Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Estoril-SL Benfica, 1-2 - Rescaldo, Ficha de Jogo, Fotos e Resumo com Relato

17.01.16, Benfica 73

capture-20160117-090510.png

 

Bancadas bem preenchidas no estádio António Coimbra da Mota. Adeptos Benfiquistas em maioria a demonstrarem que acreditam na equipa e que estão no melhor momento do Sport Lisboa e Benfica na temporada, que alcançou, este sábado, a quinta vitória consecutiva no Campeonato.

Corresponderam os jogadores à flor da relva com uma entrada a “todo o gás”. À passagem do minuto quatro, Pizzi atirou por cima, bem perto da baliza do Estoril. Pouco depois, aos sete minutos, Jonas atirou ao poste e Carcela, na ressaca, rematou à malha lateral.

 

No minuto seguinte, André Almeida trabalhou bem na área e disparou para defesa de Kieszek. Só dava Benfica na Amoreira, mas faltava o golo. Esse apareceu aos 11’, mas na baliza do Benfica. Contra a corrente, Leo Bonatini desviou um cruzamento de Anderson Luís para o 1-0.

À adversidade respondeu o Benfica com mais uma oportunidade clamorosa. Passe de Jonas para Raúl Jiménez, que aproveitando uma falha defensiva do Estoril, esteve perto de empatar.

Apesar de ter mais posse de bola, a verdade é que as “águias” sentiam dificuldades nas transições defensivas e não raras vezes o contra-ataque da formação da casa punha os da Luz em sentido. Com o passar dos minutos, o Benfica subiu as linhas, optou por uma pressão alta na primeira zona de construção do Estoril, que perdeu capacidade ofensiva.

O cerco à área adversária ia dando golo de Jonas num cabeceamento perigoso aos 41 minutos. Ao intervalo, o Benfica saía a perder.

 

Mitroglou virou o desafio

Tal como no início da partida, no reatamento o Benfica “encostou às cordas” um Estoril incapaz de travar a avalanche ofensiva. Rui Vitória mexeu no jogo ao intervalo, colocando Mitroglou no lugar de Raúl Jiménez.

Do banco, o grego trouxe o golo aos 52 minutos. O camisola 11 trabalhou bem na área após um cruzamento de André Almeida. Aos 65 minutos, lance muito caricato na Amoreira. Pizzi, Kieszek e a defensiva estorilista não afastaram o esférico que caprichosamente se dirigiu para a baliza. As imagens não elucidam totalmente, mas fica a ideia de que a bola ultrapassou completamente a linha de golo.

Havia cada vez mais Benfica no António Coimbra da Mota e “remontada” deu-se aos 67’. Jonas assistiu Pizzi para um remate cruzado e colocado que deixou em êxtase os vários milhares de Benfiquistas que encheram as bancadas e nunca deixaram de apoiar a equipa.

Mitroglou virou o jogo do avesso. Forte na área, o grego era uma dor de cabeça como aos 73’ em que ofereceu a Jonas a oportunidade do 1-3. Kieszek negou!

Dois minutos depois, jogo interrompido pelo facto de alguns holofotes na bancada central se terem apagado; retomou volvidos três minutos. AS “águias” estavam sempre mais perto do 1-3 do que sofrer o empate, como atesta o cabeceamento de Jardel aos 85’.

 O Benfica segue no 2.º lugar com 43 pontos e na terça-feira enfrenta o Oriental para a Taça da Liga.  

O SL Benfica começou com Júlio César; André Almeida, Lisandro, Jardel, Eliseu; Fejsa, Renato Sanches, Pizzi (Talisca, 88’), Carcela (Gonçalo Guedes, 90'+5); Jonas e Raúl Jiménez (Mitroglou, 45’).

Fonte: SLB

Fotos Aqui

Ficha de Jogo Aqui

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.