Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

"Não paro de crescer, mas fico"

02.05.12, Benfica 73

Witsel não esconde que está a viver um verdadeiro sonho no Benfica e confessa que ainda pode render muito mais. As expectativas em relação ao futuro são ótimas, até porque realizou uma Liga dos Campeões ímpar. O internacional belga assegura que está de alma e coração na Luz, embora continue a ser assediado por alguns dos colossos da Europa, entre os quais o Chelsea, o Manchester United e o AC Milan. "É sempre assim, quando começamos a fazer boas exibições diz-se logo que vais para aqui ou para além. Mas eu estou bem aqui, é o meu primeiro ano e ainda tenho mais quatro anos de contrato. Eu estou bem aqui, tranquilo", sublinhou ao sítio da "Eurosport", reiterando a ideia de que o Benfica é o clube ideal para continuar a crescer, tal como o gesto que faz com as mãos após a marcação de golos.

"É uma forma de dizer que não paro de crescer... mas é evidente que estou bem aqui", explicou o craque belga, demonstrando estar com os pés bem assentes na terra. O assédio tem sido constante, mas o médio encarnado não se deixa iludir pelas primeiras impressões e assume que não está deslumbrado com os elogios. "Fico satisfeito por toda a gente falar de mim, mas não sou uma pessoa de ouvir e ficar empolgado, fico tranquilo".

Witsel está satisfeito com o salto que deu na carreira e recorda que na Luz o nível de exigência é muito mais elevado do que no seu país. "Este é um novo desafio na minha vida e bem mais alto do que na Bélgica. A nível pessoal a época que estou a fazer é muito boa", comentou.

Zinedine Zidane é a grande referência de Witsel. O astro francês enchia as medidas ao médio das águias e daí ser o seu ídolo. "O meu ídolo é Zidane, um jogador que atuava mais ou menos na mesma posição que eu. Sempre adorei Zidane", observou. Aliás, Luciano D'Onofrio, um dos responsáveis pela transferência de Witsel para o Benfica disse recentemente que o camisola 28 é muito parecido com o antigo craque da seleção francesa. "Já tinha dito isso quando eu estava ainda na Bélgica. É uma honra ser comparado a Zidane, mas dizer que sou como ele... não é o caso."

Na Bélgica, ao serviço do Standard de Liège, era um jogador mais agressivo. Em Portugal, tornou-se menos faltoso e, por isso, tem apenas cinco cartões amarelos. Esta transformação também deixou o médio nas nuvens. "Esta época recebi cinco cartões amarelos, o que é muito bom", admitiu, lamentando, no entanto, o menor número de golos. Witsel está habituado a apontar oito a dez golos por época e, no Benfica, marcou apenas cinco:

"É verdade que esta época marquei menos golos. Nos outros anos, no Standard, marquei mais. Se tenho de melhorar alguma coisa na minha forma de jogar é marcar mais quatro ou cinco golos que me faltam."

Fonte: O Jogo

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.