Junho 19 2015

A primeira compilação completa sobre a história do Benfica foi, esta quinta-feira, apresentada no museu Cosme Damião.
Jorge Jesus não foi esquecido, já que 55 das 504 páginas da obra ‘Benfica, A História Oficial’ são dedicadas ao agora treinador do Sporting e que protagonizou a transferência mais mediática do defeso.
«O desgosto encarnado teve um fim. Jesus assim o quis. Após um período negro, em que apenas Giovanni Trapattoni conseguiu quebrar o jejum de vitórias, em 2004/05, alcançando o primeiro lugar no campeonato nacional, Jorge Fernando Pinheiro de Jesus trouxe luz e ânimo à família benfiquista. Foi o segundo treinador, depois de Otto Glória, a iniciar a quinta temporada consecutiva no Benfica», pode ler-se no capítulo ‘Jorge Jesus - Prometeu e cumpriu’
Estão disponíveis apenas 500 exemplares para venda ao público, com um preço de 1750 euros.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 17:06

BENFICA 73
contador grátis
Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...