Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

«Benfica não tem qualquer complexo de inferioridade» - Rui Gomes da Silva

14.02.11, Benfica 73

A resposta do Benfica às declarações de André Villas Boas sobre quem é a melhor equipa actualmente em Portugal surgiu através do vice-presidente Rui Gomes da Silva. Para o dirigente, o clube da Luz não tem qualquer complexo de inferioridade e a única coisa que há a branquear o facto de o FC Porto ter sido levado ao colo nas primeiras jornadas do Campeonato.

«A única tentativa que existe é a de branquear o facto de o FC Porto ter sido levado ao colo nas primeiras jornadas. Nas primeiras jornadas do Campeonato, que determinaram este avanço pontual, o Benfica foi lesado, prejudicado e impedido de ganhar, ao contrário de outros, que foram ajudados para ganhar jogos. Normalmente este é um modelo seguido, só que este ano foi evidente de mais. Consolida-se determinada posição no início do Campeonato e depois gere-se o avanço», acusou Rui Gomes da Silva, falando à Antena 1.

«O FC Porto não vai à frente só por méritos próprios, mas sim por ter tido alguém a ajudar, prejudicando o seu principal concorrente, de forma a que logo no início do Campeonato ficasse com muitos pontos de atraso», vincou o vice-presidente dos encarnados.

O dirigente diz que percebe, ainda assim, «a tentativa de o FC Porto criar fantasmas, de forma, salienta, a esconder «as dificuldades internas que vive». Como tal refere que André Villas Boas «devia-se preocupar mais com outras coisas». «Com as afirmações do Fucile no Facebook, do Guarin no Twitter ou explicar melhor porque não convoca o Walter quando não tem outro ponta-de-lança. Mais vale preocupar-se com a realidade que tem no próprio clube, do que preocupar-se com o Benfica», atirou.

Rui Gomes da Silva acusou ainda autenticamente o FC Porto de sofrer de complexo de inferioridade: «A marca Benfica tem uma grande diferença em relação a outras, não tem nenhum complexo de inferioridade. E quando olhamos para os nossos adversários, nunca temos qualquer complexo de inferioridade, por isso não precisamos de ser mais agressivos, mal-educados, revoltados ou impetuosos.»

Fonte: A Bola