Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Benfica 1 - 3 PSV - Rescaldo e Resumo (Vídeo)

23.07.12, Benfica 73

O estádio Mieljski em Wroclaw recebeu, este domingo, a final da 1.ª edição do torneio polaco, que colocou frente-a-frente o Sport Lisboa e Benfica e os holandeses do PSV que triunfaram por 1-3.

 

Numa final com duas equipas de propensão ofensiva viu-se um jogo mexido, com ambos os emblemas a procurarem a baliza contrária com regularidade. A primeira parte começou com uma toada equilibrada, com os dois conjuntos a terem bola, sem nenhum ascendente.

Os holandeses mostraram-se perigosos através das arrancadas fortes de Depay pela esquerda e por intermédio de Narsingh pelo lado direito. Por sua vez, o Benfica levou perigo à baliza de Tyton através de Gaitán, que rematou forte aos 3´. Carlos Martins e Cardozo foram também um perigo para o guardião polaco.

 

Aliás, o médio português acabou mesmo por fazer o golo inaugural aos 33 minutos com um disparo forte de fora da área, após ter recebido o esférico de Ola John.

O descanso chegou com o Benfica na frente por 1-0. Para a etapa complementar, e tal como no encontro com o Slask Wroclaw, o treinador Jorge Jesus optou por fazer algumas mexidas ao intervalo, mas foi o PSV quem empatou. Jorgensen, de cabeça, após a marcação de um pontapé de canto.

Decorria o minuto 55 quando se deu o lance mais caricato e polémico da partida. Willems fez falta sobre Gaitán. Resolveu, então, tirar de esforço sobre o argentino com empurrões ao jogador benfiquista. Mal o árbitro ao dar cartão amarelo a ambos, pois apenas o jogador do PSV agrediu.

 

O equilíbrio voltou a ser a nota dominante, quando o PSV voltou aos golos, consumando a reviravolta no marcador. Lens foi o autor (74´).

O árbitro quis voltar a ser protagonista e deu o segundo cartão amarelo a Maxi Pereira por uma suposta mão na bola (78´). Não estando em causa este cartão amarelo, ficaram muitas dúvidas no primeiro cartão mostrado ao uruguaio. 

Reduzidos a 10 atletas, o Benfica sofreu ainda o terceiro golo. Aos 82 minutos por intermédio de Wijnaldum.

 

O Sport Lisboa e Benfica actuou com o seguinte onze: Artur Moraes; Maxi Pereira, Luisão, Garay, Luisinho (Melgarejo, 46´); Javi García (Rodrigo Mora, 77´), Carlos Martins (Bruno César, 46´), Gaitán (Yannick Djaló, 63´), Ola John (Nolito, 46´); Saviola (Witsel, 46´) e Cardozo (Nélson Oliveira, 61´).

Fonte: SLB

Outra Crónica Aqui: http://www.abola.pt/jogodirecto/ficha.aspx?id=154706   


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.