Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Aposta firme em equipa forte

28.05.10, Benfica 73

O presidente do Benfica foi de uma transparência cristalina quando estabeleceu os parâmetros de saídas do clube neste defeso. Perante o barulho das luzes pós-título, Luís Filipe Vieira decidiu sair a terreiro e lembrar duas coisas: que o Benfica tem ambições na Champions de 2010/11 e pretende reforçar o plantel; e que só saem elementos importantes para o grupo caso sejam batidas as respectivas cláusulas.

Abriu, porém, uma excepção, por entender que num determinado caso (presume-se o de Cardozo) havia um desfasamento entre o real valor de mercado do jogador e o que está previsto para libertá-lo.

No início da época de 2009/10, Luís Filipe Vieira afirmou que não pretendia apenas vencer um campeonato, mas sim criar condições para que tivesse lugar uma mudança de ciclo, fazendo o Benfica regressar à hegemonia nacional. Ora, aquilo a que está a assistir-se não é mais do que o aprofundamento das palavras proferidas em Agosto de 2009, facto que deve preocupar uma concorrência que talvez esperasse que os encarnados, cumprindo o desiderato da conquista do 32.º título, tirassem o pé do acelerador.

Em resumo, o Benfica não está em saldo e quem quiser Di María, David Luiz ou Coentrão - os mais badalados – vai ter de abrir os cordoes à bolsa.

O negócio do futebol tem muitas especificidades, mas no fim (e até Florentino Perez acabou por render-se!) há os que ganham e os outros.

E destes não reza a história…

Autor: José Manuel Delgado

Fonte: Jornal A Bola

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.