Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Caldeirão talismã para Cardozo

22.09.10, Benfica 73

O palco do jogo de sábado não pode deixar de ser um dos prediletos de Cardozo. O artilheiro do Benfica marcou nas duas ocasiões em que se exibiu no Caldeirão dos Barreiros, no que toca à Liga, embora não tenha logrado vencer ambas as partidas.

A primeira vez que visitou o reduto do Marítimo foi em 2007/08. Estreou-se nos Barreiros com 1 golo, mas o Benfica de Chalana não foi além de um empate (1-1). Em 2008/09, agora sob a direção de Quique Flores, Cardozo não chegou a sair do banco, assistindo a partir daí à goleada (0-6) imposta pela formação da Luz. Jorge Jesus não abdicou do Tacuara em 2009/10, concedeu-lhe a titularidade e ele respondeu com 1 golo em novo triunfo dilatado (0-5) nos Barreiros.

A ligação de Cardozo à Madeira não se restringe aos Barreiros. O ponta-de-lança das águias apontou mais 3 golos nos jogos efetuados no estádio do Nacional.

A primeira vez que fez o gosto ao pé com o emblema da águia ao peito foi precisamente na Choupana, em 2007/08. A 2 de setembro de 2007, Tacuara bisou na vitória (0-3) alcançada pela equipa de Camacho, dando aí início à sua veia goleadora na Europa. Em 2008/09, Cardozo foi novamente titular no encontro fora com o Nacional, mas terminou a partida em branco. Talvez por isso o Benfica tenha sucumbido (3-1) diante do conjunto alvinegro.

O internacional não perdeu muito tempo e, em 2009/10, tornou a demonstrar o faro pelo golo na Choupana, apontando o tento solitário do Benfica frente ao Nacional (0-1). Refira-se que o Tacuara falhou um penálti nesse desafio.

Fonte: Record

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.