Dezembro 21 2010
Será preciso algum tempo de adaptação, normal nestas situações, mas é garantido que o Benfica fez uma aposta certa ao avançar para a contratação do argentino, de 22 anos, Jose Luis Fernández. Esta é a opinião do treinador do Racing Avellaneda, Miguel Ángel Russo, que orientou o esquerdino, contratado pelos encarnados, nas duas últimas temporadas.

“É um jogador muito jovem mas que tem uma grande margem de progressão e um enorme futuro pela frente. Tem de continuar a trabalhar e manter o profissionalismo que tem para melhorar algumas coisas, mas posso afirmar que o Benfica fez uma aposta certa ao conseguir contratá-lo”, começou por dizer o antigo internacional argentino, de 54 anos em conversa ontem com Record, apesar de revelar que tem “grande pena de perder o jogador para as próximas competições”.

Fernández chega aos encarnados em janeiro e, na opinião de Miguel Ángel Russo, será mais uma solução para o lado esquerdo do meio-campo, que costuma ser ocupado por outro internacional alviceleste, Nicolas Gaitán. “É um jogador canhoto e que tem no seu pé esquerdo uma das suas principais armas. Empresta uma grande dinâmica à equipa, já que é muito rápido e móvel e dá também criatividade porque tem bom drible e é habilidoso no 1x1”, vincou o experiente técnico que já treinou vários emblemas do futebol argentino, explicando depois alguns traços da personalidade de Fernández.

“Além das qualidades futebolísticas é um bom rapaz. É uma pessoa muito tranquila, calma e que tem sempre um grande profissionalismo no seu trabalho. Treina-se bem e dá tudo nos jogos e isso é muito importante. Penso que se vai adaptar bem ao novo clube e à nova realidade que é jogar na Europa”, vincou.

Sem comparações

A saída de Angel Di María deixou um vazio na ala esquerda do meio-campo encarnado. O atual jogador do Real Madrid foi um dos principais destaques da temporada passada, já que detinha o estatuto de principal desequilibrador da equipa. Angelito, como era tratado pelos adeptos das águias, deixou saudades na Luz e muito se falou do seu substituto. Outro argentino, Gaitán, foi contratado para suprir a ausência de Di María mas o que é certo que ainda não conseguiu fazer esquecer o seu compatriota, nestes primeiros meses da Luz. Agora os responsáveis encarnados resolveram reforçar esse sector, mas Miguel Angel Russo rejeita qualquer tipo de comparação entre Fernández e Di María, até porque ainda “é muito cedo”.

“Di María é único. Tem uma qualidade espetacular e não está no Real Madrid por acaso. O Fernández é um jovem, tem talento e ainda pode evoluir muito mas acho que não se deve estabelecer qualquer paralelo entre os dois”, afirmou o técnico no Racing.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 13:11

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

BENFICA 73
contador grátis
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...