Maio 08 2010

 

“Temos tido alguma atenção à ansiedade, mas essa atenção não é de agora, tem existido ao longo de toda a época. O Benfica joga sempre para ganhar e essa pressão também está presente no último jogo.”

Quando o técnico foi apresentado aos sócios e adeptos do Clube afirmou que o Benfica ia jogar duas vezes mais, que na última temporada e que queria ser campeão. A uma jornada do fim, os objectivos estão quase cumpridos.
“Estamos próximos de atingir esses objectivos, mas só vão ser cumpridos se ganharmos ao Rio Ave. Eu sempre pensei em fazer os jogadores do Benfica renderem mais, porque só assim era possível ser campeão. Vamos estar seguros que amanhã teremos de fazer um jogo com qualidade, porque o Rio Ave é muito forte no contra golpe e já não sofre golos há três jogos, por isso vamos ter de ser inteligentes.”

As duas vitórias alcançadas esta época frente ao Rio Ave fazem parte do passado: “É verdade que isso aconteceu, mas no futebol não há jogos iguais, o passado não conta. O que conta, é que amanhã temos de fazer pelo menos um ponto, embora o nosso objectivo seja sempre a vitória.”

“O Benfica nunca jogou para o empate, aliás, isso nem passa pela minha filosofia de jogo, nem pelo pensamento dos jogadores. Vamos jogar no risco, como temos feito sempre, um risco calculado nas várias fases de jogo, para conseguirmos a vitória.”

Em relação à possibilidade dos adversários apresentarem algumas ausências, Jorge Jesus não deixa que isso influencie a forma de jogar do Benfica.
“Não tenho essa certeza, mas isso não será uma vantagem. Nós vamos jogar com o que trabalhámos durante a semana, não nos preocupamos com os adversários.”
Para este último e decisivo jogo, o treinador fez um apelo aos adeptos do Benfica: “É muito importante que o Estádio amanhã esteja esgotado, mas não é só a presença dos 65 mil adeptos e sócios que é importante, o que é importante é que eles entrem no jogo. Tem de haver um clima de pressão sobre o adversário, como já o fizeram no passado e assobiar para desconcentrar. Isso é o mais importante. Queremos um clima à Benfica, de forma a que nos ajudem a ganhar este jogo.”

“Tanto o Fábio Coentrão como o Di María e o Javi Garcia são jogadores com uma grande intensidade de jogo, mas também já houve jogos em que eles não jogaram e nós ganhámos. Neste momento o que conta são os jogadores que vão entrar em campo e os que forem lançados vão, com certeza, mostrar que uma equipa não é feita apenas de 11 jogadores, mas sim da qualidade do seu plantel.”

publicado por Benfica 73 às 15:51

BENFICA 73
contador grátis
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...