º aniversário do centro de treinos que o FC Porto passou a ter sem nada gastar, classificou a ligação com a Câmara de Gaia de "parceria de sucesso". Pudera...

2. Matias Fernandez foi, ao longo das últimas épocas, menino querido dos adeptos só Sporting e era sempre apontado como jovem jogador de grande potencial e uma grande mais-valia para o clube, susceptível de vir a dar uma grande receita. De repente, foi vendido por "tuta e meia" (três milhões de euros, pouco mais do que custou), com promessa de mais um milhão e meio caso o Fiorentina venha a ter êxitos na Europa. A notícia, ao contrário do que se esperaria, não foi que o Sporting tinha ficado mais fraco e tinha vendido mal. Não, o que foi dado a entender é que tinha sido um excelente negócio, pois o jogador iria terminar o contrato no final da época e depois sairia a custo zero. Mas não vi escrito, em lado nenhum, que o Sporting falhou (é o termo...) a renovação com o jogador.
Outra: Onyewu, tão elogiado na época passada, está agora com um pé fora do Sporting porque é caro e a muito elogiada política do Sporting, agora é "emagrecer a folha salarial". Mas quem foi que, ainda há um ano, resolveu pagar 900 mil euros/ano ao jogador?
Enfim, naquela SAD tudo parece perfeito. É o que dizem os jornais... 
Fonte: Jornal O Benfica
publicado por Benfica 73 às 14:14

Agosto 26 2012

1. Inacreditável o que se passou em Dusseldorf, no último jogo de preparação do Benfica antes do campeonato. O que terá dado ao árbitro para cair, inanimado (?), daquela forma, perante a aproximação de Luisão, com ou sem contacto (as imagens não permitem vê-lo mas nunca poderá ter sido violento)? Ter se à o árbitro assustado? Estará de perfeita saúde? Tudo muito estranho. Como estranho foi não ter prosseguido o jogo, nem sequer delegando a responsabilidade num dos árbitros assistentes (grave não ter havido quarto árbitro). Claro que há logo quem queira aproveitar a oportunidade para ver o Benfica desfalcado de Luisão. Vamos ver no que tudo isto dará. Foi tão ridículo que não pode dar mesmo em nada.


2. A actuação portuguesa nos Jogos de Londres, não tendo sido a melhor, foi agradável, até porque se verificou a presença em lugares bem honrosos de algumas modalidades que até aqui passavam desapercebidas. Já no que respeita aos atletas do Benfica, Teresa Portela e Joana Vasconcelos à parte, as coisas não correram como previsto e como a categoria de cada uma fazia prever. Claro que faltou Nelson Évora, cuja presença nos poderia ter dado alegria semelhante à de há quatro anos. Claro que Telma Monteiro teve um dia mau, que acontece a todos. Pena foi que tivesse acontecido no pior momento possível. Claro que vários outros são jovens ainda em fase ascensional da carreira e de quem se espera muito no Rio de Janeiro, dentro de quatro anos. Mas na verdade, aguardávamos melhor. Isso não coloca em causa o nosso Projecto Olímpico (que outros já estão a querer imitar...), o qual não se limita a preparar os atletas para os jogos. As medalhas de Telma Monteiro em Europeus e Mundiais, a presença de Marco Fortes em finais mundiais, os grandes progressos de Marcos Chuva e a sua medalha no Europeu Sub-23 do ano passado, tudo isso - e também os títulos nacionais que eles e outros dão ao Benfica - é resultado do Projecto Olímpico. Teresa Portela e Joana Vasconcelos foram, desta vez, enormes. Foi bom, mas foi pouco. Mas temos que continuar a confiar no trabalho que todos têm feito com as cores do Benfica... e continuarão a fazer.
Fonte: Jornal O Benfica
publicado por Benfica 73 às 11:58

Agosto 13 2012

1. Permitam-me que esta crónica comece na primeira pessoa. É que na quarta-feira passada, à hora que assistia o nosso jogo de solidariedade "Um gesto contra a fome", completavam-se precisamente 50 anos sobre a minha presença num torneio (nocturno, a meio da semana) de captação do Atletismo do Benfica, na antiga pista do Campo Grande, então denominado Torneio para Sócios e simpatizantes. Tinha 15 anos, corri 600 metros, fui terceiro, no final dei o nome e a morada e dias depois fui convocado para a antiga secretaria da Rua Jardim do Regedor. Tinha cumprido um sonho: era atleta do Benfica! Já era sócio, já ia a todos os jogos, mas iniciei então um percurso mais dentro do Clube. Fui um atleta dedicado, mas apenas mediano, mas foram anos que não mais esqueci e que marcariam o percurso da minha vida. Ao Benfica o devo. Curiosamente, 50 anos passados, participei, com a camisola do Benfica, no Campeonato Nacional de Veteranos. Igualmente sem grande brilho, mas ajudando, dentro das possibilidades, a que a nossa equipa conseguisse um 2º lugar colectivo, não longe do título. E nela estavam desde o mais velho atleta dos campeonatos, o dedicadíssimo Adriano Gomes (89 anos!), ao nosso antigo atleta olímpico, Pedro Curvelo, e aos antigos internacionais, José Pedroso e Ricardo Lemos, entre outros. Não conseguimos igualar os feitos de todas as equipas masculinas do Benfica, que esta época fizeram o pleno, sagrando-se campeãs (absolutos, sub 23, Juniores, Juvenis). Mas o Benfica esteve bem representado na pista do Luso, só perdendo para a mais numerosa equipa Cucujães.

2. O FC Porto não tem Voleibol, há vários anos e nunca teve Futsal. Há dois anos acabou com o atletismo pois quis continuar a ganhar campeonatos "alugando" no estrangeiro, mais de metade da equipa no fim-de-semana dos Campeonatos e a Federação, logicamente, aprovou um regulamento que o impedia. Agora, sem o assumir, parece ter acabado com o Basquetebol, após os tristes acontecimentos no seu pavilhão, aquando do título benfiquista, e depois de ter renovado alguns contratos e contratado novos jogadores. De repente, parece terem chegado à conclusão de que não havia dinheiro. É lá com eles. O problema é se começam também a perder o Hóquei com regularidade. Lá se vai mais uma modalidade...

Fonte: Jornal O Benfica
publicado por Benfica 73 às 14:44

Maio 28 2012

1. Foi mais uma vez muito injusto o 2.º lugar da nossa equipa de voleibol no Campeonato Nacional. Dominou todo o Campeonato, com vitórias folgadas, mas acabou ingloriamente derrotado na finalíssima, perdendo 3 sets à tangente (o 2.º, no qual chegou a ter boa vantagem, por 32-30!) e ganhando com larga vantagem os outros dois. foram jogos emocionantes, com pavilhões cheios. O Benfica merecia mais. Custa dizê-lo mas... ficará para o ano. Agora, vamos tentar ganhar os campeonatos de Hóquei em Patins (importante vitória no recinto do Gulpilhares), Basquetebol (só falta a final) e Futsal (a Taça já cá canta), para além do Atletismo, dentro de um mês.

2. A época de Futebol a nível de clubes está a chegar ao fim. Conseguimos garantir a (importante) entrada direta na Champions mas faltou o título. O Luis Fialho no seu (excelente) blog vedeta da Bola (http://vedetadaBola.blogspot.pt/), dá conta de 22 grandes penalidades (22!) não assinaladas pelos árbitros a favor do Benfica, naquela a que chama "Liga ZonFruta" desta época. Algumas poderão ter sido duvidosas (o próprio reconhece-o) mas o certo é que boa parte delas foram indiscutivelmente e notou-se nitidamente a tendência para, na dúvida, não assinalar. Ao contrário do que normalmente acontece nos jogos do atual campeão...
Repito: não nos podemos queixar apenas dos árbitros, também houve culpas próprias, que os responsáveis - por estarem por dentro e conhecerem todos os dados - poderão analisar muito melhor que nós, que estamos do lado de fora. Por isso, não respondo quando me perguntam se estou a favor ou contra a permanência do treinador. Muito simplesmente não tenho dados e confio em quem dirige o Clube.

3. O FC Porto e o seu presidente têm muito o hábito de falar em túneis e no Campeonato dos ditos. E, desta vez, têm razão. Parece provado - as imagens não mentem - que vários jogadores do FC Porto armaram mesmo zaragata no túnel do nosso Estádio. Só se espera, agora, que as imagens não levem o mesmo tratamento das Escutas que mostraram como os dirigentes do clube tratavam 2bem" os árbitros.

Fonte: Jornal O Benfica

publicado por Benfica 73 às 21:42

Abril 17 2012

1. Perdemos em Alvalade (o Sporting lá ganhou o “seu” campeonato…) e, infelizmente, a par de (demasiadas) deficiências próprias, houve mais uma vez deficiências do árbitro que não marcou uma (indiscutível) grande penalidade no 1º minuto mas não deixou de marcar outra no 18º, “virando” desde logo o jogo. Mas, infelizmente, já nos vamos habituando. Claro que quatro pontos de atraso para o FC Porto são muito difíceis de recuperar (não seriam se aquele fora-de-jogo do 3º golo do jogo da Luz tivesse sido assinalado…) mas temos um sub-objectivo que não pode ser desprezado: a entrada directa na fase de grupos da Liga dos Campeões. O Campeonato ainda não acabou…

2. Excelente exibição – na maior parte do tempo só com 10 e contra 12… - no campo do Chelsea. Foi um verdadeiro regresso do Benfica Europeu que queremos ver sempre, daqui para a frente. A eliminação foi injusta mas o nosso Clube saiu altamente prestigiado, concluindo mais uma excelente campanha europeia. Foi pena não termos alcançado a nossa 12ª presença em meias-finais europeias (o FC Porto vai em 6 e o Sporting atingiu a 5ª) mas, a jogar assim, seremos sempre candidatos.

3. O Sporting voltou a pressionar o árbitro antes de um jogo. Depois de o ter feito há meses relativamente a João Ferreira – e daí o boicote dos árbitros a esse jogo - , repetiu-o agora, novamente através do “Record”, em relação a Duarte Gomes, que era apontado como muito provável árbitro do jogo com o Benfica. E nem lá faltam exemplos de “polémicas” envolvendo jogos do Sporting com esse árbitro. Duarte Gomes, no entanto, acabou por não ser o árbitro do jogo e não mais se ouviu falar no caso…

4. As queixas do Sporting a propósito do jogo da Luz, durante o qual foi inaugurada a caixa de protecção dos adeptos, foram arquivadas. Obviamente. Os adeptos do FC Porto e do Chelsea já haviam dado a melhor resposta aos dirigentes do Sporting, que gostam muito de distrair as atenções e de tentar ganhar as simpatias dos seus adeptos. E, em Alvalade, não convidaram o presidente do Benfica para o lugar que oferecem sempre ao do FC Porto. Mesmo que este lhes “desvie” treinadores (Villas-Boas) e jogadores (João Moutinho) …

Fonte: Jornal O Benfica

publicado por Benfica 73 às 20:18

Abril 11 2012

1. O Benfica lançou uma oportuna campanha de apoio às modalidades, no sentido de levar os sócios e adeptos aos nossos jogos. Um velho consócio fez-me um pedido: que eu aproveite esta coluna a fim de apelar aos nossos adeptos, para que estejam mais vezes nos (excelentes) pavilhões que possuímos. Ele tem toda a razão e contra mim falo. Salvo algumas muito honrosas excepções, perdemos o hábito de assistir aos jogos das modalidades. 

Lembro-me das enchentes nos pavilhões do nosso antigo Estádio e de quanto os benfiquistas então vibravam com os êxitos do Hóquei em Patins, do Baquetebol, do Andebol, do voleibol, (ainda não havia Futsal). É altura das equipas sentirem novamente o nosso (forte) apoio. 
2. Sempre achei uma aberração o chamado "mercado de inverno" ou "janela de Janeiro". Só pode interessar aos empresários de jogadores. Este ano, até acho que ficámos a perder. Admito que Yannick venha a progredir bastante, mas temo que o seu empresário arranje mais alguns "caldinhos". E lamento muito a saída de Ruben Amorim, que nos pode vir a fazer muita falta e acaba por sair beneficiado de uma infracção que terá cometido. Mais uma razão para não gostar das transferências de Janeiro...
3. Os jornais titularam: "Tribunal deu razão a Pinto da Costa". É verdade, o tribunal "alinhou" na jogada do presidente do Conselho de Justiça da Federação, vendo que perdia a votação, terminou a reunião na qual FC Porto ( e Pinto da Costa) e Boavista seriam castigados. 
Mas, atenção: mais uma vez foram pormenores processuais a impedir que os casos fossem decididos. Pois os factos estão lá e ninguém disse que não aconteceram. Pinto da Costa recebeu árbitros, combinou estratagemas para os subornar, tentou corrompê-los. Ninguém o consegue negar. Só não conseguem é puni-lo. Mas também já não interessa...
4. Segundo o seu secretário-geral, a UEFA pediu às autoridades inglesas para investigarem a transferência de Walter para o FC Porto, efectuada com a colaboração de dois fundos que estão sob suspeita. Por que será que casos nebulosos têm sempre a ver com um certo clube? 
Fonte: Jornal O Benfica
publicado por Benfica 73 às 18:00

Março 14 2012
1. Quando este artigo chegar às mãos do leitor, já Nelson Évora deverá ter sido operado à grave lesão que contraiu. Um rude golpe nas legítimas aspirações do nosso Campeão Olímpico em repetir o feito em Londres. Ele já nos mostrou que é muito forte psicologicamente. E já faz pontaria para 2012. Sem esquecer outras grandes competições que haverá até lá e os campeonatos nacionais que ele ajudará o Benfica a ganhar. 
Força Nelson!
2. Começamos a segunda volta com uma "sofrida" vitória sobre o Gil Vicente, que deu excelente réplica. Mas acabámos por vencer bem, mantendo a liderança. 
Daqui até final do Campeonato, semana a semana, vão ser jogos de sofrimento. A equipa terá que estar mentalizada para os ir ganhando, um a um, não esperando facilidades. E nós, adeptos , a mesma coisa. Vai ser uma (bem) longa recta final da Liga...
3. A nossa equipa não fez um grande jogo frente ao Santa Clara, para a Taça da Liga, só "acordando" a meio da 2ª parte. Mas "grande jogo" fizeram os nossos NO Name, que apoiaram vibrante mente a equipa do primeiro ao ultimo minuto, mesmo quando o jogo parecia adormecido e o primeiro golo tardava. Um exemplo! 
4. Já aqui tive a ocasião de o referir uma vez, mas vem a propósito da recente inauguração do Hospital de Loures, a que foi dado o nome de Beatriz Ângelo,médica ilustre, lutadora pelos direitos das mulheres e primeira mulher a votar em Portugal, logo a seguir à implantação da República. Votou por ter enviuvado e ter conseguido que o tribunal a considerasse chefe de família. Pois os marido de Beatriz Ângelo era Januário Barreto, que foi o primeiro presidente do Benfica e um grande activista republicano. Mais um grande exemplo das raízes democráticas do nosso clube.

5. As paredes do corredor de acesso aos balneários dos visitantes do Estádio de Alvalade, antes "decoradas" com adeptos em atitudes agressivas e até conotadas com ideologias fascistas, aparecem agora com girassóis e borboletas. O Sporting não quer reconhecer que errou e continua a brincar com coisas sérias. Se no campo a equipa não marca golos, cá fora os dirigentes marcaram-nos na própria baliza...
Fonte: Jornal O Benfica
publicado por Benfica 73 às 10:53

Fevereiro 24 2012
1. Muitos motivos de satisfação no sábado. Estádio quase cheio, muita animação, equipa com grande disponibilidade física , vários golos, excelentes exibições. Terminada a 1.ª volta, lideramos, sem derrotas, como há muito não acontecia. E o nosso Cardozo, que marcou mais dois golos, é o melhor marcador, por muito que isso custe a uma colunista do Record que ali escreve na condição de Benfiquista mas, lamentavelmente, com os seus escritos, só pode desestabilizar a equipa, que é como quem diz, prejudicar o Clube. Teremos que manter a onda de apoio até final do Campeonato. E a equipa terá de manter a atitude demonstrada no sábado passado. Porque as maiores dificuldades chegarão agora. 
2. Gostei de ler as notícias a propósito de Enzo Perez. A Direcção foi firme perante a atitude do jogador e do seu empresário e estes tiveram de ceder. Os jogadores têm direitos mas também têm deveres. E, ao tomar esta firme decisão, a nossa Direcção enviou um recado claro para todos os outros e, principalmente, para os seus empresários!
3. O Sporting processou o jornal Público pela reportagem sobre as fotos (no mínimo) agressivas (e que a UEFA já obrigou a retirar), colocadas no corredor de acesso ao balneário das equipas visitantes. E quer pelo menos um milhão de euros de indemnização! Ridículo. Se calhar o jornal é que teria direito a indemnização pelo mentiroso comunicado do clube!...
4. Titulo de 1.ª página do Diário de Noticias de domingo: "Cardozo e James mantêm guerra entre Benfica e FC Porto". Acompanha-o fotos dos dois jogadores. Titulo de 1.ª página do Jornal de Noticias do mesmo dia: "James ajuda FC Porto a manter luta com Benfica". Acompanha fotos do jogador portista. Os dois jornais pertencem à mesma empresa (controlinveste), um tem sede em Lisboa e outro no Porto. O de Lisboa mostra ser um jornal nacional, o do Porto aposta em ser um jornal regional. O exemplo destes dois jornais generaliza-se às empresas em geral. As que estão sediadas em Lisboa (nacionais) sentem-se na obrigação de apoiar todos os clubes; as sediadas no Porto (regionais) não têm problemas em apoiar apenas os clubes locais.
Fonte: Jornal O Benfica
publicado por Benfica 73 às 14:33

Fevereiro 10 2012
1. O ano começou bem, com duas vitórias folgadas em Guimarães e Marinha Grande, onde os benfiquistas "golearam" dentro e também fora do campo, tantos os adeptos presentes, largamente maioritários. Finalmente, atingimos o primeiro lugar, isolados. Agora, haverá que mantê-lo até ao final. Mas não contemos com facilidades...
2. Sapunaru a um jornal romeno ("Prosport"). falando do célebre caso do túnel da Luz; " Os adeptos gostaram da nossa atitude guerreira, devido a rivalidade entre os dois clubes. Porém, apesar de não ter sido acusado de nada, sei que não devia ter reagido daquela forma. É um gesto que fica mal a qualquer atleta." Afinal...
3. O Sporting colocou imagens com adeptos em poses agressivas (e até a fazer saudações fascistas) no corredor de acesso aos balneários das equipas visitantes. Mas pior que isso: reagindo à noticia do jornal Público, o clube mentiu, afirmando em comunicado que a Liga de Clubes e a UEFA haviam aprovado e até elogiado essas imagens, o que ambos os organismos prontamente desmentiram. O curioso é a forma como os três jornais desportivos falaram do assunto, dando grande relevo à resposta do Sporting e "escondendo" a noticia original e os desmentidos. Subserviência completa...
Já agora: o director responsável pelas instalações do Sporting é o mesmo vice-presidente (Paulo Pereira Cristóvão) que tanto se queixou no final do Benfica-Sporting no nosso Estádio....
4. Há algumas semanas era o Standard de Liège a queixar-se devido as dívidas relacionadas com as transferências de Defour e Mangala. Agora foi a vez do Santos reclamar dívidas relacionadas com Alex Sandro. Entretanto, os atletas das modalidades queixavam se ( e se calhar ainda se queixam...) de ordenados em atraso. Nós já cá tivemos disso mas corremos com o responsável na primeira oportunidade. Por lá. tecem-se loas ao presidente... 
5. Curiosa a entrevista de António Oliveira, ex-dono da Olivedesportos e ex-seleccionador nacional., à RTP. Há ali muita matéria para investigação...

Fonte: Jornal O Benfica

publicado por Benfica 73 às 11:02

Janeiro 27 2012
1. O ano de 2011 não deixa saudades, visto no seu conjunto. A época futebolística de 2010\11 acabou muito mal, o mesmo acontecendo nas várias modalidades de Pavilhão, em algumas das quais o Benfica esteve muito bem até quase ao final. Tal como aconteceu, por exemplo, nas futebolísticas Liga Europa e Taça de Portugal. Na altura decisiva, falhámos. "Salvou-se" o Atletismo, com o regresso ao título nacional absoluto e um completo domínio nos escalões jovens.
Já a parte final do ano tem sido excelente, no Futebol e na generalidade das modalidades, enchendo-nos de esperança relativamente a 2012. O trabalho que foi feito ao longo da última década só pode trazer sucesso para o clube. Há 10 anos estávamos ainda a recuperar do "coma". Agora, só poderemos estar optimistas. Mesmo que as esperadas vitórias não tenham aparecido ainda com a frequência espectável.
2. Na semana passada, Pinto da Costa falou de árbitros (e pode fazê-lo com toda a moralidade, não há dúvidas...), Eduardo Barroso respondeu-lhe (aproximava se o jogo de Alvalade...) e o Sporting estranhou que, face ao que disse o presidente do FC Porto relativamente a Duarte Gomes, os árbitros não tenham feito greve. Esquecem-se que os árbitros não fizeram greve aos jogos do Sporting devido a protestos do clube face a algumas arbitragens no inicio da época, mas às desconfianças públicas que, através de alguns jornais, manifestaram relativamente a João Ferreira, antes de um jogo que seria por ele arbitrado. Como voltaram a fazer agora relativamente ao "bandeirinha" José Cardinal, que entretanto se "indisponibilizou" para estar no jogo com o Marítimo...
3. O Sporting contratou um internacional de Canoagem. A que propósito refio o facto no Jornal, perguntar-se-ão os leitores? Simplesmente porque é mais um exemplo das novas iniciativas do nosso rival, que continua a copiar o que de bom o Benfica tem feito nos últimos anos. Em tempos, arranjou patrocinadores para os vários sectores do seu estádio; agora, procura parceiros (nomeadamente a nível de gasolineiras) para arranjar novos sócios; realizou uma corrida pedestre; começou a contratar atletas candidatos a olímpicos em várias modalidades, só não lhe chamando Projecto Olímpico; tentou (pelos vistos sem êxito) lançar um canal de televisão, mas neste caso teve o azar de não haver qualquer "Lisboa Canal" que lhe faça o jeito. 
Fonte: Jornal O Benfica
publicado por Benfica 73 às 10:07

Dezembro 27 2011

Foi uma semana de vitórias. No que ao futebol diz respeito, duas foram do Benfica, em campo, e uma do futebol português, em eleições. Vamos por partes. Não foi bem jogado o encontro da Liga dos Campeões, frente ao Otelul, mas atingiu-se o grande objectivo: o 1º lugar do grupo, que concluímos sem derrotas.

Foi muito sofrida a vitória de domingo, nos Barreiros. A nível da equipa, pois só perto do final conseguimos o golo decisivo, mais uma vez por Cardozo, que antes perdera incrivelmente uma oportunidade. É e será sempre, no sítio certo. Como o Néné, que não sujava os calções, ouvia muitos assobios, mas estava no local certo onde a bola ia ter. Um jogador utilíssimo, que deixou muitas saudades e que era bem diferente de Cardozo a jogar mas tinha como o nosso actual ponta-de-lança essas duas características comuns: era injustamente assobiado pelos adeptos e... marcava que se fartava!
Só a 25 minutos do fim pude começar a ver o jogo, via-internet... aos soluços, com constantes (e enervantes)  interrupções de segundos, que quase não permitiam perceber o que se passava. Lá metemos um golo, que ouvi mais do que vi, e, depois, o relógio não havia meio de avançar... Mas, enfim, ganhou-se. Mais um grande obstáculo ultrapassado, mesmo faltando a "nota artística". 

A outra vitória não foi do Benfica, mas do futebol português, nas eleições da Federação, as quais puseram termo a uma luta de anos contra aqueles que tudo fizeram para boicotar o novo regime jurídico que acabou com o domínio de algumas associações distritais que tanto prejuízo (diria mais, tanta "corrupção") trouxe ao futebol português. Em desespero de causa, algumas dessas associações arranjavam uma lista candidata à Federação. Perderam claramente. Lourenço Pinto, presidente da Associação do Porto, e Carlos Ribeiro, presidente da Associação de Lisboa que a ele se juntou, foram os grandes derrotados. O futebol português ficou mais limpo.

Autor: Arons de Carvalho

Fonte: Jornal O Benfica

publicado por Benfica 73 às 14:39

Dezembro 15 2011

Perdemos com o Marítimo com um golo (quase)  impossível, com outro (muito) consentido e com numerosas oportunidades desperdiçadas. Embora também com alguma sobranceria (ou menor empenho...) na segunda parte. Quebrou se uma longa série de jogos sem perder (algum dia havia de ser...) e ficamos fora da Taça de Portugal, o que também não é agradável. No entanto, se analisarmos todos os jogos oficiais desde inicio da época e até ao Natal, este seria, sem dúvida, aquele que todos escolheríamos, a ter que optar por uma derrota. A competição é a menos importante das três em que estávamos empenhados, não perdemos pontos em nenhuma das outras e teremos alguma folga num ritmo de jogos "impossível". Mas fica o "aviso" para o jogo da Liga...     

Soube se há dias: Falcão só rendeu ao FC Porto 20 milhões de euros. O clube já havia pago 6,5 milhões pela renovação do contrato que o jogador não viria a cumprir e mais 3,7 milhões em comissões pela transferência. Quanto o Danilo, que chegará em Janeiro, custou quase 18 milhões, dos quais quase 5 milhões (mais concretamente 4.8) em encargos relacionados com a transferência, entre os quais comissões. Também se soube há dias que o clube deve vários meses de ordenados aos seus jogadores das modalidades (andebol, basquetebol, hóquei, já que não tem futsal). Enfim, não deixa de ser curioso...

Felizmente, o Sporting parece ter arrepiado caminho, depois de tão tristes declarações de responsáveis seus, antes e depois do jogo da Luz e do incêndio que alguns dos seus adeptos atearam na bancada do nosso Estádio. O Benfica fez um pormenorizado comunicado respondendo às infelizes declarações do vice-presidente do Sporting, colocando os pontos nos is nomeadamente no que toca a lugares reservados aos adeptos as alegadas atitudes do nosso Presidente junto ao balneário visitante não devem ter sido tão graves assim, já que não houve nem posterior reclamação nem divulgação da alegada gravação, enfim, tudo ficou (felizmente, repito) calmo, a bem de uma sã convivência entre as direcções dos dois clubes.

Deve ser um fenómeno. Não há semana em que não haja um clube de topo nele interessado. Só na mesma passada, por exemplo, na terça-feira era o Tottenham; na quarta, o Barcelona.  
João Pereira, defesa-direito do Sporting, é bom jogador, reconheço. Mas não sabia que era um fenómeno. Assim ao jeito do Beto que, quando jogava, não passava um defeso sem que o Real Madrid não estivesse muito interessado nos seus serviços. Por acaso, nunca calhou transferir-se... 

Autor: Arons de Carvalho

Fonte: Jornal O Benfica

publicado por Benfica 73 às 14:40

Setembro 01 2011

1. Ainda agora começou o Campeonato e já (só) se fala em arbitragens. Nada de novo, infelizmente... De penálti em penálti, o FCP já comanda. E, de lamento em lamento, o Sporting já arranjou outro problema com os árbitros, continuando sem distinguir uma árvore de uma floresta.

Na 1ª jornada, o Sporting teve evidentes razões de queixa de Carlos Xistra, árbitro de muito más recordações para o Benfica em vários jogos. Das queixas do jogo passaram depois para as lamúrias de sempre (e que se resumem a um célebre penált 1 num Benfica-Sporting da Taça da Liga – até apetece entregar-lhes a taça para os calar!... – e a um golo com a mão num jogo em Alvalade, a meio de um campeonato). E das lamúrias passaram para a pressão sobre a equipa de arbitragem do jogo seguinte, em Aveiro. O problema é que o árbitro João Ferreira se recusou a ir, os outros árbitros solidarizaram-se e no domingo quem arbitrou (e por sinal bem) foi um árbitro dos Distritais. Não foi pela arbitragem que o Sporting cedeu novo empate e voltou a ficar em branco... Infelizmente, o Sporting continua a querer estar com um pé dentro e outro fora do “sistema”. Queixa-se da arbitragem, diz-se vítima e, não querendo hostilizar Pinto da Costa e seus acólitos, coloca do outro lado os “beneficiados” FC Porto e Benfica. Conviria que os seus responsáveis ouvissem o antigo presidente Dias da Cunha e lessem os esclarecidos artigos do seu associado Daniel Oliveira no “Record”. Mas, infelizmente, o “ódio de estimação” dos sportinguistas é o Benfica e, a partir daí, não conseguem distinguir nada. Depois, não se queixem dos Xistras que lhes vão  aparecendo de vez em quando, nomeadamente quando prometem incomodar quem domina o “sistema”...

 

2. Nelson Évora sagrou-se novamente campeão mundial universitário e, mais que isso, voltou às marcas de grande nível internacional. Excelente indício a poucos dias de iniciar do Mundo de Atletismo, na Coreia, onde promete voltar a lutar por um lugar no pódio. Entre os 12 atletas masculinos que representarão Portugal, seis (metade!)  são do Benfica. Marcos Fortes, que se aproximou há dias dos 21 metros no peso, Marcos Chuva, com uma sensacional marca no comprimento (a 2 cm do recorde nacional), Jorge Paula, com grandes progressos nos 400 m barreiras, e Ricardo Monteiro e Yazaldes Nascimento, componentes da equipa de 4x100 m, são os restantes benfiquistas. Boa sorte!

Fonte: SLB


Novembro 10 2010

1. Foi há sete anos, completados há dias, a inauguração da nossa Nova Catedral, Para trás ficara o velho estádio, que tantas alegrias nos deu. Foi polémica a opção pela construção de um novo recinto e não terá sido fácil a opção então tomada, face à situação do Clube, que começava a recompor-se o “terramoto” Vale e Azevedo. Mas Luís Filipe Vieira mostrou-se fortemente determinado e, sete anos depois, já não haverá que não lhe dê razão. Mais que um campo de futebol com bancadas, todo aquele espaço é uma cidade desportiva que os outros não têm e é um espaço comercial que dá boas receitas ao Clube e leva diariamente milhares de pessoas àquela ampla zona, algo que não se vê nem no Alvalade XXI nem no Dragão. Sete anos depois, só nos podemos orgulhar da obra feita.

 

2. Leio e pasmo. Mas, depois, pensando melhor, já nem me admiro. O FC Porto preparou uma golpada com o antigo presidente do Conselho de Justiça, no sentido de impedir a presença na reunião de um dos seus elementos, que sabia ir votar a favor da condenação do clube (e dos seus dirigentes) por tentativa de corrupção (confirmando anterior decisão do Conselho de Disciplina da Liga). Esse elemento, mais tarde, denunciou essa tramóia numa entrevista. Pois o FC Porto, armando-se em vítima, queixou-se dele à justiça. E na primeira sessão do julgamento, o bem conhecido (até das escutas…) Adelino Caldeira, administrador da SAD do clube, teve o desplante de afirmar, sobre esse elemento, que fazia parte igualmente de uma outra comissão da Federação, que “quem é capaz de fazer concluios com membros da FPF, também é capaz do mesmo com árbitros…” Olha quem!

publicado por Benfica 73 às 12:17

Outubro 22 2010

Ainda a divulgação das Escutas do “Apito Dourado”, que tanto “ofenderam” Rui Moreira e outros defensores da “legalidade”. Há, primeiro, que lembrar que a justiça desportiva condenou vários dos arguidos, a começar por Pinto da Costa. E que a justiça civil não os inocentou, afirmou apenas que não reuniu provas para os condenar, facto a que não é alheia a impossibilidade de utilização das escutas…

Toda a gente sabe que, ao longo de muitos anos (começou muito antes do “Apito Dourado”), o FC Porto “comprou” os árbitros. Há provas evidentes disso e sabe-se como o fazia. Os principais responsáveis (a começar pelo presidente do clube) continuam no activo… e activos! A obrigação de todos aqueles que querem a verdade desportiva é continuar a lutar por ela por todos os meios ao seu alcance, não deixando de denunciar todas as “falcatruas” que se fizeram. A divulgação das Escutas é uma das formas. Venham elas… todas!

Ao colocar-se à margem das lutas entre Benfica e FC Porto, o presidente do Sporting confirmou a postura “interesseira” do seu clube. Como terceira potência desportiva nacional, o Sporting tem responsabilidades. E, tal como o Benfica, foi amplamente prejudicado ao longo de todos estes anos, passando até de 2.º a 3.º clube nacional. O Sporting não se pode colocar de lado, tentando passar pelo “bonzinho” e “honesto” e deixando que tudo continue na mesma… como se tem verificado neste campeonato, no qual o FC Porto continua, jornada após jornada (até em Guimarães!...), a ser beneficiado pelas arbitragens. Ao receber Pinto da Costa como se nada tivesse acontecido (esquecendo até os insultos que este proferiu ao seu presidente…), ao ceder-lhe jogadores fundamentais (como João Moutinho e vamos a ver se também Izmailov!), ao prestar-lhe contínua vassalagem, o Sporting é cúmplice de toda a falcatrua em que se transformou o futebol português e vai-se afundando cada vez mais. A postura de José Eduardo Bettencourt até faz lembrar (salvas as decidas proporções) a de países (e governantes) que se mantiveram neutros na II Guerra Mundial, face às atrocidades de Adolfo Hitler…

publicado por Benfica 73 às 21:38

Outubro 19 2010

1. Prefiro começar sempre as crónicas pelo Benfica e desta vez até havia agradáveis razões para tal, face à nossa importante vitória e aos deslizes dos nossos adversários. Mas não resisto a dar prioridade ao treinador do FC Porto, que já se vinha distinguindo como “voz do dono”, um pouco à semelhança de Jesualdo Ferreira, que agor, já “liberto”, até desdiz o que defendeu há uns meses (o Benfica, afinal, foi a melhor equipa do campeonato) … De tanto querer fazer esquecer as “olegárias” falhas do V. Guimarães – Benfica, André Villas Boas teimou em protestar contra a actuaçao do árbitro e veio falar num penálti aos 78 minutos e na expulsao de Fucile logo a seguir, por dois amarelos.

De tanto querer agradar ao dono, enganou-se rotundamente no penálti: enganou-se nos minutos (55 em vez de 78) e enganou-se na grande área (a da sua equipa). Quanto à expulsao de Fucile tambem se enganou: depois de ter levado o 1.º amarelo aos 38 m, deveria ter levado o 2.º aos 55 m (no tal clamoroso penalty que Xistra não assinalou por falta claríssima). E o 2.º amarelo (que seria o 3.º) deveria ter sido vermelho, tal foi a entrada sobre Faouzi, que acabaria por ter que sair do campo. Villas Boas teve mesmo uma noite de equívocos… E, ao contrário do Benfica, que foi escandalosamente prejudicado em Guimarães, o FC Porto foi beneficiado. Mais uma vez…

2. Apareceram no YouTube mais seis conjuntos de Escutas do “Apito Dourado”. Nada que não se soubesse já sobre as ligaçoes entre os homens fortes do FC Porto, as estruturas da arbitragem, os árbitros, alguns magistrados, a Sport TV e até o presidente do Nacional, a propósito de um Nacional – Benfica (3-2). Mas é sempre bom que estas Escutas apareçam a público pois parece haver já quem tenha esquecido tudo o que se passou (agora e nas décadas de 80 e 90, quando ainda não havia telemóveis…). E muitos dos que prevaricaram e deveriam estar presos continuam no activo. Ao mesmo tempo que as arbitragens, beneficiando sempre os mesmos, não são diferentes das daquele tempo…

publicado por Benfica 73 às 16:58

Outubro 01 2010

1. Convincente triunfo sobre o Sporting, que poderia ter saído do nosso Estádio com uma derrota ainda mais larga, face às oportunidades desperdiçadas. Mas o importante foi a vitória e a demonstração de nítida melhoria na condição da equipa, mais próxima do rendimento da época passada. Objectivo, agora, é ir ganhando jogo a jogo, de forma a recuperar o atraso que algumas lamentáveis arbitragens nos impuseram. Desta vez, felizmente, não houve casos. Mas o árbitro Xistra, na linha de Machado, Proença e Benquerença, andou sempre com o “amarelo” na mão, pronto a punir os nossos jogadores, algumas vezes com razão, várias outras sem ela. À conta de amarelos mal mostrados, estaremos dentro de poucas jornadas com várias baixas. Para além de já termos actuado ao longo de muitos minutos com jogadores condicionados. Neste aspecto, voltámos a ter razões de queixa.

2. Ao longo da semana, ouvimos a conversa habitual: “Quando perdem, desculpam-se com a arbitragem e atacam os árbitros.”Pode colocar-se em causa, no comunicado dos Órgãos Sociais, o facto de se ter “disputado” em várias direcções, numa altura em que o maior prejuízo vinha das arbitragens. Mas é inegável que o Benfica tem sido neste campeonato muito prejudicado. E que ao longo de muitos e muitos anos - as escutas recentes, como as facturas das viagens ao Brasil e os “quinhentinhos” das décadas passadas comprovam-no à evidência – houve um clube que comprou os árbitros e ganhou muito à conta disso. Além disso, as pessoas que subornaram continuam nos mesmos lugares, como se nada de mal tivessem feito. Será que teremos que continuar a “comer e calar”? Ou, para sermos campeões, teremos que jogar sempre para ganhar por três ou quatro golos para no fim vencermos por um ou dois?

3.O treinador de basquetebol do FC Porto foi há cerca de um ano investido no cargo de seleccionador nacional, perante a reprovação geral. Um após, a Federação reconheceu que não devia ocupar estes dois cargos em simultâneo e dispensou-o. Mais vale tarde... que nunca, mas não havia necessidade de fazer a experiência...

publicado por Benfica 73 às 11:13

Setembro 08 2010

1.Parecia o Benfica de 2009/10 o dos minutos iniciais do jogo com V.Setúbal. Com Gaitán a fazer de Di María e Cardozo a repetir a “receita” da época anterior, cedo surgiu o 1-0 e mais golos estavam prometidos. Até que chegou o “fatídico-moralizador” minuto 22, da grande penalidade e expulsão do guarda-redes Júlio César. Tudo se complicava: perspectiva de partir empatado (1-1) para mais de uma hora de jogo com 10 elementos. Mas há males que, às vezes, vêm por bem. Roberto defendeu, moralizou-se, moralizou a equipa e do 1-0 passámos para 2-0 e 3-0. Fizemos, todos, mais umas “taquicardias” naqueles longos minutos até ao 2º golo, mas valeu a pena. Saíamos mais moralizados e satisfeitos, pela equipa, pelo Roberto, enfim, pelo Benfica. Porque os 11 (ou só 10...) que lá estão dentro, sejam A, B ou C, são sempre os nossos melhores. E nós, os 37 mil que demos uma boa moldura humana ao Estádio, também ajudámos a que eles tivessem sempre o jogo na mão e nunca parecessem em inferioridade numérica, tanto correram e lutaram.

2.Entretanto (custa-me dizer isto mas é a realidade), as arbitragens continuam a fazer a diferença. Depois do penálti “benefício da dúvida ao árbitro” que deu a vitória ao FC Porto a terminar o jogo da 1ª jornada e dos penáltis que ficaram por marcar nos nossos jogos com Académica e Nacional (e que teriam mudado os resultados), na 3º jornada, enquanto o árbitro da Luz viu (bem) o penálti contra o Benfica, o Vila do Conde viu (mal) o lance que deu o 1º golo ao FC Porto e, a seguir, conseguiu não ver duas faltas (duas!) na mesma jogada para grande penalidade, voltando a beneficiar a mesma equipa. Isto enquanto o Sporting marcou de forma indevida os dois primeiros golos no campo da Naval! Contas (bem) feitas e até estaríamos a par de uns e outros nesta altura do campeonato!...

3.Está a começar a época nas modalidades. E o Futsal e Andebol (excelente vitória sobre  o FC Porto) já deram indicações bastante boas nos torneios da pré-época. Vamos estar, como tem sido hábito, na luta por todos os títulos nacionais. De ano para ano mais perto da meta. Sendo o único Clube que investe em todas (o FC Porto não tem Futsal nem Voleibol; o Sporting não tem Basquetebol, Voleibol e Hóquei em Patins de top), o Benfica parte em situação mais difícil. Mas é preferível assim. Mais cedo ou mais tarde lá chegaremos na mesma!

publicado por Benfica 73 às 02:47

Agosto 27 2010

Há benfiquistas e benfiquistas. Ser benfiquista nas horas boas, das vitórias e dos títulos, é agradável e fácil. É bom ter mais de 60 mil a apoiar a equipa a caminho do título, nas últimas jornadas. Mas é nas horas más, é quando o Clube mais precisa de todos, que se vêem os verdadeiros benfiquistas. Amanhã, sábado, frente ao V. Setúbal, estarão no Estádio para apoiar a equipa, seja ela constituída por A, B ou C, os verdadeiros benfiquistas. Que estão na conquista dos títulos mas também na hora em que a equipa mais necessita de apoio.

A derrota na Madeira foi muito imerecida. Até ao primeiro golo do Nacional, a nossa equipa estava a jogar muito bem, a criar sucessivas ocasiões de golo e a fazer brilhar o guarda-redes adversário. Uma desatenção em mais um lance de bola parada deu o primeiro golo ao Nacional e criou algum nervosismo na nossa equipa. Daí para a frente, mesmo jogando pior, continuámos a criar e a falhar oportunidades. Depois, foi o que se sabe. Não vale a pena crucificarmos A ou B. Aqueles que tão bem nos souberam conduzir aos êxitos da época passada saberão, melhor que ninguém, como dar a volta à situação. A nós, adeptos, compete-nos fazer a nossa parte, apoiando, levando a equipa ao colo para novo título…

 

Tenho cada vez menos “pachorra” para ler ou ouvir declarações do presidente do FC Porto, alguém que há muito deveria ter sido irradiado do futebol português. Não leio as entrevistas, desligo o rádio ou a TV, mas acabo mesmo assim por ter ecos das principais (ou mais indelicadas e graves) declarações. Há dias acusou os jogadores do Benfica de “caceteiros”, esquecendo o vergonhoso comportamento do “seu” capitão Bruno Alves na última final da Taça da Liga. Até quando terá o desporto português de aturar este senhor?

 

Claro que, depois, há quem, no clube, queira agradar ao chefe e se meta por áreas que não lhe dizem respeito. É disso derradeiro exemplo as infelizes declarações do treinador Villas-Boas a propósito do ingresso de Sálvio no Benfica, tentando fazer crer que o FC Porto nunca se meteu no negócio, para impedir, à última hora, a sua transferência para a Luz. O que vale é que já todos sabemos do que a casa gasta e dos métodos há muito utilizados pelo clube…

publicado por Benfica 73 às 20:47

BENFICA 73
contador grátis
Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...