Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Mea culpa por António Melo - Jornal O Benfica

09.09.10, Benfica 73

Não tenho, nem nunca tive vaidade, para pensar ser mais esperto ou inteligente que os outros, muito menos que tivesse uma visão sempre mais correcta ou clarividente sobre todo e qualquer assunto. Quanto ao Benfica, paixão das paixões também não. No entanto, há uma matéria em que terei tido a oportunidade de avisar com antecedência o que ia e está a acontecer. O FC Porto já vai ao colo e os velhos hábitos reinstalaram-se e estão de novo no poder. Três jornadas passaram e as arbitragens cumprem já o desígnio dos últimos 25 anos. São o 12º jogador, ao serviço daqueles que ardilosamente e com a conivência do poder politico e judicial, escaparam às sanções de crimes que ainda estão visíveis no Youtube, mesmo tendo sido pedido pelos seus protagonistas que fossem rapidamente retirados. Percebe-se. É que tribunais controlados servem de argumento à falsa inocência, o que se vê e ouve no Youtube, compromete e vaticina culpa. Faz até sentir vergonha à falta dela. Pois, o actual presidente da Liga, também lá está, combinando com o sinistro Araújo, em que lugar da “fruteira” pôr a “fruta”. Herculano Lima, não mentiu, quando disse que “a montanha vai parir um rato”, referindo-se ao “Apito Dourado”.

E se o ano passado o nosso acerto dentro de campo sobejou para “matar”a estratégia de então (FCP em 1º e Braga em 2º), este ano não chegará só isso. A 1ºparte da estratégia foi convencer os dirigentes do Benfica, que Gomes tinha uma visão empresarial para a Liga e estava desavindo com P.C. E nós apoiámo-lo. A 2º, foi iniciar as provas nacionais mais cedo que nunca, em ano Mundial, onde estiveram 7 titulares do Benfica, a 3º é a mesma de há muitos anos, criar a suficiente distancia para gerir e no final, com tudo resolvido,”prejudicar” o Lobo, “beneficiar” o SLB e vitimizar-se, com o lema, “contra tudo e contra todos”, contra o centralismo. Um clássico. Que sirva de lição. Nunca poderemos apoiar nada, que venha ou tenha sido parido naquele antro. Vamos na 3º Jornada. Se nos calarmos, dirigentes, técnicos e adeptos, seremos culpados por inteiro, porque de metade já somos.