Outubro 28 2010

 

Menos espectáculo, maior rigor defensivo. O que está diferente e as razões da mudança.
Aos poucos, os campeões vão alertando publicamente os benfiquistas: não esperem o mesmo rolo compressor da época passada, goleadas a desafiar a lógica, o mais importante agora é ganhar os jogos, mesmo sem a espectacularidade da temporada 2009/10, na qual Jorge Jesus prometeu que o Benfica iria jogar o dobro.

Em 2010/11, definitivamente, o campeão parece ter assumido uma nova identidade. Jorge Jesus não o assume abertamente mas já deixou subentendido que a equipa não poderia jogar da mesma forma porque não tem Di María e Ramires. Ainda esta semana, Luisão deixou um recado sobre a necessidade de ganhar mesmo sem jogar bem e ontem Javi García insistiu na importância de defender bem, em primeiro lugar. Porque parece haver um novo Benfica - eis o retrato e algumas razões para mudança de identidade.

PERDA DE EFICÁCIA
É a grande diferença relativamente à época passada: olhando só para a prestação na Liga, a equipa marcou apenas um terço dos golos, à mesma altura: 11 contra 30.

LESÕES
Queixou-se também o técnico de não contar com Cardozo. O internacional paraguaio lesionou-se há um mês, em Gelsenkirchen, na derrota com o Schalke (0-2). Desde aí a equipa teve quatro jogos e à excepção da partida da Taça com o Arouca (5-1), do segundo escalão, o Benfica ganhou dois jogos, perdeu outro e nos triunfos não conseguiu vencer para lá da margem mínima. Rúben Amorim também recupera de lesão.

RECURSO ÀS BOLAS PARADAS
As bolas paradas são cada vez mais importantes: dos 18 golos oficiais marcados esta época, oito foram de bola parada (44 por cento). Uma tendência maior que na época passada: 35 por cento.

APOSTA NA DEFESA
Pode parecer contraditório, tendo em conta que esta época a equipa já contabiliza tantas derrotas como o total de 2009/10 (seis), mas no que aos jogos da Liga diz respeito a aposta tem passado por uma maior coesão defensiva, principalmente nos últimos quatro jogos: Roberto está há 367 minutos sem sofrer golos, tendo já ultrapassado o melhor registo de Quim da época passada. A ordem parece cada vez mais clara: se a equipa não marca muitos golos (média de 1,3 golos por jogo) está proibida de sofrer.

Fonte: A Bola

publicado por Benfica 73 às 10:10

BENFICA 73
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...