Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

« É completamente diferente, não sofri tanto»

28.11.13, Benfica 73
O treinador do Benfica voltou a destacar o ‘feeling’ que teve no momento de uma substituição que acabou por revelar-se feliz.
O Benfica vence pela primeira vez em Bruxelas, garante a Liga Europa e continua a lutar pela qualificação na Champions. Todos os objetivos alcançados?
- Não totalmente, porque falta-nos um jogo e o nosso grande objetivo é passar esta fase, mas neste jogo sim, alcançámos os objetivos. Não sabia que o Benfica nunca tinha ganho em Bruxelas, mas garantimos a Liga Europa e continuamos a ter uma réstia de esperança na qualificação. Foi um grande jogo, um jogo de Champions, e fizemos três golos. Houve alguns períodos em que passámos por dificuldades, é normal, por vezes também fruto de algum facilitismo da nossa parte, mas o importante foi termos vencido com um jogo bem conseguido e com boas reações às desvantagens.
- Chamou Ivan Cavaleiro, depois optou por lançar primeiro Rodrigo. O que se passou?
- Na altura ia meter o Ivan Cavaleiro, era a minha ideia inicial. Depois pensei que o empate nos garantia a Liga Europa mas não a possibilidade de continuarmos a sonhar com a Champions e pensei que metendo um avançado, apesar de ser mais arriscado para mantermos o empate, sabia que o Rodrigo poderia resolver numa saída, face ao posicionamento dos jogadores do Anderlecht e sendo ele um jogador muito rápido. Felizmente foi o que aconteceu.
- Foi o momento do jogo?
- Penso que sim, que foi quando tomei essa opção de correr mais riscos porque comecei a sentir que havia muito espaço naquele corredor central para o nosso segundo avançado. Também pensei em lançar o Filip [Djuricic], mas como o Rodrigo é muito mais rápido optei por ele. O Rodrigo deu a vitória à equipa e o golo vai-lhe dar mais confiança para os próximos jogos.
- Já tinha saudades do banco?
- Já. É completamente diferente, não sofri tanto.
Fonte: A Bola