Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Nasce um novo Martins

05.10.10, Benfica 73

Carlos Martins está a realizar o melhor e mais produtivo arranque de sempre com a camisola do Benfica. O golo marcado ao Sp. Braga, o segundo na presente edição da Liga (em 2008/09 não marcara nenhum até à 7.ª jornada; e em 2009/10 contabilizara apenas 1), mais não é do que um ponto de exclamação num período pleno de sinais positivos para o jogador que se prepara para ser novamente pai.

A regularidade é um dos atributos do camisola 17, que tem registado um elevado nível exibicional... sem oscilações. A 10 ou no lado direito do losango, Carlos Martins vem cimentando o seu lugar ao sol na equipa da Luz, não raras vezes carregando com ela às costas. É, assim, natural que quem pense hoje em dia no Benfica se lembre obrigatoriamente de Carlos Martins – a orfandade em relação a Ramires parece estar a ser paulatinamente ultrapassada, embora o português apresente características distintas.

A capacidade rematadora de Carlos Martins tem vindo à superfície neste arranque da Liga. O médio nascido há 28 anos, em Oliveira do Hospital, é neste momento o segundo elemento do plantel benfiquista com maior número de remates: contabiliza 17 contra os 22 de Cardozo. O Tacuara leva 3 golos no campeonato, mais 1 do que Carlos Martins, constituindo este um inusitado mano a mano pelo estatuto de goleador-mor do Benfica. O resultado natural deste impressionante arranque de época é a chamada à Selecção, tendo em vista os decisivos embates com a Dinamarca e a Islândia. Paulo Bento dele não prescindiu, embora mantenham uma relação fria.

Remate a 95 km/h

A potência do pé direito é uma das principais armas de Carlos Martins, que não pede licença para desferir fortes remates de meia distância. Quem pensasse que o pé esquerdo do camisola 17 seria apenas uma espécie de apêndice mudou de opinião quando o Benfica marcou o golo solitário frente ao Sp. Braga. Carlos Martins recebeu a assistência de Saviola com o pé direito e disparou de pronto com o pé canhoto. O remate atingiu os 95 km/h, uma velocidade impressionante se levarmos em consideração que foi desferido com o pé menos hábil.

Argentinos assistem

O camisola 17 totaliza 5 golos na Liga pelo Benfica, 3 na temporada transacta e já 2 na actual. Há golos que nascem por geração espontânea, situação que não se verifica, todavia, em qualquer dos 5 até agora concretizados por Carlos Martins. Todos eles lhe foram ofertados por companheiros oriundos da Argentina, claro sinal do peso desta colónia no futebol do clube da Luz. Saviola foi o autor de 3 das assistências, Aimar e Di María realizaram os outros 2 passes para golo.

Família a crescer

É impossível dissociar a boa fase profissional da excelente conjuntura familiar. Carlos Martins apresta-se para dar um mano a Gustavo, o filho de 17 meses. A mulher, Mónica, está grávida de 8 meses de um rapaz, cujo nome não está escolhido. Daí o polegar na boca, num gesto de chuchar, escolhido para celebrar o golo ao Sp. Braga.

Fonte: Record

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.