Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

«Benfica não entrou em contacto comigo»

29.05.13, Benfica 73
«Benfica não entrou em contacto comigo»

Paulo Fonseca é o treinador do momento em Portugal. Depois de ter levado o Paços de Ferreira a um histórico terceiro lugar no campeonato e, consequentemente, ao playoff da Liga dos Campeões, o técnico é apontado como possível sucessor de Jorge Jesus no Benfica. Revela-se tranquilo quanto ao futuro, não nega que gostava de “dar o salto”, mas garante que a hipótese de treinar as águias não passa, para já, de um «cenário hipotético».

«Esse é um assunto que está entregue ao meu representante e é ele que está a tratar da minha carreira», começa por dizer Paulo Fonseca em declarações ao SAPO Desporto, acrescentando que não tem pressa em definir o seu futuro e que nesta altura tem procurado alhear-se do que se diz e escreve sobre o seu destino.

Voltamos a insistir na possibilidade de vir a treinar o Benfica e Paulo Fonseca resguarda-se. Diz que está preparado para um desafio dessa dimensão, mas que de pouco adianta falar até haver algo de concreto.

«Comigo não há contactos, só se for com o meu representante. Não quero falar sobre cenários hipotéticos e que nesta altura não existem. Se surgir a oportunidade logo ponderarei essa questão. Já assumi que estou preparado para enfrentar novos desafios, seja em que clube for. Sinto-me mais do que preparado para isso», assegura o treinador sensação da I Liga na época que agora terminou.

A possibilidade de suceder a Jesus no Benfica surge na sequência de uma época frustrante para as águias e Paulo Fonseca admite que ele próprio não antevia que os encarnados chegassem a este dia sem qualquer título ganho.

«É difícil depois de tudo acontecer, depois dos resultados, fazer uma avaliação. A verdade é que o desfecho não foi aquele que a maioria das pessoas esperava… mas isto é futebol e temos de perceber que a linha que separa o sucesso do insucesso é praticamente invisível. Como treinadores temos de estar preparados para isso. Tão depressa estamos às portas do paraíso como a seguir damos por nós estamos no inferno.»

Contra esta crueldade do futebol, Paulo Fonseca só tem um segredo:

«Temos de ser mentalmente muito fortes. O treinador tem de ser a pessoa mais equilibrada que existe para ponderar tudo isto», conclui.

Enquanto não está definido o seu futuro, Paulo Fonseca continua a evoluir como treinador e até 21 de junho estará a realizar o curso de Treinadores de Nível IV, em Quiaios.

Fonte:SapoDesporto

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.