Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Jara no pódio com Cardozo e Saviola

19.02.11, Benfica 73

Jara é o terceiro melhor marcador da equipa. Tem média de um golo por 106 minutos. Marca sempre que é titular.
Um atirador com dedo leve no gatilho, assim se pode descrever Franco Jara, que respondeu com um golo decisivo, anteontem, contra o Estugarda (2-1), à confiança nele depositada por Jesus. O avançado argentino de 21 anos sobe ao pódio dos melhores marcadores da equipa, com seis golos, atrás de Cardozo (14) e Saviola (11), que até precisam de mais minutos para marcar. Entre os avançados, só Nuno Gomes tem média melhor, mas o capitão não tem contado para o treinador encarnado.
Franco Jara partiu de férias, no fim do ano, com a promessa de que iria ter mais oportunidades para jogar. Jorge Jesus cumpriu e o jovem argentino aproveitou. Tem, aliás, um registo assinalável, que construiu em 2011 - marca sempre que é titular. Aconteceu com Desportivo das Aves e Olhanense, ambos para a Taça da Liga, e, anteontem, com o Estugarda, para a primeira mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa. No total, soma seis golos (Académica, Nacional e V. Setúbal foram as outras vítimas), distribuídos por 24 jogos, mas por apenas 625 minutos. A média de golos por minutos coloca-o na linha da frente dos avançados, com a referida excepção de Nuno Gomes, com apenas 55 minutos esta época e dois golos. Jara precisa de 106 minutos para marcar um golo, média substancialmente melhor que as de Saviola (220/golo), Cardozo (145/golo) e Kardec (211/golo).
Na frente de Kardec
Com possibilidade de sair em Janeiro por empréstimo, Saragoça e Inter manifestaram interesse, Jara apostou em triunfar na Luz. Jesus entende que, agora, o argentino está mais bem integrado nos movimentos e interpretação do jogo da equipa e que pode responder melhor do que Kardec.
Cardozo e Saviola são indiscutíveis para formar a dupla de ataque e Jara surge agora como a alternativa de Jesus, sempre que o treinador não pode contar com os dois primeiros. O avançado argentino até começou a época com um golo, na derrota com a Académica na primeira jornada da Liga, mas acabou, quase, remetido ao esquecimento e ultrapassado por Kardec, principal concorrente. O reaparecimento e os golos fazem os encarnados acreditar que os 5,5 milhões de euros pagos ao Arsenal de Sarandí, há pouco mais de um ano, são um bom investimento.
Apesar de estar a atravessar o melhor momento desde que chegou à Luz, Jara vai ceder o lugar no onze ao ídolo Saviola, que não pôde ser utilizado com o Estugarda devido a suspensão, por acumulação de amarelos, nas competições europeias. El Conejo recupera de gastrenterite mas a sua presença em Alvalade não está em causa. E Jara vai ter de esperar por outras oportunidades. Muito provavelmente com dedo leve no gatilho.

Fonte: A Bola