Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Gaitán admite possibilidade de sair

30.10.13, Benfica 73
Nico Gaitán deu uma entrevista ao canal Benfica TV e abriu a porta a uma futura transferência. «Estou muito bem no Benfica e contente em Lisboa, mas há sempre a possibilidade de sair, ainda hoje estive a falar disso com o Maxi [Pereira]», disse o extremo durante uma conversa onde revelou algumas curiosidades sobre a carreira.

Adquirido em 2010 ao Boca Juniors, da Argentina, Gaitán deu conta que em Lisboa foi praticamente adotado pela família de Maxi Pereira: «Foi uma das pessoas que mais me ajudou quando cheguei ao Benfica, ele abriu-me a porta de sua casa e quando alguém nos faz isso é sinal que é muito boa pessoa. Criei com ele uma relação muito forte. Tanto ele como a mulher são fantásticos... não sei se sou como um irmão para ele ou quase como um filho, tal a relação que tenho com eles.» 

Garantindo sentir-se «muito confortável em Lisboa», revelou não gostar muito de «sair de casa», situação pela qual não conhece muito bem a cidade, onde diz conhecer apenas «quatro restaurantes». Talvez porque gosta mesmo é de comer em casa do lateral uruguaio: «Come-se muito em casa do Maxi, quando vou lá tem sempre pelo menos dez pratos diferentes, há comida quase para a equipa inteira.» 

Apontando o pai, que também se chama Osvaldo como ele, como ídolo, Gaitán passou em revista alguns períodos complicados durante a formação no Boca Juniors. «Entre os 12/13 anos até aos 17 anos praticamente não jogava... só treinava. Cheguei a dizer à minha mãe que não queria mais jogar à bola. Ela virou-se para mim e disse-me que então iria terminar os estudos. Aí pensei duas vezes e como não gostava mesmo nada de estudar... continuei os treinos. Mas hoje arrependo-me de não ter continuado os estudos.»
Fonte: A Bola