Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Libolo derrota Benfica (109-107)

13.02.11, Benfica 73

O Libolo venceu o Benfica, por 109-107, após prolongamento, no primeiro jogo do terceiro e último dia da Supertaça Compal de basquetebol, torneio quadrangular que junta os campeões e os vencadores das taças nacionais de Portugal e Angola.

O Libolo precisa agora que o FC Porto derrote o 1.º de Agosto por menos de 10 pontos para vencer o torneio, que decorre no Campo Pequeno, em Lisboa.

Os angolanos recuperaram de uma desvantagem de 10 pontos no terceiro parcial, acabando por decidir o encontro por Olímpio Cipriano (30 pontos e cinco assistências), um dos melhores do Libolo, apenas superado pelo norte-americano Reggie Moore (41 pontos e seis ressaltos).

O Benfica voltou, à semelhança do que tinha acontecido na véspera, a claudicar nos instantes finais, saindo da competição, que venceu no ano passado, sem qualquer triunfo.

Já afastado da luta pelo título e desfalcado pelas ausências por lesão de Ben Reed e Sérgio Ramos, os encarnados entraram melhor no encontro, sobretudo graças à ação de Heshimu Evans (25 pontos).

Contudo, as águias, muito eficazes para lá da linha de três pontos (sete em 12 na primeira parte), não conseguiram melhor do que uma vantagem de 5 pontos, com que se chegou ao intervalo (47-42).

O Benfica entrou muito bem no terceiro período, aumentando logo no primeiro minuto a vantagem para 10 pontos, que soube gerir bem até ao final do parcial, que terminou 76-68.

No quarto período, o Benfica mostrou-se muito nervoso, acabando por permitir a recuperação do conjunto angolano, que podia ter decidido o encontro no último segundo, mas Reggie Moore falhou o lançamento triplo que dava o triunfo, depois de Gregory Jenkins ter empatado a 11 segundos do fim.

No prolongamento, o Libolo entrou com um parcial de 6-0, a que o Benfica respondeu com 7-0, antes de Cipriano decidir o encontro, deixando ainda espaço para uma última tentativa falhada de António Tavares (22 pontos).

Sob arbitragem de Luís Lopes, Fernando Pacheco e Francisco Tandu, as equipas alinharam e marcaram:

Libolo (109): Olímpio Cipriano (30), Mayzer Alexandre (3), Reggie Moore (41), Abdel Boukar (9) e Milton Barros (16). Jogaram ainda Simão Santos (-), Abdel Gomes (2), Edson N'Domiena (8).

Benfica (107): Miguel Minhava (6),António Tavares (22), Heshimu Evans (25), Michael Williams (9), e Gregory Jenkins (6). Jogaram ainda Diogo Carreira (15), Rodrigo Mascarenhas (6), Elvis Évora (14) e Ekjersey Viana (4).

Fonte: Record