Julho 22 2012

Eusébio, a eterna glória do Benfica

Diz o povo na sua sabedoria

É Rei num reinado que brilha

Prós adeptos que apreciam pura magia


Ele é a arte que bailou à solta

P’los Estádios do mundo inteiro

Fintava onde o sol desponta

Por lugares onde era primeiro


Eusébio, filho da chama imensa

Do Benfica de tantos milhões

Seus golos criaram paixões intensas

Que é a mistica enlaçada nos corações


Se o mundo tem seus prodígios

Eusébio é seu mensageiro

O Benfica recebe o amor deste filho

Que pró clube é um Rei feiticeiro


Os Deuses apelavam p’la bela jogada

Num espiritual prazer de doce iguaria

Poetas se inspiravam p’ra trova amada

P´los seus golos belos de finíssima poesia


Eusébio a lenda orgulhosa da Nação

Dele o desporto jamais se esquece

Regista a história esta bela rendição

Dum filho amado, que o Benfica merece


Autor: Fernando Ramos

publicado por Benfica 73 às 18:15
Tags:

BENFICA 73
contador grátis
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9





comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...