Novembro 07 2010

São 17 os golos que o grande clássico do futebol português rendeu no Estádio do Dragão, 10 para o FC Porto e 7 para o Benfica. A história dos jogos entre os dois rivais no novo recinto azul e branco é recente e, também por isso, fácil de fazer: começou a 28 de fevereiro de 2005, sete meses depois do Euro’2004, ou seja, na época seguinte à saída de José Mourinho para o Chelsea.

Os seis confrontos diretos entre dragões e águias já mostraram quase tudo, desde golos que permanecerão eternamente na memória coletiva dos adeptos – assinados por Quaresma em 2006/07 e Belluschi em 2009/10 – a outros que recuperaram a figura de um herói encarnado no reduto azul e branco, como não existia desde 28 de abril de 1991 – Nuno Gomes repetiu, a 15 de outubro de 2005, a proeza de César Brito 14 anos antes, ao apontar os 2 golos da vitória sobre o rival.

Se Quaresma e Belluschi proporcionaram dois golos para a história do campeonato – em lances parecidos, da esquerda para o meio, com remates sublimes com o pé direito que fizeram a bola entrar junto ao poste esquerdo de Quim –, o capitão benfiquista foi o único a lançar balde de água fria no Dragão.

A história dos últimos seis jogos, sendo negativa, não é esmagadora: venceram um jogo, empataram dois e perderam três. Esta consideração assenta no facto de, nos últimos 30 anos, o Benfica só ter ganho ao FC Porto na condição de visitante nas duas ocasiões já referidas – no resto somam 21 derrotas e apenas 7 empates. Por falar em heróis, saliência também para a vitória em 2007/08, por 2-0, com dois tentos apontados por Lisandro López, em lances semelhantes, concluídos com remates de fora da área. A particularidade foi tê-lo feito uma vez de pé esquerdo e outra de pé direito. Nem todos estão habilitados a fazê-lo.

É curioso que, em jogos sempre intensos, só um dos 17 golos aconteceu na transformação de uma grande penalidade. Em 2008/09, em jogo dirigido por Pedro Proença, o juiz de clássico de hoje viu falta no contacto entre Lisandro e Yebda. Um lance que suscitaria polémica pela posterior penalização de que foi alvo o avançado argentino. O órgão disciplinar da Liga considerou ter havido simulação evidente que “provocou uma decisão errada da equipa de arbitragem”.

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 12:12

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

BENFICA 73
contador grátis
Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...