Junho 22 2011

O guarda-redes Roberto recebeu autorização da SAD do Benfica para apenas se apresentar na segunda-feira, estando por isso explicado o facto de o espanhol não ter sido visto esta manhã no Seixal.
Esperava-se que Roberto se apresentasse hoje, mas o guarda-redes espanhol recebeu, como muitos outros, autorização para chegar na segunda-feira, como muitos outros jogadores do plantel.
Também Carole falhou a apresentação, autorizado pelo Benfica a apresentar-se apenas depois do Mundial Sub-20 que decorrerá na Colômbia.
Aimar, Oblak e Schaffer ainda não se apresentaram no Seixal, de onde os jogadores vão saíndo aos poucos para efectuarem exames médicos.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 18:08

Junho 15 2011

A indefinição em torno da continuidade de De Gea no Atlético Madrid faz com que os responsáveis colchoneros tenham vários guardiões de prevenção.

Na lista dos madrilenos não consta apenas o nome de Rui Patrício. Roberto, guarda-redes por quem o Benfica pagou 8,5 milhões de euros ao At. Madrid, também faz parte das opções, tal como Diego López, do Villarreal, e Aranzubía, do Deportivo.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 11:36

Junho 12 2011

A primeira temporada no Benfica não correu de feição a Roberto, mas o guarda-redes espanhol, de 25 anos, não perdeu a confiança e quer regressar à Luz para limpar a má imagem deixada no ano de estreia com a camisola encarnada.

Imune a todo o ruído que envolve a sua situação no Benfica, a verdade é que, segundo apurámos, Roberto tem indicações para se apresentar no Seixal no próximo dia 22, altura em que as águias iniciam os trabalhos de pré-época.

Contratado ao At. Madrid por 8,5 milhões de euros, o espanhol chegou a Lisboa com a responsabilidade de substituir Quim, elemento que na época anterior tinha desempenhado papel importante na conquista do título encarnado.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 11:57

Junho 11 2011

O director desportivo do Atl. Madrid, José Luis Caminero, revelou, ontem, em declarações a A BOLA, que vai considerar a contratação de Roberto caso alguns dos guarda-redes do plantel deixe os colchoneros. Em Espanha, dão por garantida a partida de David de Gea para o Man. United...
Contratado ao Atlético Madrid por 8,5 milhões de euros, Roberto, guarda-redes de 25 anos, tem de apresentar-se no próximo dia 22 no Seixal, para o início da época dos encarnados. As exibições inconstantes do espanhol levaram o Benfica a avançar para a contratação do guarda-redes brasileiro Artur Moraes, 30 anos, que chega à Luz a custo zero depois do final de contrato com o SC Braga, mas, pelas declarações do director desportivo dos colchoneros, Roberto continua bem visto em Madrid. 
«Neste momento, temos três jogadores para essa posição, De Gea, Joel e Asenjo. Se um deles sair, teremos de procurar um substituto, analisar vários nomes, e um deles poderá ser o de Roberto. Conheço-o muito bem, sei que não teve uma temporada muito boa no Benfica, mas aos guarda-redes acontece o mesmo que a outros jogadores, podem ter altos e baixos. No Saragoça [de Janeiro a Junho de 2010], ele foi esplêndido e a minha opinião é a de que se trata de um grande guarda-redes», afirmou, ontem, após a apresentação do novo treinador dos colchoneros, Gregorio Manzano.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 16:47

Maio 27 2011

A época acabou mas Roberto continua na ordem do dia. Agora por causa de uma investigação da Polícia Judiciária de Lisboa que se transformou num processo autónomo que está nas mãos do DIAP de Lisboa, como se sabe coordenado pela procuradora geral-adjunta Maria José Morgado. Caso que é apenas um resultante de uma investigação alargada às transferências do Benfica.

Quarta-feira, a PJ fez buscas no Estádio da Luz e apreendeu toda a documentação relativa à transferência do guarda-redes Júlio César para o Benfica. Mas esta foi a segunda busca feita pela PJ ao Benfica. Há alguns meses, a PJ esteve na Luz precisamente por causa de Roberto, tentando cruzar a documentação com o resultado de muitas escutas realizadas.

Vítima. Conforme Record conseguiu apurar, há a suspeita de que “parte significativa” dos 8,5 milhões de euros que o Benfica teve de dar por Roberto pode ter sido usada como prémio para o título conquistado pelo treinador em 2009/2010. Encontrando-se desta forma uma maneira de também fugir aos impostos. Este é um processo com características muito semelhantes ao da transferência de João Vieira Pinto para o Sporting, no qual o ex-jogador, José Veiga e Luís Duque foram recentemente pronunciados por crimes de branqueamento de capitais e fraude fiscal, com o Estado a declarar-se lesado em 3,2 milhões de euros. No caso concreto de Roberto, um eventual crime de burla terá como vítima o próprio Benfica, surgindo Luís Filipe Vieira, Jorge Jesus e o presidente do Atlético Madrid como potenciais autores dos crimes que estão a ser investigados.

Fontes próximas do empresário Jorge Mendes garantem que este apenas fez a ponte entre o Atlético Madrid e o Benfica. O clube da Luz pretendeu inicialmente contratar o guarda-redes De Gea – entretanto muito valorizado – e a seguir avançou para Asenjo – que chegou a ser examinado na capital espanhola pelos clínicos do Benfica –, mas as duas possibilidades goraram-se. Roberto tornou-se a grande “paixão” de Jesus. Na condição de amigo do CEO do Atlético Madrid, Miguel Ángel Martín, Mendes acabou por ajudar a que o negócio se consumasse. A mesma fonte garante que o agente nunca conversou com a sua assessora Bárbara Vara sobre transferências, isto a propósito de uma escuta onde se fala em “trafulhice” na contratação de Roberto.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 11:50

Maio 25 2011

Jorge Jesus já aceita a saída de Roberto, e o Benfica procura neste momento uma solução que defenda os interesses do clube, mas também do jogador, que goza de algum prestígio no seu país. 
Uma das soluções passa pelo regresso ao Atlético de Madrid, mas tal dependeria da saída do actual titular, de Gea.

Fonte: A Bola / CM

publicado por Benfica 73 às 21:55

Maio 21 2011

O Benfica tenciona utilizar Roberto como moeda de troca para baixar o preço da opção de compra de Salvio, jogador que o Atlético Madrid emprestou ao emblema lisboeta na época que agora findou.

O extremo-direito argentino continua a fazer parte dos planos de Jorge Jesus para a próxima temporada, pois é considerado um jogador que pode fazer a diferença na tentativa de reconquista do título. A recente tomada de posição do camisola 8 – na qual referiu estar apostado em conquistar um lugar no emblema colchonero – não é muito valorizada na Luz, pois a mesma foi verbalizada ao site oficial do clube da capital espanhola. Assim sendo, a SAD dos encarnados quer acionar com Roberto, para fazer baixar a cláusula de opção de Salvio. A história é a seguinte: o Atlético Madrid vai necessitar se um guarda-redes para colmatar a transferência de De Gea.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 14:26

Maio 21 2011

O presidente das águias não está satisfeito com a época do guarda-redes espanhol e equaciona vendê-lo, mas não quer perder muito dinheiro. E a menos que surja uma solução que compense ou minimize o investimento de 8,5 milhões de euros, Roberto será um dos três guarda-redes do plantel. Os outros são Artur Moraes, 30 anos, contratado ao Sp. Braga, e Moreira, 29 anos, que ganhou a corrida a Júlio César. Oblak, de 18 anos, irá integrar o estágio de pré-época, mas não tem garantida a presença no plantel.

Segundo apurou ainda o CM, uma das poucas possibilidades que se abrem à saída de Roberto, 25 anos, seria envolvê-lo num negócio com o Atlético de Madrid, para viabilizar a continuidade de Salvio. O actual guarda-redes titular dos colchoneros, De Gea, está na lista do Manchester United e o clube teria de ir ao mercado buscar outro guardião. O benfiquista é um dos nomes falados para o substituir. Contudo, tudo vai depender dos novos director desportivo e treinador dos madrilenos, que ainda não foram anunciados.

Embora o Benfica já não equacione pagar 15 de milhões de euros para accionar a cláusula de opção de Salvio, a inclusão de Roberto no negócio poderia dar impulso à continuidade do argentino, de 20 anos. O CM apurou ainda que o guarda-redes tem previsto apresentar-se na Luz no dia 22 de Junho para dar início ao trabalho da nova época. 

Fonte: CM

publicado por Benfica 73 às 10:50

Maio 20 2011

Guarda-redes espanhol está intransigente e nem admite cedência a um clube espanhol. Só aceita sair a título definitivo. SAD tenta encontrar colocação para o jogador com a consciência de que não ganhará dinheiro.

Roberto só admite sair da Luz a título definitivo e não aceitará ser emprestado na próxima época. De acordo com o que A BOLA apurou junto de fonte próxima do guarda-redes, em Espanha, o cenário de cedência é considerado pelo jogador como um passo atrás na carreira que não estará disposto a dar.

O espanhol estará de tal modo intransigente a ponto de já ter afirmado, em círculos próximos, que nem para o seu país pretende jogar nestas circunstâncias, mesmo que se trate um clube de referência. 
Isto significa que a SAD estará obrigada a encontrar um emblema que queira comprar o passe do guardião de 25 anos. Os encarnados já encetaram contactos nesse sentido, embora o processo esteja numa fase embrionária, tendo em conta que alguns campeonatos ainda estão a decorrer e os eventuais clubes interessados em Roberto só vão iniciar o ataque ao defeso depois de terminadas as respectivas épocas desportivas.

Caso complicado de resolver.
Se Roberto não mudar de ideias é provável que o caso se arraste por algum tempo durante o defeso, que agora se inicia. O passe do guardião ficou desvalorizado pela má época ao serviço do Benfica e os dirigentes encarnados têm a consciência das dificuldades em conseguir obter lucro com a venda do passe do ex-guardião do Atlético Madrid, contratado por 8,5 milhões de euros.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 08:43

Maio 18 2011

Não está fácil a vida de Roberto. O guardião não faz parte dos planos de Jorge Jesus para a próxima temporada e já recebeu indicações de que não vai continuar no clube. A situação deixou o número 12 bastante desagradado, já que foi uma grande aposta da SAD e desejava continuar ao serviço dos encarnados na época 2011/12.

Apesar do conturbado ano desportivo, o guardião, de 25 anos, acreditava que tinha condições para permanecer na Luz e demonstrar todo o seu real valor, que levou as águias a pagarem 8,5 milhões de euros pela sua contratação. Aliás, no último verão, o jogador do país vizinho rejeitou outros convites interessantes que tinha em carteira para aceitar a vinda para a Lisboa e agora sente-se injustiçado pela dispensa.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 15:56

Maio 17 2011

Roberto, guarda-redes espanhol de 25 anos do Benfica, despediu-se ontem do centro de estágio dos encarnados, no Seixal, apenas por agora ou, talvez, para sempre, dependendo do desenvolvimento que o clube da Luz consiga dar à sua situação. 

O jogador, que marcou presença num treino ligeiro realizado no relvado principal do Caixa Futebol Campus, abandonaria as instalações bem disposto, apesar de todas as informações que dão conta da sua saída, mas carregado, muito mais carregado do que havia chegado ao Seixal, pois levava literalmente às costas um enorme saco preto, repleto de pertences pessoais, sinal de que terá despejado o cacifo antes de ir para férias. 

Chegou ao carro, abriu a mala, largou o saco e dirigiu a viatura para a porta do centro de estágio, onde estavam alguns adeptos, que o cumprimentaram e com os quais trocou amigavelmente dois dedos de conversa. Recebeu incentivos, ofereceu dois pares de luvas, e arrancou, desconhecendo, certamente, o que o futuro lhe reserva.

Roberto tem assistido tranquilamente aos últimos desenvolvimentos em torno da baliza do Benfica, à mais que provável contratação do brasileiro Artur, do SC Braga, e às informações que dão conta de que o clube da Luz pretende prescindir dos seus serviços. Oficialmente, continua sem saber se vai vestir a camisola da águia na próxima temporada ou se terá de mudar-se, por empréstimo ou em definitivo, para outro país, eventualmente Espanha, onde continua a ter mercado.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:18

Maio 15 2011

No final de uma temporada difícil e marcada por diversos erros que deixaram os adeptos do Benfica à beira de um ataque de nervos, Roberto está longe de ser um nome consensual no planeamento da nova época. Para já, a direcção encarnada parece inclinada a prescindir dos serviços do espanhol - que custou 8,5 milhões de euros -, decisão que surpreende aqueles que o viram brilhar ao serviço do Saragoça, na segunda metade da época 2009/10. Contactado por O JOGO, Angel Mejías, um antigo guarda-redes do Atlético de Madrid e actual técnico dessa posição específica no clube, que trabalhou com Roberto, garantiu não ter dúvidas que o número 12 encarnado reúne "todas as qualidades" para ser titular numa equipa da liga espanhola, frisando que o prestígio do guardião no país vizinho continua intocável.

"O Roberto demonstrou em Portugal e em Espanha que tem qualidade. Deu pontos ao Benfica e tem sido demasiado crucificado por alguns erros. Não tenho dúvidas que ele reúne todas as qualidades para ser titular numa equipa da liga espanhola", afirmou Mejías, lembrando que, antes de rumar à Luz, Roberto foi eleito como contratação prioritária pelo Saragoça, que, inclusive, chegou a fazer uma proposta ao Atlético pelo guardião na ordem dos 2 milhões de euros. "Se querem ver o prestígio do Roberto por cá têm de ir a Saragoça. Ele é muito admirado por lá e o clube queria muito ficar com ele", lembrou Mejías.

As palavras do técnico colchonero encontram eco no interesse demonstrado pelo Málaga, no início da presente época. Logo após a desastrosa exibição de Roberto na derrota com o Nacional (2-1) na terceira jornada da Liga ZON Sagres, o clube andaluz - treinado à época por Jesualdo Ferreira - fez chegar ao Benfica uma proposta para o empréstimo do espanhol até ao final da época. Esta foi recusada e Jorge Jesus manteve a sua aposta, mas a verdade é que Roberto pode ter feito o seu último jogo de águia ao peito em Braga, na segunda mão das meias-finais da Liga Europa.

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 20:32

Maio 13 2011

Os dias de Roberto no Benfica parecem mesmo contados. Os encarnados pretendem desfazer-se do guarda-redes espanhol, contratado no início desta época ao Atlético de Madrid por 8,5 milhões de euros, naquela que foi a terceira transferência mais cara da história do clube, atrás de Simão e Cardozo. Este é, aliás, um dos principais problemas que o clube da Luz enfrenta na resolução deste imbróglio: como recuperar o investimento num futebolista que praticamente só se desvalorizou desde que chegou a Portugal?

A rescisão de contrato está totalmente fora de hipótese, tanto mais que o espanhol está ligado às águias por mais quatro temporadas - até 2015. Por isso sobram duas alternativas, que estão a ser devidamente ponderadas: o empréstimo ou a transferência imediata, tentando minimizar ao máximo o mais que certo prejuízo da operação. A primeira hipótese acaba por ser a mais viável, já que Roberto continua a ser bem-visto no seu país natal, muito devido aos excelentes seis meses que cumpriu ao serviço do Saragoça em 2009/10, por empréstimo do Atlético de Madrid. Cedendo o guardião, de 25 anos, a um clube onde jogue com regularidade, o Benfica poderia valorizá-lo e dentro de algum tempo transferi-lo a título definitivo por uma boa quantia.

No entanto, se surgir já este Verão uma oferta para a venda do passe, a SAD encarnada irá estudá-la com cuidado. Seguindo a lógica de "mais vale um pássaro na mão do que dois a voar", o emblema lisboeta iria assim procurar recuperar de imediato uma parte do valor que investiu no número 12, evitando o risco de manter nos seus quadros, por tempo indeterminado, um futebolista que não interessa, como aconteceu com outros casos.

Contratado para fazer esquecer Quim, o titular da equipa campeã nacional em 2009/10, o guarda-redes espanhol nunca teve vida fácil na Luz e entrou logo com o pé esquerdo, pois na pré-temporada cometeu vários erros que acabaram por causar desconfianças entre adeptos e crítica. Depois, quando começou a competição oficial, Roberto também teve lapsos comprometedores, sendo um dos responsáveis pelo madrugador atraso pontual para o FC Porto. Mantendo a confiança cega de Jorge Jesus, o número 12 acabou por estabilizar e aos poucos foi ganhando algum crédito. Mas acabou por perdê-lo em dois jogos decisivos: na derrota em Braga que acabou com o sonho do título e na partida em casa com o FC Porto, ajudando os dragões a fazerem a festa em pleno Estádio da Luz.

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 16:13

Maio 13 2011

Roberto dificilmente continuará no Benfica na próxima temporada. Record sabe que os responsáveis benfiquistas estão no mercado à procura de uma solução para colocar o guardião espanhol já durante o defeso, depois de uma época de estreia marcada por erros graves do jogador. O interesse em Artur, do Sporting de Braga, surge na sequência da saída do ex-Atlético Madrid, naquela que os dirigentes benfiquistas julgam ser a decisão mais acertada, conferindo mais qualidade à baliza das águias, um dos grandes problemas numa época para esquecer no Estádio da Luz.

Ao que o nosso jornal apurou, o próprio jogador já está a par desta vontade da SAD benfiquista, aguardando por desenvolvimentos nas próximas semanas.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 12:24

Maio 04 2011

O treinador do Benfica dissipou qualquer dúvida e garantiu que Roberto vai manter a titularidade na equipa no jogo desta quinta-feira diante do SC Braga, decisivo para a passagem à final da Liga Europa. 

Muitas vozes voltaram a questionar a titularidade de Roberto nos últimos dias, mas Jorge Jesus, que falava na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o SC Braga, não deixou margem para dúvidas.

«Contamos com o Roberto e é um dos jogadores que vai ser lançado no jogo», foi a resposta dada pelo treinador, quando questionado sobre o guarda-redes espanhol.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 20:57

Maio 04 2011

A questão arrasta-se a cada erro de Roberto, mas a resposta de Jorge Jesus tem sido sempre a mesma. Para o jogo de amanhã, frente ao SC Braga, a contar para a segunda mão da meia-final da Liga Europa, deverá haver mais do mesmo: titularidade para o espanhol, mesmo que a decisão não agrade à maioria dos benfiquistas.

Foi isso que se verificou, por exemplo, no primeiro jogo com os bracarenses, há uma semana: Moreira foi decisivo no jogo anterior (defendeu um penalty na final da Taça da Liga, frente ao Paços de Ferreira, e foi considerado o melhor em campo), os adeptos mostraram o desejo de o português continuar no posto em tudo o que era fóruns e inquéritos, mas o treinador de 56 anos manteve a sua aposta no espanhol.

Jesus deverá manter o seu rumo e dar, novamente, a titularidade a Roberto no jogo que pode carimbar a passagem da equipa à final da Liga Europa, algo que o clube não consegue há 28 anos, depois de Sven-Goran Eriksson levar os encarnados à última decisão na Taça UEFA, frente ao Anderlecht (final a duas mãos, empate a uma bola na Luz depois de uma derrota por 0-1 em Bruxelas e permanecendo a maldição de o clube não ganhar qualquer prova europeia desde os tempos de Bela Guttmann). 

A manutenção de Roberto não acarretará qualquer novidade perante aquilo que aconteceu durante a presente temporada. Basta recordar que o técnico deixou cair o guardião apenas por uma única vez: na recepção ao V. Setúbal, a 28 de Agosto, para a terceira jornada da Liga. Mas apenas por 24 minutos, o tempo que Júlio César durou na baliza, depois de ser expulso num lance em que cometeu grande penalidade. O resto é conhecido: Roberto defendeu o remate de Hugo Leal e reiniciou aí a sua carreira na Luz, tendo participação activa na série de 18 triunfos consecutivos (jogou a maioria desses encontros) dos encarnados.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 07:31

Maio 03 2011

Apesar de ter tido mais um deslize, Roberto parte na pole-position na discussão pela titularidade na baliza para o decisivo embate com o Sp. Braga de quinta-feira. A hipótese de Jorge Jesus chamar Júlio César a defender as redes não está totalmente descartada, sendo este um assunto em análise, mas, para já, é o espanhol, de 25 anos, quem leva vantagem.

Roberto foi chamado à baliza diante do Olhanense – na Liga, Jesus tem optado pelas segundas opções – para manter o ritmo antes de um jogo decisivo para a temporada encarnada.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 13:52

Maio 02 2011

Contratado a peso de ouro (8,5 milhões de euros), Roberto era, supostamente, um guarda-redes que iria dar pontos ao Benfica. No entanto, têm sido mais os que “oferece” aos adversários do que aqueles que tem valido à equipa da Luz.

Em 28 jornadas disputadas na Liga, são já 9 os pontos que os encarnados esbanjam por ação direta do espanhol. Ontem, em Olhão, mais uma fífia e mais uma vitória que voou, no último minuto do tempo de compensação concedido pelo árbitro, e mais uma vez num lance com o qual o guarda-redes já mostrou não lidar bem – cruzamento para a área e o madrileno, onde nasceu há 25 anos, a sair fora de tempo e a não conseguir evitar o golo.

9 pontos “enterrados” por Roberto não dariam o título de campeão ao Benfica, é verdade, mas as contas não podem ser feitas de forma tão fria. Os erros graves do guardião espanhol começaram logo na pré-temporada e arrastaram-se pelos primeiros jogos do campeonato (Académica, Nacional e V. Guimarães).

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 15:55

Abril 27 2011

Seguro na baliza no regresso da Liga Europa. Três jogos depois desde a última titularidade, Roberto Jiménez, 25 anos, é a aposta firme de Jorge Jesus na primeira mão das meias-finais com o Sp. Braga, que amanhã trazem até à Luz um adversário bem conhecido, o SC Braga.

O guarda-redes espanhol conquistou a baliza em todos os jogos das competições europeias, sem discussão, e assim continuará, esperando Jorge Jesus o também os seus companheiros de equipa que Roberto apresente argumentos para conduzir a equipa até à desejada final de Dublin... que agora está a somente 180 minutos de distância.

Júlio César primeiro, em duas ocasiões (contra o Beira-Mar para a Liga e FC Porto na Taça de Portugal) e Moreira depois (contra o Paços de Ferreira, na discussão da Taça da Liga, jogo do qual resultou o a revalidação deste título), ambos com exibições que mereceram elogios por parte da crítica, foram as apostas de Jesus para os últimos compromissos. 

No total três jogos consecutivos no banco ou na bancada, naquele que foi o segundo ciclo da temporada em que igualmente ficou longe dos postes em três ocasiões consecutivas: na visita a Vila do Conde, para a Taça de Portugal (Júlio César), a 26 de Janeiro, depois na deslocação à Vila das Aves, para a Taça da Liga (Moreira) e depois na vitória no Estádio do Dragão para a Taça de Portugal (Júlio César), a 2 de Fevereiro, então com o treinador a promover a rotatividade dos guarda-redes nas diferentes competições nacionais. 

Nas competições europeias, Roberto foi sempre dono e senhor da baliza encarnada. Fez 12 jogos (seis em cada uma das competições) contabilizando seis vitórias (quatro na Liga Europa, duas na Champions), quatro derrotas (todas na Champions) e dois empates (ambos na Liga Europa). No total, 18 golos sofridos no somatório de ambas as provas.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 11:12

Abril 25 2011

Roberto, habitual titular da baliza do Benfica, deixou elogios a Moreira após a conquista da Taça da Liga. Em declarações à SIC, o guarda-redes espanhol destacou a importância do português na vitória sobre o Paços de Ferreira (2-1), dado que o colega defendeu uma grande penalidade:
«Durante todo o jogo ajudou muito os colegas. Foi importante para este título.»
«Na quinta-feira temos um jogo importante. Agora vamos ter mais confiança. A confiança vai até onde? Até ao fim. Temos de continuar com a força que mostrámos neste jogo. Ainda temos coisas muito importantes pela frente.»
[conta voltar à titularidade no próximo jogo] «Não sei. Todos trabalhamos e fazemos o melhor possível.»

Fonte: MaisFutebol

publicado por Benfica 73 às 14:04

Abril 23 2011

Roberto não foi utilizado nos últimos dois jogos do Benfica - Beira-Mar (ficou na bancada) e FC Porto (sentou-se no banco) -, mas irá voltar à titularidade amanhã à noite, no Estádio Cidade de Coimbra, na final da Taça da Liga. Apesar do desempenho seguro do guarda-redes brasileiro, em especial na segunda mão da meia-final da Taça de Portugal, o espanhol continua a ser o número 1 de Jorge Jesus e, por isso, será dele a baliza nas decisões que se avizinham: a de amanhã, onde estará em causa o primeiro troféu da temporada para as águias, e as meias-finais da Liga Europa, frente ao Braga, com a primeira mão a disputar-se já para a semana.

Até agora, Roberto só por 24 minutos deixou de ser indiscutível para o técnico do Benfica, logo à terceira jornada da Liga. Cansado dos falhanços do ex-Saragoça, que teve um início de época carregado de erros grosseiros e comprometedores, Jorge Jesus decidiu sentá-lo no banco no jogo com o Setúbal, entregando a titularidade a Júlio César. Quis o destino, todavia, que o guarda-redes brasileiro fizesse um penálti e fosse expulso logo aos 24'. Roberto entrou e defendeu o castigo máximo, renascendo para Jesus. Desde aí, e apesar de ter voltado a pecar (recentemente falhou no clássico que garantiu o título ao FC Porto e também na primeira mão dos quartos-de-final da Liga Europa, com o PSV), o "portero" espanhol nunca mais foi posto em causa. Tem merecido mesmo repetidos votos de confiança e defesas públicas por parte do técnico das águias, que conta com ele para os encontros que decidem a época.

Já foi ele no dérbi da meia-final

Jesus escolheu Roberto para titular no campeonato e também nas provas europeias, entregando a Taça de Portugal a Júlio César e a Taça da Liga a Moreira. Nesta competição, porém, o técnico encarnado mudou de guarda-redes quando o Benfica entrou na fase decisiva. Assim, já foi o espanhol o eleito para defrontar o Sporting na meia-final, na Luz (vitória por 2-1) - falhou no golo leonino, mas revelou-se salvador nos últimos minutos...

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 18:04

Abril 23 2011

Júlio César ou Roberto? É a grande dúvida no onze encarnado para a final da Taça da Liga. O brasileiro foi o titular nos dois últimos encontros oficiais –frente a Beira-Mar e FC Porto – e, apesar dos golos sofridos, realizou boas exibições. Na retina dos adeptos ficou a defesa (quase) impossível ao remate de Falcão, perto do final da primeira parte do encontro de quarta-feira, das meias-finais da Taça de Portugal.

E, neste momento, o guardião que já atuou no Belenenses, de 24 anos, parece ter uma ligeira vantagem sobre o seu colega de posição, até pelo crédito que conquistou recentemente junto dos adeptos encarnados. Mas também é plausível que o técnico devolva a titularidade a Roberto, que, neste último terço da temporada, apenas tem jogado nas partidas da Liga Europa. Inicialmente, o ex-Saragoça, de 24 anos, defendia as redes nas provas europeias e no campeonato, mas, a partir do momento que o título nacional ficou decidido, JJ entregou a baliza a Júlio César.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:10

Abril 17 2011

O facto de o título estar já entregue ao FC Porto não vai desviar o Benfica do objectivo de lutar pela vitória em todos os jogos até final do campeonato. Esta a mensagem de Cardozo e Roberto, no lançamento da recepção ao Beira-Mar. 

«Temos de ganhar perante os nossos adeptos e temos a responsabilidade de conquistar os três pontos», afirmou o avançado paraguaio à Benfica TV, destacando que o triunfo frente aos aveirenses seria um tónico importante para o jogo com o FC Porto, quarta-feira, relativo à segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal.

«Só queremos isso para poder estar também bem para o encontro com o FC Porto, que é importante para nós», acentuou.

Já Roberto desejou que a equipa possa terminar a Liga «da melhor forma possível» e consiga «fazer as coisas bem». «Sobretudo no nosso estádio, para que os nossos adeptos fiquem o mais felizes possível», referiu.

Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 00:18

Abril 16 2011

Roberto destacou o espírito de sacrifício que os jogadores do Benfica necessitaram de ter para eliminarem o PSV, e apurarem-se para as meias-finais da Liga Europa.

“Foi um jogo onde tivemos de sofrer, mas desfrutámos de um bom ambiente com os adeptos e agora vamos preparar-nos para as meias-finais”, afirmou o espanhol à Benfica TV.

“Para nós é muito importante ter os adeptos o mais perto possível de nós. Eles sabem que precisamos deles para poder disputar os jogos e conseguirmos as vitórias”, concluiu.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 17:34

Abril 08 2011

Jorge Jesus não foi o único a sair em defesa de Roberto. Todos os jogadores do Benfica que foram convidados a comentar o momento do guarda-redes saíram em sua defesa. Aliás, a equipa fez questão de lembrar que a presença nos quartos-de-final da Liga Europa se deve à exibição do espanhol, de 25 anos, em Paris.

Começando por sublinhar este ponto, Javi García lembra: “Se não tivesse feito aquele desafio frente ao PSG talvez o Benfica já não estivesse nesta fase da competição. Lá foi ele que nos salvou. Posso dizer que continuamos a ter total confiança nele pois, já mostrou que é uma pessoa muito forte, capaz de resistir a todo o tipo de comentários”. Reconhecendo que o compatriota “teve um lance infeliz”, o trinco ressalvou que “todos falham”.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:24

Abril 05 2011

Roberto ficou mal na fotografia no clássico Record contactou dois antigos guarda-redes, António Fidalgo (ex-Benfica e Sporting) e Rui Correia (ex-Sporting e FC Porto) e colocou-lhes quatro questões. Fidalgo foi incisivo e Correia compreensivo.

A primeira pergunta (existiu um erro técnico no golo?) suscitou logo uma pequena diferença. “Não cometeu um, mas dois erros técnicos grosseiros”, disse Fidalgo, explicando: “O primeiro relacionou-se com a posição corporal. Devia estar mais de lado para a bola bater no corpo e não ressaltar. Mas, acima de tudo, aquela bola tinha forçosamente de ser agarrada.” Por seu turno, Correia frisou: “Estava muito bem posicionado, pois deu um passo à direita para tapar o ângulo. O único defeito foi a forma como colocou as mãos sobre a bola, embora esta pudesse levar alguma trajetória esquisita.”

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 20:38

Abril 05 2011

A planificação da próxima época contempla a aquisição de mais um guarda-redes que possa roubar a titularidade a Roberto. As prestações do espanhol ao longo da época não convenceram a SAD e os dirigentes já procuram uma alternativa. 

Alguns alvos já estão definidos e, apesar de nada estar oficializado, é praticamente seguro que será uma solução bem mais barata relativamente ao que se verificou com o guardião de 25 anos: Roberto custou, no Verão, 8,5 milhões de euros ao Atlético Madrid.

Os candidatos são preferencialmente estrangeiros, a actuar fora de Portugal, ainda que na Liga portuguesa haja um ou outro nome que seja do agrado dos encarnados, a começar por Jorge Jesus...

O tema será sempre tratado com pinças, uma vez que Roberto foi o guarda-redes mais caro da história do clube (e o terceiro jogador mais caro em absoluto, depois de Simão Sabrosa e Óscar Cardozo) e tentar encontrar um substituto já para a próxima temporada representará um sinal de que a aposta foi falhada, apesar de muito cara. 

No entanto, e apesar de Jorge Jesus ter defendido o guarda-redes, anteontem, aos jornalistas, no final do clássico com o FC Porto, o frango de Roberto a cruzamento de Guarín que permitiu aos dragões abrir o marcador terá reduzido, e muito, a margem de manobra do guardião para o futuro: porque foi o sétimo erro flagrante durante a época, num somatório de falhas que nem as intervenções de excelência, inclusive no próprio clássico, ajudam a apagar da memória. 

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 08:39

Março 20 2011

A vida de Roberto no Benfica tem tido altos e baixos, mas ninguém pode apontar o dedo ao guardião por falta de empenho ou algo que se pareça. Do pouco que se vai observando durante os treinos (muitos deles são fechados), é um exemplo, aplicando-se sempre até à exaustão. Mas não é apenas no terreno que o "keeper" encarnado leva a sério a sua profissão. Roberto também dá cartas fora dele, tentando sempre melhorar o seu rendimento. E o guarda-redes entendeu que, para isso, teria de dominar na plenitude o português, pois só dessa forma iria conseguia um melhor entendimento com Luisão, Sidnei, Fábio Coentrão e companhia. Roberto está mais ou menos há oito meses em Portugal e já vai dizendo algumas palavras na língua de Camões, muitas mais do que colegas seus que estão há mais tempo no País. Nota-se que há um esforço para falar em vez de hablar". Tudo em nome do entendimento com os parceiros do sector mais recuado, como revela o seu empresário, Juamna López. "Roberto domina vários idiomas e desde o início que estuda português com muita vontade. Quando falo desde o início, é desde que soube que viria para o Benfica. Estabeleceu como objectivo falar bem português para se fazer entender na perfeição. Não nos podemos esquecer de que a comunicação entre os guarda-redes e os defesas é essencial para o bom desempenho do sector. Sem comunicação, podem surgir erros", sublinhou, deixando ao mesmo tempo um elogio aos portugueses: "Em Portugal, falam muito mais idiomas que em Espanha. Por isso parece-me que o esforço é de louvar. A vontade dele de aprender português começou bem cedo: mal soube que vinha para o Benfica, começou a preparar-se. Passou as férias com livros nas mãos."

Fonte: O Jogo

publicado por Benfica 73 às 20:43

Março 18 2011

Roberto acredita que o Benfica pode fazer dois bons jogos e passar às meias-finais, seja qual for o adversário seguinte. Guardião assume candidatura da águia à vitória nesta Liga Europa.

O guarda-redes espanhol do Benfica, Roberto, não teme que o sorteio da Liga Europa junte os encarnados e o FC Porto nos quartos-de-final desta competição europeia.

«Para nós é igual. Nesta fase da competição, todas as equipas são muito fortes. Acredito em nós e acredito que podemos fazer dois bons jogos com qualquer equipa e passar às meias-finais da Liga Europa», explicou, antes de assumir a candidatura à vitória na competição: «Sim, claro, estamos fortes na prova. E para nós é muito importante chegar o mais longe possível... e ganhar o título.»

Quanto à possibilidade de defrontar outra equipa portuguesa (FC Porto ou SC Braga) nos quartos, o jogador mantém a indiferença.

«Hoje em dia, as pessoas que trabalham no nosso corpo técnico fazem bem as coisas, preocupam-se em conhecer muito bem os nossos adversários. Por isso, joguemos com quem joguemos, os jogadores terão toda a informação possível em relação aos adversários, sejam eles portugueses ou de outro país», fundamentou o espanhol.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 17:55

Março 18 2011

Foi um dos responsáveis pela qualificação dos encarnados, mas Roberto recusa chamar a si os louros, apesar da boa exibição registada ontem no Parque dos Príncipes. “O importante é que conseguimos seguir em frente e isso é trabalho da equipa. Merecemos passar”, considerou o espanhol, que sonha, agora, com voos mais altos: “Estamos fortes, queremos ir o mais longe e talvez possamos chegar ao título.”

Apesar de desvalorizar a sua prestação individual – “tentei fazer o meu trabalho o melhor possível”, disse apenas –, o dono da baliza benfiquista não mostra nenhuma preferência por qualquer adversário que possa sair aos encarnados. “É igual. Nesta altura, todas as equipas são fortes, mas acredito na nossa equipa. Podemos fazer bons jogos contra qualquer um”, analisou.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:53

BENFICA 73
Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...