Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

«Aqui estou em casa e o meu futebol flui»

16.04.15, Benfica 73
 
A saída de Gaitán no final da época continua a ser um cenário provável, como Record já escreveu, mas a verdade é que o argentino parece pouco preocupado. Numa entrevista concedida à revista "Mística", o camisola 10 mostra-se feliz com o percurso ao serviço das águias e garante que, na Luz, sente-se em casa.

"Sentir-me bem é tudo para mim e no Benfica estou em casa. Isso transporta-se para dentro de campo, o meu futebol flui e cresço como jogador", começou por dizer ElZurdo, de 27 anos. Depois de revelar que, em 2008, esteve perto de assinar pelos espanhóis do Almería, Gaitán falou da importância do técnico Jorge Jesus na evolução que teve nos últimos anos: "Quando cheguei, sentia que a qualidade técnica bastava, e por isso não me preocupava tanto com a vertente tática. A forma de trabalhar dele ajudou-me a perceber a importância tática que posso ter, o tal espírito solidário."


O amigo Maxi

Na adaptação a Lisboa e aoBenfica, Maxi Pereira deu uma ajuda preciosa ao internacional argentino. "Foi muito importante nessa fase. Hoje faz parte da família. Eu tinha acabado de chegar e ele abriu-me as portas de casa.Ter conhecido o Maxi foi uma das melhores coisas que me aconteceu na vida. Todas as pessoas o conhecem pela raça que demonstra em campo, e a isso podem acrescentar humildade, respeito e sinceridade", atira, sublinhando a união existente no balneário dos encarnados:"Nem sinto que estou numa equipa de futebol, mas sim entre amigos. Há uma união tremenda e ninguém é estrela. Isso passa para dentro de campo, onde somos solidários."

Fonte: Record