Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

«Já vi os lances, refleti e tirei ilações»

13.02.13, Benfica 73
Sensivelmente meia hora após a comitiva do Benfica ter rumado à Alemanha, onde irá defrontar o Bayer Leverkusen, numa partida a contar para a primeira mão dos 16 avos da Liga Europa, Pedro Proença e a sua equipa - Bertino Miranda, Venâncio Tomé, Antonio Godinho, Duarte Gomes e João Capela - surgiram no Aeroporto da Portela. Instado pelos jornalistas, o juiz lisboeta, que vai dirigir nesta quinta-feira o Tottenham-Lyon, comentou os incidentes do último Nacional-Benfica. 

«Estou absolutamente tranquilo. Pensei [n.d.r. dirigindo-se aos jornalistas] que estavam aqui para me dar os parabéns pela nomeação para o jogo da Liga Europa. Estou muito satisfeito com esta nomeação», começou por dizer o árbitro, que revelou que já viu as imagens do confronto na Choupana.

«É a vida de um árbitro, temos de saber viver com isso. Já vi os lances, refleti e tirei ilações. Este é o nosso futebol, sendo árbitro tenho de estar preparado para este tipo de escrutínio», apontou Proença, antes de responder ao empresário de Cardozo, que há dias afirmou que «o Benfica se sente sempre pressionado com este árbitro, ficam nervosos».

«Não conheço essa pessoa, não tenho nada a comentar», disse o juiz português, antes de negar que tenha dito que o avançado paraguaio iria pagar por lhe ter puxado a camisola, depois de ter sido expulso: «Quem me conhece sabe que não é o tipo de linguagem que utilize», assegurou. 

A finalizar, Pedro Proença foi questionado se recebeu alguma mensagem de solidariedade por parte do presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, Vítor Pereira. 
«A nomeação da UEFA é a maior prova de confiança no meu trabalho que poderá haver», concluiu.
Fonte: A Bola