Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

2-1 da Luz dá apenas metade das garantias

23.02.11, Benfica 73

Benfica apurou-se apenas por quatro vezes nas oito em que levou igual vantagem da primeira mão. Procura-se primeiro triunfo alemão.
Não há qualquer dúvida que um triunfo por 2-1 em casa na primeira mão de uma eliminatória numa prova europeia é sempre um resultado perigoso e a história dos benfiquistas comprova-o: em contexto semelhante no passado, o clube teve apenas um sucesso de 50 por cento.

Esta é a nona vez que os encarnados deixam a fronteira com resultado igual na bagagem. Nas oito ocasiões anteriores, apenas em quatro regressaram ao país de sorriso nos lábios - obviamente, foram eliminados nas restantes quatro.

A última memória remonta à época passada, com Jorge Jesus, e num contexto semelhante ao jogo com o Estugarda, na quinta-feira: a equipa venceu o Liverpool, na Luz, por 2-1, também depois de estar a perder por 0-1.

E, tal como acontecerá amanhã, a segunda mão disputou-se três dias depois de um jogo de campeonato, igualmente de enorme intensidade física (reviravolta com a Naval, passando de um 0-2 para 4-2; em Alvalade a equipa jogou com 10 elementos durante a segunda parte).

O desfecho foi aquele que seguramente os benfiquistas não pretendem: derrota por 1-4, adeus à Liga Europa nos quartos-de-final.
Não é preciso ganhar mas...

O Benfica regressa a um país que provoca mais amarguras que boas recordações. Por uma razão muito simples e já conhecida: os encarnados nunca venceram em terras germânicas. Em 18 jogos, a equipa foi derrotada por uma dúzia de vezes e só conseguiu seis empates, três deles nos últimos três anos.

Fonte: A Bola