Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Insultado no final do jogo

18.03.15, Benfica 73

Romário Baldé viveu, ontem, diante do Shakhtar Donestk, o pior dia da sua ainda curta carreira. O avançado teve no pé direito a possibilidade de fazer o 2-0 para o Benfica, de penálti, e desta forma sentenciar a partida assegurando a presença das águias nas meias-finais da Liga Jovem da UEFA. Contudo, o jovem decidiu marcar à Panenka e... correu mal. A bola picada saiu tão fraca que permitiu ao guarda-redes ucraniano corrigir o lado e defender o remate.

Este lance acabou por marcar Romário Baldé e o próprio desafio. O Benfica, que até aí tinha dominado, deixou de criar oportunidades, consentiu o empate e acabou por ser eliminado no desempate por grandes penalidades. Já o futebolista não conseguiu esquecer o lance e começou a perder bolas de forma infantil. Para poupar o jovem, João Tralhão acabou por substituí-lo e fez questão de lhe dar um abraço quando o camisola 7 recolheu ao banco. Recorde-se que o atleta já havia falhado uma grande penalidade na final do ano passado, frente ao Barcelona, quando rematou à trave.


Insultado

Romário estava inconsolável, mas fez questão de desejar boa sorte aos colegas escolhidos para baterem os penáltis. Quando Vachiberadze converteu a grande penalidade decisiva, o atacante atirou-se para o chão a chorar de forma convulsiva. Ainda no relvado ouviu alguns espectadores a insultá-lo e acabou por ser defendido por Renato Sanches, que se virou para a bancada pedindo respeito pelo amigo. A custo, Romário levantou-se e, lavado em lágrimas, dirigiu-se à bancada pedindo desculpa pelo erro. Esta atitude acalmou os ânimos, e o jovem ainda acabou por ouvir algumas mensagens de incentivo quando recolheu ao balneário. 

Fonte: Record

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.