Março 12 2011

O Benfica emitiu, esta tarde, um comunicado onde «lamenta e condena a acção cobarde» contra o vice-presidente encarnado Rui Gomes da Silva, que foi alvo de uma emboscada, na tarde de ontem, no Porto.
O documento, publicado no site do clube, acrescenta que a violência contra o dirigente benfiquista foi incentivada por «anteriores decisões judiciais» e pela «impunidade de que alguns parecem justificar».

Recorde-se que Rui Gomes da Silva foi alvo de uma agressão, na tarde de sexta-feira, quando saía de um restaurante na Foz, no Porto. Dois homens encapuzados agrediram o dirigente e disseram, nas palavras do próprio a A Bola: «Isto é para aprenderes a não dizer mal do FC Porto».

Eis o comunicado:
«O Sport Lisboa e Benfica lamenta e condena a acção cobarde de que foi vítima o seu vice-presidente Rui Gomes da Silva na tarde de ontem, no Porto.
Actos que anteriores decisões judiciais incentivaram e que a impunidade de que alguns parecem beneficiar justificam.
Resistir aos cobardes é um acto obrigatório de todos aqueles que gostam de futebol e que apenas querem que o futebol português seja limpo dos marginais e seus mandantes.

Lisboa, 13 de Março de 2011».

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 17:19

Março 12 2011

Rui Gomes da Silva, vice-presidente do Benfica para a área institucional e administrador da SAD encarnada, foi ontem agredido à saída de um restaurante na Foz, no Porto, após ter almoçado, na companhia da sua esposa, com o presidente da Câmara Municipal da Paredes, Celso Ferreira, e também com a mulher do autarca.

O incidente aconteceu à saída do restaurante, quando dois encapuçados agrediram o dirigente encarnado, que ficou sem reacção e perplexo como o sucedido, tal como os seus acompanhantes.

«Foi tudo muito rápido. Estávamos a sair de um restaurante, na Foz, quando dois indivíduos me atacaram e agrediram, gritando 'isto é para aprenderes a não dizer mal do FC Porto'. É lamentável que se chegue a este tipo de situações», confirmou Rui Gomes da Silva a A BOLA, surpreso.

O vice-presidente e administrador do Benfica, de 52 anos, natural da freguesia de Santo Ildefonso, no Porto, deslocara-se ao Norte por questões profissionais, relacionadas com o seu escritório de advocacia, que tem uma delegação em plena Invicta.

Aproveitou para confraternizar, num dos restaurantes da moda, na zona da Foz, almoçando com o presidente da Câmara Municipal de Paredes, de quem é amigo de longa data. No mesmo local almoçavam, também, Fernando Gomes, ex-presidente da Câmara do Porto e actual administrador executivo da Galp, e ainda André Villas Boas, treinador do FC Porto, que, de resto, até cumprimentou, à saída, o dirigente encarnado.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:25

Fevereiro 27 2011

Com 52 anos de vida e de sócio, Rui Gomes da Silva está, como a maioria dos benfiquistas, entusiasmado, apaixonado pelas últimas exibições da equipa. Numa entrevista frontal, afirmativa, o vice-presidente do clube e administrador da SAD, fala de futebol, de finanças, de liderança, de TV, do passado e do futuro de um Benfica europeu.

O Benfica venceu o FC Porto, o Sporting e eliminou o Estugarda na Liga Europa, este já é um Benfica de topo e, até, melhor do que a aquele que foi campeão a época passada?

- É difícil fazer essa comparação, mas, olhando paras as exibições e para os resultados, diria que é, de facto, melhor do que o do ano passado. Quando as pessoas esperavam que fosse menos forte, depois das vendas de Di María e Ramires, e, até, da saída, em Janeiro, de David Luiz, o Benfica tem respondido a quem tinha essas dúvidas de uma forma muito positiva, com exibições muito conseguidas. Tem produzido um futebol que - acho - que é o mais bonito que vi em toda a minha vida. Pode haver momentos parecidos, como com Sven-Goran Eriksson, por exemplo, e alguns outros, embora a espaços, com Fernando Santo, mas sem o brilhantismo desta época.

- A forma como resolveu a saída de jogadores importantes é prova de que a política desportiva está consolidada?

- Sim. Há um trabalho de base, uma estrutura profissionalizada. Esse foi um dos factores que mais me surpreendeu quando cheguei à Direcção do clube. O Benfica viveu, no passado, momentos atribulados, muito por força da feira de vaidades em que se havia transformado. Muitas pessoas queriam aparecer para dar a ideia de que eram elas a mandar, a mandar no futebol. Entre muitos outros méritos, Luís Filipe Vieira também teve esse, o de criar uma estrutura profissional que cuida de tudo de forma antecipada, programada, planeada. E isso reflecte-se na escolha dos jogadores. Sabe-se que o Benfica, não apenas o Benfica mas o futebol português, não tem capacidade para manter os jogadores de topo durante muitos anos. Por isso, torna-se necessário potenciar, ao máximo, as suas capacidades em proveito da marca Benfica. Tem de haver uma permanente busca de jogadores que venham ocupar o lugar de quem sai. Existem, hoje, no Benfica, duas faces de uma (muito boa) moeda: Luís Filipe Vieira - e a sua equipa - a descobrir e a contratar talentos, que possam servir o clube, e Jorge Jesus, que tem rentabilizado esse património de uma forma espectacular.

As arbitragens foram assim tão determinantes no início do campeonato?

- O Benfica foi muito prejudicado em dois jogos: na primeira jornada, em casa, com a Académica e, depois, em Guimarães. Jogos que determinaram, no fundo, aquela que é hoje a diferença pontual entre o Benfica e o primeiro classificado. E essa diferença foi conseguida graças a erros grosseiros, que saltaram à vista. Tão gritantes que foram confirmados, até, pelo próprio Presidente da arbitragem. E esses erros de catedral também condicionaram o rendimento dos jogadores, sobretudo o daqueles que se estavam a adaptar. Ultrapassada essa fase de adaptação, os erros de arbitragem continuaram, mas o Benfica também começou a produzir mais. A verdade é que esses dois jogos, esses seis pontos perdidos, tiveram a ver exclusivamente com erros grosseiros de arbitragem. Não nos cansaremos de repetir isto, para que as pessoas não o esqueçam e percebam que as actuais contas, na classificação do campeonato, têm por base ajudas a uns e prejuízo para o Benfica. Ajudas a quem vai à nossa frente.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 08:19

Fevereiro 14 2011

A resposta do Benfica às declarações de André Villas Boas sobre quem é a melhor equipa actualmente em Portugal surgiu através do vice-presidente Rui Gomes da Silva. Para o dirigente, o clube da Luz não tem qualquer complexo de inferioridade e a única coisa que há a branquear o facto de o FC Porto ter sido levado ao colo nas primeiras jornadas do Campeonato.

«A única tentativa que existe é a de branquear o facto de o FC Porto ter sido levado ao colo nas primeiras jornadas. Nas primeiras jornadas do Campeonato, que determinaram este avanço pontual, o Benfica foi lesado, prejudicado e impedido de ganhar, ao contrário de outros, que foram ajudados para ganhar jogos. Normalmente este é um modelo seguido, só que este ano foi evidente de mais. Consolida-se determinada posição no início do Campeonato e depois gere-se o avanço», acusou Rui Gomes da Silva, falando à Antena 1.

«O FC Porto não vai à frente só por méritos próprios, mas sim por ter tido alguém a ajudar, prejudicando o seu principal concorrente, de forma a que logo no início do Campeonato ficasse com muitos pontos de atraso», vincou o vice-presidente dos encarnados.

O dirigente diz que percebe, ainda assim, «a tentativa de o FC Porto criar fantasmas, de forma, salienta, a esconder «as dificuldades internas que vive». Como tal refere que André Villas Boas «devia-se preocupar mais com outras coisas». «Com as afirmações do Fucile no Facebook, do Guarin no Twitter ou explicar melhor porque não convoca o Walter quando não tem outro ponta-de-lança. Mais vale preocupar-se com a realidade que tem no próprio clube, do que preocupar-se com o Benfica», atirou.

Rui Gomes da Silva acusou ainda autenticamente o FC Porto de sofrer de complexo de inferioridade: «A marca Benfica tem uma grande diferença em relação a outras, não tem nenhum complexo de inferioridade. E quando olhamos para os nossos adversários, nunca temos qualquer complexo de inferioridade, por isso não precisamos de ser mais agressivos, mal-educados, revoltados ou impetuosos.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 14:27

Fevereiro 03 2011

Rui Gomes da Silva, vice-presidente do Benfica, apontou críticas aos dirigentes do FC Porto no papel em torno dos seus adeptos, isto no âmbito do autocarro dos encarnados ter sido apedrejado na noite passado, após a vitória por 2-0 no Estádio do Dragão.

O dirigente elogiou o trabalho das forças policiais, mas apontou responsabilidades aos dirigentes do clube rival: «Acho que o trabalho que tem de ser feito é a nível dos responsáveis pelos clubes, neste caso o FC Porto, que tem de se capacitar que num jogo de futebol não pode valer tudo. As pessoas, se forem alertadas para esse facto e se houver apelos dos responsáveis para que essas situações não se repitam, é possível irem ao futebol.»

«Podemos ser do Benfica e ter algumas queixas da arbitragem, nomeadamente a própria expulsão que não terá acontecido, mas isso não justifica tudo, não justifica que sejamos apedrejados só porque fomos a um estádio ganhar 2-0, fazer uma grande exibição, frente a uma equipa que respeitamos, que tem qualidade, mas que ontem foi nitidamente inferior», vincou ainda Rui Gomes da Silva.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 19:58

Janeiro 03 2011

Rui Gomes da Silva, vice-presidente do Benfica e administrador da SAD, saiu, em declarações à Antena 1 e à Renascença, em defesa de Jorge Jesus e comentou as mais recentes afirmações de Vítor Pereira que classificou de “falaciosas” as palavras do treinador encarnado que referiu que as águias estão a 8 pontos do FC Porto no campeonato devido a "erros de arbitragem”.

“Estas declarações fazem-nos ficar desconfiados e vamos estar atentos para o Benfica não vir a ser mais prejudicado no campeonato, porque já fomos muito no início. São declarações estranhas. É o mínimo que lhes posso chamar”, referiu.

O dirigente encarnado corroborou a ideia deixada por Jorge Jesus de que o atraso pontual na tabela se deve apenas aos erros de arbitragem: “O Benfica está a 8 pontos  única e exclusivamente por culpa de erros grosseiros de arbitragem. Erros esses que prejudicaram o Benfica e que beneficiaram o FC Porto noutros jogos. Essa é a razão do nosso atraso para a liderança”.

“Em relação à capacidade dos jogadores e da equipa técnica ela sempre lá esteve, não nos deixaram foi lutar de igual para igual desde o início da temporada”, assinalou, finalizando com mais críticas aos dragões: “Mesmo quando perdem há disparidades de critérios na atuação dos árbitros”.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 22:02

Setembro 22 2010

Rui Gomes da Silva, administrador da SAD benfiquista, reforçou ontem as queixas do Benfica, depois de constatar que não foi assinalado castigo máximo contra o FC Porto, no encontro frente ao Nacional, na Choupana. “A única coisa que o defesa Rolando não fez foi voar para a bola, mas colocou a mão como se fosse um guarda-redes.”

Em declarações à TSF, o dirigente observa: “Em cinco jogos, o Benfica tem quatro penáltis não assinalados a seu favor – dois frente à Académica e dois no jogo com o V. Guimarães. O nosso principal concorrente, o FC Porto, beneficiou de quatro penáltis não assinalados contra si. Recordo: Naval, Rio Ave, Sp. Braga e Nacional.”

Continuando, Gomes da Silva, de 52 anos, considera ser “muito difícil lutar contra esta realidade”, fazendo notar: “São erros de mais e sempre no mesmo sentido. Não se marcam penáltis a nosso favor e contra o FC Porto. Alguma coisa estranha está a passar-se no futebol português.”

O administrador da SAD questiona: “Errar sempre no mesmo sentido? Errar sempre contra as mesmas equipas? Errar sempre beneficiando os mesmos? Isto é que nos leva a questionar essas opções.”

Alinhando pelo discurso de outros elementos, como o treinador, Jorge Jesus, e o capitão, Nuno Gomes, refere que o Benfica tem fazer “um campeonato contra tudo e todos”, não perdendo, porém, a esperança na revalidação do título: “Há muito espaço, muitas hipóteses de ganhar. Muitas mais do que gostariam os nossos adversários e muito menos do que o Benfica deveria ter.” E conclui: “Só pedimos verdade desportiva. Não queremos ser beneficiados, nem queremos ganhar a qualquer custo.”

publicado por Benfica 73 às 10:10

Setembro 15 2010

O vice-presidente do Benfica, Rui Gomes da Silva, refutou esta quarta-feira as declarações de Rogério Alves. O presidente da mesa da Assembleia Geral da SAD do Sporting havia afirmado ontem que o plenário das águias mais não foi do que uma "tentativa de pressão" sobre a arbitragem.

Aos microfones da Rádio Renascença, o "vice" encarnado referiu que "Rogério Alves teve declarações precipitadas e que não leu o comunicado do plenário na íntegra". Gomes da Silva revelou depois que o dirigente leonino "ficou esclarecido" sobre este assunto após conversa mantida com o presidente das águias, Luís Filipe Vieira.

Rui Gomes da Silva esclareceu ainda que o comunicado emitido na passada segunda-feira não teve por objetivo beneficiar os campeões nacionais, no que a arbitragens diz respeito. "Queremos que esta garanta que, quem ganhe, o faça com golos limpos, sem outras situações que o Benfica tem sofrido na pele."

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 13:51

BENFICA 73
contador grátis
Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...