Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Explica as lágrimas frente ao Benfica

27.04.13, Benfica 73
Nos últimos instantes da primeira parte, Christian Baroni pegou na bola, rematou, da marca dos onze metros, mas com pontaria a mais desperdiçou uma grande penalidade. A bola embateu no poste da baliza de Artur. Sorte para o Benfica, azar para o médio do Fenerbahçe, que abandonou o relvado desfeito em lágrimas...
«No penalty tive um sentimento de perda, de que aconteceu tudo errado, pensei nas piores coisas que um jogador pode pensar. Depois do golo, foi um momento de choro e de alívio, porque é uma meia-final da Liga Europa e o clube nunca esteve numa situação dessas. Toda a gente está concentrada em chegar à final. Os adeptos do Fenerbahçe são fantásticos, lotaram o estádio e fizeram a festa. Só pensava neles. Houve pessoas que dormiram nas filas para comprarem os bilhetes. Só pensava nisso. 

As pessoas deram-me apoio e o mínimo que poderia fazer era isso, voltar para a 2.ª parte bem, com vontade. As pessoas precisavam de mim, e eu não poderia ficar abatido, não poderia baixar a cabeça. Jogo 0 a 0, o tempo passava, e o golo não saia, bolas na trave... Com muita insistência, muito trabalho, conseguimos. Tirei um peso das costas muito grande. Fiquei mais leve», recordou o médio, em entrevista ao site globoesporte. 
Na próxima quinta-feira no Estádio da Luz, Christian assegura que não terá medo se for novamente chamado para marcar uma grande penalidade. 

Se houver penalty, vou marcar de novo. Não é por causa de uma grande penalidade perdida que vou desistir das coisas. Tenho de persistente, acontece. Se o meu nome estiver na lista, de certeza que vou bater sem problema. Não fui o primeiro, nem vou ser o último a perder um penalty. O mundo não acabou. Fica a lição. No fim, as coisas deram certo», atirou o médio. 
O jogo entre Benfica e Fenerbahçe, relativo à 2.ª mão das meias-finais da Liga Europa, está marcado para quinta-feira, dia 2 de maio, às 20.05 horas no Estádio da Luz. Na Turquia, a equipa de Raul Meireles venceu por 1-0.
Fonte: A Bola