Março 17 2015

A questão dos bloqueios, que tanta tinta já fez correr em Portugal e até provocou algumas trocas de palavras entre Jorge Jesus e alguns dos seus adversários (ver apoio), também está a preocupar a UEFA. Aliás, o responsável pela arbitragem do organismo que rege o futebol europeu, Pierluigi Collina, já deu indicações aos árbitros defendendo que devem ser marcadas infrações em todos os lances onde seja possível verificar que o futebolista em ação ofensiva se movimenta em direção ao adversário.

O assunto começa a levantar algumas dúvidas e, ontem, a "Gazzeta dello Sport" publicou um artigo explicando as decisões que os árbitros devem tomar em lances resultantes de cantos, livres laterais e lançamentos, as jogadas mais propícias à origem deste tipo de irregularidades que são sempre de muito difícil análise para as equipas de arbitragem.

A “Gazzeta dello Sport” utilizou um frame do Benfica-Fenerbahçe relativo à meia-final da Liga Europa em 2012/13 cujo vídeo Collina usou como exemplo

Collina, procurando encontrar um critério, usuou uma imagem doBenfica e alertou os árbitros que apitam jogos nas competições europeias que devem assinalar falta quando vislumbram um futebolista movimentar-se na direção do adversário sem possibilidade de disputar a bola e com o único propósito de pará-lo. É certo que este parâmetro vai ficar sempre condicionado pelo campo de visão da equipa de arbitragem e pela Lei 12 do futebol, onde é defendido que "todos os jogadores têm o direito de escolher uma posição no terreno de jogo".


Exemplo encarnado

Nas ações de formação de arbitragem da UEFA, os árbitros beneficiam da escalpelização de lances ocorridos nas competições europeias para corrigirem falhas.

Um lance ocorrido no confronto entre o Benfica e o Fenerbahçe foi utilizado para detetar uma irregularidade. Lima, em fora-de-jogo posicional antes da marcação de um livre, impede o adversário de recuar e disputar a jogada. No entender de Collina, este lance devia ter sido invalidado, com a marcação de posição irregular ao avançado.


Guerra verbal entre técnicos

Em 2011/12, com FC Porto e Benfica a lutarem pela liderança, Vítor Pereira acusou Jesus de recorrer a esta irregularidade, afirmando que os bloqueios do rival estavam "mais refinados". JJ acusou o adversário de usar "uma estratégia gasta", defendendo que "os bloqueios só existem no basquetebol". A polémica continuaria pouco depois, após a meia-final da Taça da Liga. Esta época Leonel Pontes, na véspera do Marítimo-Benfica, pediu ao árbitro para "estar muito atento aos bloqueios". Jesus respondeu após a goleada: "O Marítimo ficou bloqueado."

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:56
Tags:

BENFICA 73
contador grátis
Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


22
23
26
27
28

29
30
31


comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...