Junho 20 2012

Decorreu, esta terça-feira, no Pavilhão Império Bonança, no Complexo desportivo do Estádio da Luz, a reunião do presidente do Sport Lisboa e Benfica, Luís Filipe Vieira, com todos os escalões de Formação das várias modalidades. A mesma começou com o discurso do líder máximo do Clube:

 

“Gostava de começar esta intervenção por vos agradecer a vossa presença neste Pavilhão. Quando há dias pedi ao Carlos Lisboa para vos convidar a estar aqui hoje, fi-lo com um único objectivo: agradecer-vos – jogadores e pais – o esforço, o sacrifício e a dedicação que têm tido para com o Sport Lisboa e Benfica.

 

Sinto um enorme orgulho por vos ter aqui hoje. A vossa presença neste Pavilhão representa a mudança completa entre aquilo que encontrei quando cheguei – que era zero - e o que temos hoje.

Nada na vida se consegue no imediato ou por um qualquer acaso. O que se consegue sem trabalho, sem estratégia e sem mérito, também se perde com a mesma rapidez.

 

Os resultados só podem aparecer e durar, quando são estruturados e quando os seus alicerces são sólidos. Estar aqui hoje significa que houve um plano e que esse plano foi seguido e respeitado ao longo de anos, que os alicerces foram construídos e estão hoje prontos a dar suporte a este universo de jovens que diariamente frequentam estas instalações.

 

É assim que temos vindo a trabalhar nas modalidades, todas elas – a nível profissional - com capacidade para discutir os respectivos títulos nacionais, todas elas com uma boa organização a nível da Formação que tem sabido evoluir de ano para ano, todas elas vitimas, no passado, de uma gestão danosa que durante anos ameaçou a sua existência.

 

Já o disse repetidas vezes, as modalidades fazem parte da história do Sport Lisboa e Benfica e todo o esforço que fizemos durante os últimos anos vai continuar. O trabalho que temos vindo a fazer nos escalões de Formação das várias modalidades é algo de que me orgulho e, tenho a certeza, começará a dar frutos muito em breve.

 

Já fizemos muito e esse trabalho começa agora a ser visível, mas este trabalho só será eficaz se tudo o que fizemos até agora tiver continuidade. A Formação demora muitos anos a produzir resultados e muito pouco tempo a destruir.

Algumas modalidades, a nível da Formação, estão mais avançadas do que outras, mas em todas elas o trabalho desenvolvido tem melhorado as capacidades dos atletas, formando jovens que poderão aspirar a fazer parte dos nossos planteis profissionais num futuro muito próximo.

 

Temos hoje mais de oito mil atletas em todas as modalidades e escalões etários, um número impressionante que nos orgulha enquanto Clube e que dá a real dimensão do trabalho produzido.

Aquilo que é objecto da atenção mediática dos meios de comunicação é apenas uma pequeníssima parte de tudo quanto se faz diariamente no Sport Lisboa e Benfica.

 

Assumimos aqui, não apenas o papel do Sport Lisboa e Benfica, mas também o papel do Estado. O que investimos na Formação é um serviço que prestamos a milhares de jovens e respectivas famílias que, se não fosse por esta via, não teriam acesso ao desporto. Este é um papel que na maior parte das vezes o Estado beneficia e não reconhece. Mesmo assim vamos continuar a trabalhar da mesma forma que até aqui fizemos.

 

Espero, dentro em breve, poder ver muitos destes jovens atletas a competir nas nossas equipas profissionais. É minha ambição combinar nos próximos anos a experiência e a juventude, e começar a poder aproveitar todo o trabalho que os nossos escalões de Formação têm vindo a desenvolver.

 

Uma palavra de agradecimento devida aos pais. Sem eles nada disto seria possível, sem o seu apoio e sem o seu incentivo o nosso trabalho seria certamente mais pobre e com menos resultados. Sei, igualmente, que muitos pais dão o seu contributo nas várias equipas de Formação, como seccionistas, e que com esse trabalho contribuem para sermos melhores, para sermos mais fortes! Obrigado por isso.

 

Aos jogadores, quero deixar uma palavra de incentivo. Às vezes temos de superar muitas dificuldades para atingir os nossos objectivos e sonhos, e vocês não são diferentes, vão ter de demonstrar carácter e vontade de chegar ao topo.

É com esse empenho e com essa dedicação que eu e todos os responsáveis das modalidades contamos. Porque só assim podemos aspirar a ter as nossas equipas profissionais com uma maioria de jogadores portugueses e formados na nossa casa. É esta a ambição e o desejo que hoje vos queria aqui transmitir.

 

Vivam e sintam esta camisola todos os dias, porque a força do Benfica está no colectivo, na capacidade e na força de todas as equipas, sejam elas da Formação ou da competição. Sejam elas das modalidades ou do Futebol.

Uma última palavra para todos os profissionais do Benfica que se dedicam à Formação, na área das modalidades. Sabem qual é o meu pensamento e aquilo que espero no futuro. Sei da forma como têm vindo a trabalhar, e por isso, fica também o meu muito obrigado!

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 11:55

BENFICA 73
contador grátis
Junho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...