Julho 11 2011

O Benfica empatou 1-1 frente ao Servette, no segundo encontro de preparação. 
Um dia depois da goleada inflingida à selecção de Friburgo (9-1), o Benfica não foi além de um empate(1-1) frente ao Servette.
Na melhor jogada do encontro, logo aos 11 minutos, Nico Gaitán, após assistência de Cardozo, colocou o Benfica em vantagem.
Ainda na primeira parte a equipa de João Alves chegou ao empate, fruto de um lance de desentendimento entre Jardel e Artur Moraes. Vitkieviez aproveitou a oferta e reestabeleceu o empate no jogo.
Na segunda parte, marcada por várias substituições, de salientar um golo mal anulado a Yartey, jogador emprestado pelas águias ao Servette, e uma perdida clamorosa por parte de Javier Saviola, após assistência do reforço Enzo Pérez.
Já sem Aimar e Bruno César, a equipa de Jorge Jesus continuou com as mesmas dificuldades, já demonstradas na primeira parte, em articular jogadas de ataque.
O próximo jogo da equipa de Jorge Jesus está marcado para a próxima terça-feira, frente ao Dijon.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 01:14

Julho 09 2011

O Benfica goleou a selecção de Friburgo por 9-1, primeiro teste integrado no estágio que a equipa encarnada está a realizar em Nyon, na Suíça. Em tarde de estreias, destaque para Cardozo que marcou quatro golos.

O paraguaio foi mesmo a “estrela” no Estádio Saint-Léonard, apontando quatro golos mas desperdiçando outras tantas oportunidades para marcar. Bruno César mostrou bons pormenores, quer no entendimento com os novos colegas, como em iniciativas individuais. Numa das suas arrancadas para área, o brasileiro acabou por ser travado e ganhar o penalty que Saviola converteu. Gaitán, igualmente em bom plano, fechou a contagem na primeira parte.

Nos primeiros 45 minutos, o Benfica alinhou com a seguinte equipa: Artur; André Almeida, Miguel Vítor (capitão), Roderick e Fábio Faria; Javi García, Bruno César, Aimar e Gaitán; Saviola e Cardozo.

Jorge Jesus mudou praticamente toda a equipa para a segunda parte, que ainda assim rendeu mais três golos. Nolito e Rodrigo estrearam-se a marcar, Miguel Vítor também fez o gosto ao pé. A selecção de Friburgo, composta por jogador da 2.ª Divisão da Suíça, acabou por marcar o golo aproveitando um erro de Júlio César que falhou um atraso de Matic e permitiu ao adversário concretizar.

O Benfica acabou o jogo com o seguinte “onze”: Júlio César, David Simão, Roderick, Wass, Matic, Enzo Pérez, Nolito, Nuno Coelho, Rodrigo, Jara e Urreta.
Amanhã, domingo, está previsto novo jogo com o Servette, de João Alves. Na terça-feira o Benfica defronta o Dijon no último teste do estágio.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 22:10

Julho 26 2010

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, convocou 25 jogadores do plantel para o estágio dos “encarnados” no Algarve.

Em relação à lista divulgada, há a destacar a chamada de César Peixoto, apesar de o esquerdino ter falhado o treino desta segunda-feira devido a uma mialgia de esforço na coxa esquerda.

O central Roderick, que voltou ao trabalho com os companheiros depois de ter estado a representar a Selecção Nacional no Europeu de Sub-19, também está entre os eleitos do técnico.

O nome de Javier Balboa também consta na convocatória, embora se saiba que o extremo não entra nas contas de Jesus para a época que se avizinha.

Em terras algarvias, as “águias” vão disputar duas provas. A Summer Cup, com o Sunderland, já esta terça-feira, e o Torneio do Guadiana, onde terão como adversários o Feyenoord e o Aston Villa, respectivamente, a 30 de Julho e 1 de Agosto.

Lista de convocados:
Guarda-redes: Moreira, Roberto, Júlio César e Oblak;

Defesas: Fábio Faria, Roderick, Luís Filipe, David Luiz, César Peixoto, Sidnei e Fábio Coentrão;

Médios: Airton, Ruben Amorim, Javi Garcia, Aimar, Felipe Menezes, Carlos Martins, Gaitán e Balboa;

Avançados: Cardozo, Jara, Weldon, Nuno Gomes, Saviola e Kardec.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 21:22

Julho 19 2010

«Tem melhorado de jogo para jogo. Este foi o adversário mais forte que encontrámos e tivemos de ser mais fortes. Fomos muito criativos e organizados, fizemos dois golos de início e poderíamos ter feito mais. Depois, gerimos bem a vantagem. De qualquer forma, o importante foi dar tempo a alguns jogadores. Estamos a crescer, o que é normal. Já o ano passado foi assim».

«É muito complicada para os guarda-redes. A bola não sai direccionada do pé, pois ganha efeitos caprichosos. Mas hoje a vítima disso foi o guarda-redes adversário.»

«Não tem estado muito em jogo e tem sofrido golos pelos quais não tem de ficar aborrecido. Hoje, tal como no jogo anterior, fez o que estava ao seu alcance.»

publicado por Benfica 73 às 00:41

Julho 19 2010

«Fiz alguns golos na Argentina, mas este, sem dúvida, que foi dos mais lindos», afirmou o avançado, reforço dos «encarnados» proveniente do Arsenal de Sarandi.

«É diferente, há outro ritmo, mas estou a tentar adaptar-me o mais rápido possível.»

«É um excelente técnico. Sou jovem e é muito bom ter um técnico como ele para poder crescer.»

publicado por Benfica 73 às 00:38

Julho 19 2010

Com o ataque a brilhar e o guarda-redes Roberto a manter (muitas) dúvidas, o Benfica derrotou o V. Guimarães por 5-3 e repetiu a conquista do troféu Cidade de Guimarães.

Recorde aqui as principais incidências da partida.

É a terceira edição consecutiva do troféu que o Benfica leva para Lisboa. Depois de ter empatado a três diante dos holandeses do Groningen, agora nova chuva de golos frente à equipa local. E desde cedo que se começou a desenhar o triunfo «encarnado», com Kardec a assumir grande destaque, inaugurando o marcador aos seis minutos e oferecendo o segundo pouco depois a Saviola.

O V. Guimarães, que na estreia do torneio tinha batido o Groningen por 4-2, só reagiu à passagem da vintena de minutos, alcançando a redução no marcador através do «central» Valdomiro, que apareceu a cabecear bola perdida na grande área do Benfica, com o guarda-redes Roberto a ficar mal na fotografia. O espanhol, aliás, continua a gerar dúvidas, muito pelo alto valor pago pela sua transferência (8,5 milhões de euros), uma vez que também não ficou muito bem no lance do segundo golo vitoriano.

Por essa altura, já o Benfica tinha marcado por mais duas vezes, novamente por Kardec e por Jara, este num excelente remate de fora da área. Houve ainda outro golo de grande recorte, por Carlos Martins, na marcação de livre na esquerda, fechando-se o marcador com nova redução para o Vitória, com «bis» também para Valdomiro (5-3).

Com arbitragem de Pedro Maia, as equipas alinharam:

V. Guimarães - Sérginho; Alex, Ricardo, Valdomiro e Anderson Santana; Flávio Meireles; Faouzi, Edson Sitta e Bebé; Edgar Silva e Maranhão. Jogaram ainda: João Alves, Pereirinha, Bruno Teles, Custódio, Douglas, João Ribeiro, Rui Miguel

Benfica – Roberto; Ruben Amorim, David Luiz, Sidnei e César Peixoto; Airton; Carlos Martins, Aimar e Gaitán; Saviola e Kardec. Jogaram ainda: Luís Filipe, Javi Garcia, Felipe Menezes, Jara, Weldon

Disciplina: cartão amarelo a César Peixoto (57 m), Gaitán (60 m)

Marcador: 0-1 por Kardec (6 m); 0-2 por Saviola (9 m); 1-2 por Valdomiro (34 m); 1-3 por Kardec (48 m); 1-4 por Jara (54 m); 2-4 por Douglas (60 m); 2-5 por Carlos Martins (69 m); 3-5 por Valdomiro (90 m).

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 00:34

Julho 18 2010

O defesa-central Fábio Faria, ex-Rio Ave, contraiu uma lesão frente ao Groningen, no Torneio Cidade Guimarães, que o pode afastar dos relvados até três semanas.

O técnico do Benfica, Jorge Jesus, lamentou a lesão de Fábio Faria e revelou que o jovem jogador deverá parar entre duas a três semanas.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:29

Julho 18 2010

O «capitão» do Benfica, Nuno Gomes, entrou e marcou, mas mesmo assim os «encarnados» cederam um empate ao Groningen (3-3). O avançado mostrou-se inconformado com o resultado e garantiu que o objectivo mínimo para a próxima época é revalidar o título.

«Não sei se será um resultado justo. Pela quantidade de oportunidades que o Benfica criou e não conseguiu concretizar. O Groningen teve poucas e marcou quase todas...», referiu Nuno Gomes, em declarações à Sporttv, após a partida com a formação holandesa, referente ao Torneio Cidade Guimarães.

O avançado benfiquista sublinhou que embora os «encarnados» quisessem os três pontos, o resultado não abala a equipa, porque «não deixa de ser um jogo-treino».

Passam os anos e Nuno Gomes fica cada vez mais longe da equipa principal, mas o papel de «capitão» não deixa de ser importante e o avançado vincou que é «mais um para ajudar o clube a ganhar jogos, conquistar troféus e títulos».

«O nosso objectivo é fazer, pelo menos, o mesmo que o ano passado e estamos focados nesse objectivo», rematou.

FC Porto e Sporting têm estado a reforçar-se neste defeso e Nuno Gomes reconheceu que «os adversários estão mais fortes», mas salientou que a preocupação do Benfica passa por iniciar «a competição a sério a cem por cento».

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 12:27

Julho 18 2010

"Nós para este jogo tínhamos de estar melhor do que frente ao Aris. A ideia passava por colocar em campo todos os jogadores e essa situação acabou por desequilibrar em termos defensivos. Mas também é verdade que ainda estamos na pré-época".

"O mais negativo neste jogo foi a lesão de Fábio Faria. Agora, passamos a ter apenas dois centrais disponíveis".

Jorge Jesus abordou a questão dos reforços: "Andamos a pesquisar o mercado, mas também estão quase a chegar os cinco jogadores que estiveram no Mundial".

 

“O Roberto levou com 3 golos sem ter de fazer uma única defesa, mas não estou minimamente preocupado com os golos sofridos”.

 

“Cerca de 70 por cento da defesa que eu imagino como a principal não está cá. Aliás, em termos gerais, faltam chegar 5 jogadores que vão, de certeza, melhorar muito a equipa.”

 

“Com dois jogos tão próximos tivemos de improvisar, o que tem custos. Mas o importante nesta fase é fazer experiências e, no global, tirei boas ilações”.

publicado por Benfica 73 às 09:43

Julho 18 2010

O Benfica empatou a três golos, este sábado, frente ao Groningen, em jogo do Torneio Cidade Guimarães.

Recorde as incidências da partida.

Os holandeses inauguraram o marcador logo aos quatro minutos. Tadic cruzou e Pedersen, de cabeça, não deu hipóteses a Roberto. A resposta do Benfica surgiu dois minutos depois, após vários ressaltos na área contrária, o avançado brasileiro Kardec rematou com êxito.

Na etapa complementar, o técnico Jorge Jesus procedeu a várias alterações e aos 58 minutos o Benfica passou para a frente. Carlos Martins apontou um excelente golo, após ter aplicado um remate em rotação à entrada da área.

Só que aos 75 minutos, o Groningen empatou o desafio. Metaj, de fora da área, bateu o guardião espanhol. No entanto, Nuno Gomes, que tinha acabado de entrar, correspondeu correctamente ao cruzamento de Saviola e de cabeça voltou a colocar o campeão nacional, isto quando estavam cumpridos 78 minutos.

Em cima do apito final, o Groningen chegou ao empate e estabeleceu o resultado final. A defesa do Benfica falhou ao permitir o cruzamento e Stenman não desperdiçou.

Depois, na marcação das grandes penalidades, necessárias para evitar o empate no final do torneio, o Groningen venceu o Benfica por 4-3. Com Felipe Menezes e David Luiz a falharem os respectivos lances.

Ficha de jogo:

Estádio D. Afonso Henriques:

Equipas:

BENFICA - Roberto; Luís Filipe (Nuno Gomes, 76m), Sidnei, Fábio Faria e César Peixoto (David Luiz, 46m); Airton (Javi Garcia, 46m), Ruben Amorim (Felipe Menezes, 46m), Gaitan (Balboa, 46m) e Carlos Martins (Aimar, 60); Jara (Saviola, 60m) e Kardec (Weldon, 46m).

GRONINGEN – Nienhuis; Hiariej, Ivens, Granqvist, Stenman, Kieftenbeld (Kunst, 46m), Van de Laak, Metaj, Pedersen (Menting, 63m); Gonzalo Garcia e Dusan Tadic.

Ao intervalo: 1-1

Marcadores: 0-1, Pedersen (4m); 1-1, Kardec (6m); 2-1, Carlos Martins (58m); 2-2, Metaj (75m); 3-2, Nuno Gomes (78m); 3-3, Stenman (90m).

Fim da partida: 3-3

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 09:21

Julho 13 2010

publicado por Benfica 73 às 22:18

Julho 13 2010

O Benfica despediu-se da Suíça com vitória folgada (4-1) frente ao Aris Salónica. Águias saíram para o intervalo empatadas a um golo, voando para o triunfo com exibição convincente na etapa complementar.

Recorde aqui as incidências da partida

Terceiro jogo no estágio de pré-temporada, segunda vitória para o Benfica. Depois do triunfo (3-0) frente ao FC Monthey e da derrota (1-2) com o Sion, os encarnados impuseram-se à equipa grega do Aris mercê da prestação convincente na segunda parte.

Os primeiros 45 minutos não deixaram saudades. A defesa mostrou-se intranquila e Javi García foi uma unidade em sub-rendimento no meio-campo. Pablo Aimar e Saviola destacaram-se – Gaitán também o fez, a espaços -, emprestando alguma magia ao futebol encarnado.

E seria El Mago a inaugurar o marcador em Nyon – com alguma felicidade, é certo –, na transformação de um livre directo. A bola desviou na barreira e deixou Sifakis fora do lance. A igualdade surgiria poucos minutos depois, com um golo de Cesarec apontado em posição irregular.

O golo do empate animou a equipa helénica e Roberto foi chamado a intervir em duas ocasiões para evitar nova viagem ao fundo das redes. Primeiro, travando junto ao relvado remate “venenoso” de Calvo; depois, com saída rápida dos postes para frustrar a tentativa de “chapéu” de Nafti – entrou na área como faca quente em manteiga.

Na etapa complementar, tudo foi diferente. Para melhor para o Benfica – mais pressionante e dinâmico –, e para pior para o Aris – não teve argumentos para contrariar a subida de produção do adversário. Jorge Jesus lançou Airton no recomeço e o brasileiro exibiu-se bem melhor que Javi Garcia.

Saviola recolocou as águias na frente à passagem do minuto 52, concluindo lance de entendimento com Kardec. O brasileiro esteve em bom plano, mostrou que poderá ser opção no ataque e coroou a sua boa exibição com o terceiro golo das águias, na marcação de um livre directo tirado a papel químico do que valera o tento a Aimar.

A fechar, tempo para Franco Jara – entrara para o lugar de Saviola – fazer o gosto ao pé e fixar o marcador em 4-1.

Benfica: Roberto; Luís Filipe, Sidnei, David Luiz e César Peixoto; Javi Garcia (Airton, 46); Carlos Martins (Felipe Menezes, 61), Aimar (Fábio Faria, 75) e Gaitán; Saviola (Jara, 66) e Kardec (Weldon, 75)

Aris: Sifatikis; Darcy Neto (Vangeli, 62), Ronaldo (Oriol, 69), Lazaridis (Kouloucheris, 77) e Michel; Mehdi Nafti, Mendrinos (Georgios, 67), Koke e Calvo; Javito e Cesarec (Humberto Ruiz, 69).

Marcadores: 1-0, Aimar (17); 1-1, Cesarec (25); 2-1, Saviola (52); 3-1, Kardec (65); 4-1, Jara (84)

Resultado final: 4-1

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 21:59

Julho 11 2010

publicado por Benfica 73 às 20:33

Julho 11 2010

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, diz que os “encarnados” perderam «injustamente» com o Sion.

«Fizemos um jogo melhor que ontem, contra equipa mais forte. Perdemos injustamente porque o Sion marcou nos únicos lances em que foi à nossa baliza. Nesta altura não há capacidade para acelerar o jogo. É importante, mesmo sem estar bem, não perder. Queremos sempre ganhar», disse o técnico encarnado, defendendo o guarda-redes Roberto das falhas que deram origem aos dois golos do Sion.

«Ainda está a conhecer os companheiros. Não está adaptado à nossa forma de jogar mas estes treinos servem para trabalharmos em cima do erro e sermos cada vez melhores», afirmou, assegurando que Roberto parte em igualdade com os restantes guarda-redes na luta pela titularidade: «Todos os jogadores são uma grande aposta.»

Jorge Jesus disse ainda que o Benfica ficará mais forte com a chegada dos internacionais que estiveram ao serviço das respectivas selecções no Campeonato do Mundo da África do Sul: «Faltam os jogadores que estiveram no Mundial. São primeiras opções e com esses jogadores somos muito mais fortes.»

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 20:29

Julho 11 2010

Um dia depois de ter vencido o Monthey por 3-0, o Benfica perdeu (2-1) com o Sion no segundo jogo-treino integrado no estágio que os “encarnados” estão a realizar na Suíça. O guarda-redes Roberto esteve em destaque pela negativa ao facilitar nos dois golos que deram a vitória à formação helvética.

Recorde aqui os principais lances do encontro.

Foi logo aos quatro minutos do encontro que o guardião espanhol contratado pelo Benfica ao Atlético de Madrid viu a bola lançada pelo guarda-redes adversário bater à sua frente e deixá-lo fora do lance. Nas costas apareceu Mpenza que ganhou a David Luiz e encostou para o golo.

O Benfica cresceu e foi sempre superior ao Sion, porém, bateu-se com um guarda-redes inspirado, o letão Vanins, que em diversas ocasiões negou o golo aos “encarnados”. Foi assim a remates de Kardec, aos 31 e 34 minutos, e de Carlos Martins, aos 43 minutos.

Gaitán e Jara entraram na segunda parte e deram maior profundidade ao ataque do Benfica. Do primeiro viram-se várias jogadas que desequilibraram a defesa adversária, do segundo saiu o cruzamento que deu origem ao golo do empate. Após um grande passe de David Luiz, Jara recebeu na esquerda e cruzou para Saviola que atirou para mais uma defesa difícil de Vanins. Na recarga, Aimar encostou para o fundo das redes.

Aos 81 minutos, Vanins voltou a negar o golo ao Benfica defendendo remate “à queima” de David Luiz. No contra-ataque, o Sion chegou ao golo com Roberto a sair mais uma vez mal aos pés de Prijovic, que só teve de desviar para a baliza. Até ao apito final, mais uma excelente oportunidade para o Benfica, mas Vanins voltou a mostrar-se inspirado defendo remate de Weldon.

No Estádio Tourbillon, em Sion, jogaram pelo Benfica: Roberto; Airton (Luís Filipe, 58m), Sidnei, David Luiz e Fábio Faria (Gaitán, 46m); Javi Garcia, Carlos Martins (Felipe Menezes, 58m), Pablo Aimar (Weldon, 71m) e César Peixoto; Saviola (Nuno Gomes, 75m) e Kardec (Jara, 46m).

Golos: 1-0, por Mpenza (4m); 1-1, por Aimar (64m); 2-1, por Prijovic (81m).

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 20:25

Julho 11 2010

Jorge Jesus estava satisfeito pela vitória sobre o Monthey. Mas apenas isso. Para ele tratou-se simplesmente do primeiro teste da época, e foi perante um adversário mais acessível o que lhe permitiu desde já traçar o diagnóstico dos primeiros dias, intensos, de trabalho.

«Não é fácil a adaptação à forma exigente que o Benfica tem de trabalhar. Em termos tácticos e técnicos os jogadores demoram algum tempo a adaptar-se. O Jara e o Gaitán são jogadores que ainda estão num processo evolutivo, têm muito ainda para evoluir...» destacou Jorge Jesus numa primeira análise à forma como os argentinos se apresentaram na estreia com o emblema encarnado.

Os dias de trabalho na Suíça têm sido bastante intensos, com treinos tridiários, daí que Jorge Jesus garanta, também, que a resposta dada ontem pela equipa foi, afinal, aquela que já esperava: «Este jogo vem dentro de uma filosofia de treino que temos vindo a fazer, com a equipa extremamente fatigada devido às cargas de treino que tem tido. Temos feito três treinos por dia, mas mesmo assim houve jogadores que tecnicamente já estiveram num plano razoável. Esta equipa foi a ideal para começarmos os nossos jogos particulares», destacou.

Jorge Jesus ouviu com atenção as declarações de Luís Filipe Vieira, que na véspera garantiu a continuidade de David Luiz, pelo menos por mais uma época. «Essas são questões que não passam por mim, se ele garantiu que o David fica isso é uma boa notícia. Se o Benfica tiver de vender mais jogadores estou preparado», garantiu.

Preparado está também para receber de braços abertos mais reforços para o plantel, embora esse seja tema que prefere não aprofundar. «Mais reforços? Seguramente sim, não tenho dúvidas disso... Rodrigo e Alípio? Não falo em nomes nem em posições», cortou o treinador dando por encerrado o diálogo com os jornalistas.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 08:34

Julho 10 2010

«Queríamos fazer o nosso melhor e o resultado coroou a nossa exibição. Vou trabalhar muito para ser utilizado. Depende de mim jogar mais vezes e vou fazer tudo para que seja assim».

publicado por Benfica 73 às 20:52

Julho 10 2010

publicado por Benfica 73 às 20:02

Julho 10 2010

«O importante foi o trabalho desenvolvido, a nossa boa partida e a vitória», comentando o triunfo no jogo com o FC Monthey.

«Trabalhar bastante para estar à disposição do treinador e jogar sempre que tiver oportunidade, para ajudar a equipa a alcançar os objectivos».
Objectivos, esses, que passam por «lutar pelo título». «O Benfica é sempre forte, esta época não vai ser diferente».

publicado por Benfica 73 às 19:54

Julho 10 2010

«Foi um jogo duro. Tratava-se de um amigável, não era necessário... O objectivo destes jogos é ganhar ritmo e não jogar tão forte», disse o argentino.

Herdeiro do “20” de Di María e Simão, Gaitán não vê nesse particular um acréscimo de responsabilidade.

«Porquê? Tenho que dar o máximo pelo clube, independentemente do número da camisola. O 20 estava disponível e ficou para mim».

publicado por Benfica 73 às 19:47

Julho 10 2010

O Benfica entrou com o pé direito na época 2010/2011. Golos de Felipe Menezes, na marcação de uma grande penalidade, Weldon e Saviola valeram triunfo por 3-0 frente aos amadores do FC Monthey, no primeiro ensaio dos encarnados na pré-temporada.

Recorde aqui as incidências da partida.

Foi um jogo típico de início de época e do qual não se podem tirar grandes ilações. O Benfica, como se esperava, foi superior à modesta formação helvética. Jorge Jesus apostou num “onze” improvável - Airton, Balboa, Felipe Menezes e Weldon foram titulares -, com os reforços Roberto, Fábio Faria, Jara e Gaitán.

O guarda-redes espanhol, raramente chamado a intervir, foi um mero espectador, enquanto o central realizou exibição tranquila na defesa e apetência para sair a jogar com a bola controlada – actuou no lado esquerdo na segunda parte e subiu várias vezes no terreno, sendo seu o cruzamento para o golo de Saviola.

Quanto à dupla argentina, tanto Gaitán como Jara se exibiram em bom plano, mas a exibição do número 11 terá deixado os benfiquistas com água na boca. Jara não engana: tem bom toque de bola e drible fácil, mas sentiu já a dureza do futebol europeu.

Felipe Menezes, quiçá empolgado com o primeiro golo da época – inaugurou o marcador na marcação de uma grande penalidade – foi outro dos elementos em destaque. O médio brasileiro procurou pautar o jogo no miolo e tentou, também, visar a baliza com remates de meia distância.

O Benfica aumentaria a vantagem antes do intervalo, com Weldon a “empurrar” para o fundo das redes na sequência de cruzamento/remate de Gaitán.

Jorge Jesus fez oito substituições na etapa complementar, lançando alguns dos habituais titulares. E seria um deles, Saviola, a fechar a contagem a quatro minutos do fim.

Para amanhã está agendado o segundo jogo desta pré-época, desta vez com o Sion, equipa que milita no principal campeonato suíço.

BENFICA: Roberto (Moreira, 72); Luís Filipe, Sidnei, Fábio Faria e César Peixoto (Rafael Costa, 73); Airton (Javi Garcia, 63); Balboa (Carlos Martins, 63), Felipe Menezes (Aimar, 63) e Gaitán (David Luiz, 69); Weldon (Saviola, 63) e Jara (Nuno Gomes, 63).

Marcadores: 0-1, Felipe Menezes (26 g.p.); 0-2, Weldon (42); 0-3, Saviola (86)

Disciplina: Cartão amarelo para Aimar (70)

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 19:43

Julho 06 2010

«O Roberto é mais extrovertido. O Nico [Gaitán] e o Jara são mais introvertidos, andam muito cansados. Mas são excelentes companheiros. Penso que o Benfica está a ter atenção a quem contrata, escolhendo bons jogadores e bons homens», disse o jogador, que apadrinhou uma aula de golfe para crianças na Quinta da Beloura, em Sintra.

Rúben vai agora ter uns dias de férias, uma vez que esteve com a Selecção portuguesa no Mundial-2010, falhando por isso o estágio de pré-época dos «encarnados» na Suíça. O optimismo para a nova época, de qualquer forma, reina: «Temos um ano de trabalho em cima, a equipa que foi campeã manteve-se praticamente toda, e penso que isso é um ponto a favor.»

publicado por Benfica 73 às 21:31

Julho 06 2010

Jorge Jesus vai levar 23 jogadores para o estágio de pré-temporada a realizar na Suíça, entre os dias 7 e 14 deste mês. Rúben Amorim e Mantorras não figuram entre os eleitos.

Em sentido inverso, os reforços Roberto, Oblak, Gaitán, Franco Jara e Fábio Faria integram as opções do técnico encarnado, que decidiu contemplar dois juniores na convocatória: João Pereira Rafael Costa.

A viagem para Genebra está marcada para as 7.55 horas de quarta-feira. A comitiva ficará instalada no Hotel La Reserve, em Genebra, e realizará os treinos no Centre Sportif de Colovray, em Nyon.

O estágio prevê a realização de três jogos de preparação, com FC Monthey (dia 10, em Monthey), Sion (11, em Sion) e Aris Salónica (13, em Nyon)

Para quarta-feira, dia 14, está marcado o regresso a Portugal, em concreto ao Porto, tendo em vista a participação no Torneio Cidade de Guimarães.

Aproveitando a presença por terras helvéticas, Luís Filipe Vieira inaugurará a Casa do Benfica em Zurique na próxima sexta-feira, dia 9.

Eis a lista de convocados para o estágio na Suíça:
Roberto, Moreira, Oblak, Júlio César, David Luiz, César Peixoto, Sidnei, Fábio Faria, Luís Filipe, Carlos Martins, Airton, Javi Garcia, Rafael Costa, Felipe Menezes, Balboa, Pablo Aimar, Gaitán, Franco Jara, Nuno Gomes, Saviola, Weldon, Alan Kardec e João Pereira.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 18:50

Julho 03 2010

PARTIDA PARA GENEBRA MARCADA PARA QUARTA-FEIRA

 

Programa (horas locais):

Quarta-feira, dia 7:
Partida para Genebra (manhã - hora a confirmar)

Jogos:

Sábado, dia 10:
Benfica-FC Monthey (18h) - Stade Philippe Pottier, em Monthey

Domingo, dia 11:
FC Sion-Benfica (18h) - Stade Tourbillon, em Sion

Terça-feira, dia 13:
SL Benfica-FC Aris (20h)* - Stade Colovray, em Nyon

*Hora a confirmar

publicado por Benfica 73 às 22:38

Julho 02 2010

publicado por Benfica 73 às 14:13

Julho 01 2010

O Benfica cumpriu na tarde desta quinta-feira o primeiro treino da pré-época com a presença de adeptos. Mais de um milhar como que preencheu a bancada do Caixa Futebol Campus, no Seixal, empregando ambiente de euforia em torno dos campeões nacionais.
À entrada do plantel comandado por Jorge Jesus voltaram a ouvir-se os cânticos dos festejos do título da época passada, levando todos ao centro do relvado a prestar a devida vénia.
Marcaram presença 24 jogadores, incluindo o júnior Rafael e o jovem guarda-redes esloveno Jan Obelak, contratado ao Olimpija Ljubljana. Caras novas também o guarda-redes Roberto, o defesa Fábio Faria e os argentinos Gaitan e Jara.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 22:13

Junho 13 2010

publicado por Benfica 73 às 15:46

Agosto 03 2009

Neste sábado o Benfica iniciou a sua participação no torneio defrontando o Portsmouth. O Glorioso fez alinhar a sua equipa tipo, possivelmente apenas a meu ver o defesa esquerdo irá ser o Shaffer e na posição médio direito vai ser o Ramires.

Quanto ao jogo o Benfica fez uma partida quase perfeita, ganhou 4-0, com dois golos de Cardoso (que golos), um de Weldon e o quarto por defesa inglês em antecipação aos avançados do Benfica. Ao adversário apenas foi permitido um remata á baliza de Quim.

A linha avançada tem já um grande entrosamento para esta altura, e senão aparecerem coisas estranhas (os bois pretos a roubarem) podemos ter esperança que vamos ter imensas alegrias. Até ver a equipa tem tudo o que qualquer adepto gosta de ver, personalidade, alegria, raça e humildade. Pratica um futebol como á muito não se via e que a nós faz sonhar. Lamentar apenas a lesão de Maxi Pereira, esperemos a sua volta o mais rápido possível.

Ontem o Benfica jogou com o Vitória de Guimarães e voltou a vencer agora por 2-0, golos de Weldon e Rúben Amorim. O Glorioso fez alinhar quase toda a segunda linha à excepção de Luisão e de David Luiz. Uma partida muito disputada que mais parecia para o V. Guimarães uma final da liga dos campeões, tal era a agressividade que impunha em cada jogada. Jorge Jesus chamou para a segunda parte toda a sua armada, trocando toda a frente de ataque.

Em síntese a este jogo podemos afirmar que a vitória nunca esteve em causa e que este ano iremos ter suplentes à altura.

Faço uma análise a este Torneio dizendo que o Benfica esteve em grande nível nos dois jogos, não sendo justo destacar algum jogador, mas sim toda a equipa.

Para finalizar, falar de Jorge Sousa que fez uma actuação ao seu melhor nível (tantos erros e sempre em prejuízo do Benfica), mas como acredito que não será o único, temos de continuar atentos e denunciar todas estas situações, seja na Benfica TV, jornal do Benfica, blogues, etc.

publicado por Benfica 73 às 17:28

Julho 22 2009

Ontem o Benfica apresentou-se aos adeptos, estádio com cerca de 58.000 pessoas para assistir ao jogo entre o Benfica e o Atlético de Madrid. Após serem apresentados todos os jogadores que irão fazer parte deste nosso Benfica 2009/10 ( falta apenas um avançado e possivelmente um guarda redes ) começou o encontro.

O Atlético entrou melhor no jogo e logo aos 10 minutos fez o primeiro golo por Raul Garcia após passe de Simão Sabrosa. O Benfica não sentiu o golo e aos 20 minutos empatou a partida com golo de Cardozo a passe de Saviola. O tempo ia passando, o Benfica controlava a partida e aos 45 minutos penalty para o Atlético por falta cometida por Miguel Vitor e Forlan a fazer o 1-2.

Segunda parte e durante os primeiros 20 minutos o Benfica foi totalmente superior, os jogadores do Atlético limitavam-se a despejar bolas para o campo contrário. Nos restantes minutos foram efectuadas várias substituições e assim tirando ritmo ao jogo ( Apenas as entradas de Mantorras e principalmente Fábio Coentrão que trouxeram outra vida ).

Já dá para ver um Benfica diferente ao da época anterior, está mais forte psicologicamente. Foi pena que a derrota tenha chegado no jogo de apresentação, toda aquela moldura humana não merecia, também acho que toda a gente que viu este jogo terá ficado satisfeito com a equipa.

Ultima nota vai para o árbitro, apenas uma pergunta - Se fosse no estádio dos ladrões teria coragem de marcar aquele penalty.

 

 

publicado por Benfica 73 às 18:20

Julho 19 2009

Neste Sábado à noite realizou-se a final do torneio do Guadiana onde o Benfica defrontou o Olhanense. Mais um jogo de preparação em que o Benfica entrou a jogo com algumas alterações em relação ao ultimo encontro.

Quanto ao jogo o Benfica tornou a entrar com um futebol algo lento, uma Olhanense dar boa réplica e  um árbitro sem classe , sem nível e sem vergonha.

Numa primeira parte sem grandes oportunidades coube ao Benfica a melhor de todas numa grande penalidade falhada por Cardoso. Na etapa complementar tudo diferente, bola a circular mais rápido e o adversário a marcar o golo de penálti após mão na bola de Roderick. No minuto seguinte é a vez de Cardoso redimir-se e marcar um belo golo à meia volta. Já em cima dos noventa minutos Miguel Vitor de cabeça aponta o segundo para o Glorioso.

Entradas de Fábio Coentrão e Carlos Martins vieram contribuir para uma boa segunda parte, estranha maneira de Cardoso marcar aquele penálti e Aimar e Saviola muito discretos.

Do árbitro acrescento que é inacreditável como resolve assinalar aquele penálti ( a bola é que vai à mão ) que resulta o golo da Olhanense e  não viu as entradas assassinas sobre Aimar.

Por fim dizer que foi um bom jogo de pré época, todos os Benfiquistas têm de ter noção que jogar contra equipas destas ( ajudadas pelos corruptos ) irá ser sempre difícil e se aparecer um boi preto igual este irá ser quase impossível.

publicado por Benfica 73 às 20:51

BENFICA 73
contador grátis
Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...