Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Benfica – Marítimo, 3-0 - Rescaldo e Resumo com Relato (VÍDEO)

06.02.12, Benfica 73

Benfica 3 - 0 Marítimo

O Benfica qualificou-se este domingo para as meias-finais da Taça da Liga, ao bater o Marítimo por 3-0. Nélson Oliveira e Rodrigo foram os marcadores da noite no Estádio da Luz, que recebeu mais um bom espectáculo de futebol proporcionado pela formação orientada por Jorge Jesus.

 

Um empate. Era esse registo que o Benfica precisava para atingir matematicamente as meias-finais da Taça da Liga. Mas, como no Benfica a palavra de ordem é vencer, a equipa comandada por Jorge Jesus começou desde cedo a procurar a baliza contrária e com um elemento em particular destaque: Nélson Oliveira. 

O avançado esteve muito móvel e logo aos seis minutos colocou a bola muito bem em Nolito, no entanto, o espanhol viu o seu remate ser defendido pelo guarda-redes Salin. Nélson Oliveira voltou a fugir pelo lado direito do ataque, servindo Saviola na perfeição, contudo, o argentino rematou para defesa do guarda-redes forasteiro, sendo que a bola voltou para os pés do número 30, ainda que o remate já não tenha levado a direcção da baliza.

 

Numa noite muito fria, as jogadas do Benfica aqueciam e, de que maneira, o ambiente nas bancadas. A temperatura aumentou mesmo aos 13 minutos, altura em que Nélson Oliveira escapou novamente pelo lado direito e após um excelente passe de Saviola. O número 16 das “águias” não perdoou e abriu as contas na Luz.

Aproveitando o empolgamento do golo de Nélson Oliveira, Nolito voltou a surgir em cena, no entanto, a sorte não esteve outra vez do lado do número nove “encarnado”, já que o remate foi travado por Salin (15 minutos).

 

O desafio entrou a partir dos 20 minutos numa toada de equilíbrio, com o marcador a não sofrer mais alterações até ao intervalo, apesar das tentativas das duas equipas.

 

O Benfica entrou no segundo tempo com uma dinâmica muito forte, não permitindo ao Marítimo sair para o ataque. Nélson Oliveira, aos 47 minutos, tentou novamente a sua sorte, contudo, o remate saiu ao lado.

 

Rodrigo sentencia com bis

A formação madeirense ficou depois reduzida a dez unidades aos 58 minutos, após expulsão de Pouga. Jorge Jesus mexeu pouco depois na equipa e os resultados foram praticamente imediatos, já que Rodrigo marcou seis minutos depois de entrar para o lugar de Saviola. Ao seu estilo, o espanhol não se fez rogado aos 80 minutos e apontou mais um tento na presente temporada, o segundo no desafio.

 

A partida frente ao Marítimo ficou, além da qualificação para as meias-finais, marcada pela estreia de Yannick Djaló com a camisola “encarnada”.

 

Recorde-se que, na próxima fase da prova, o Benfica vai medir forças com o FC Porto.

 

O Benfica apresentou a seguinte equipa: Eduardo; Maxi Pereira, Garay, Jardel e Capdevila; Javi García, Nolito, Gaitán (Djaló, 81’) e Aimar; Nélson Oliveira (Cardozo, 84’) e Saviola (Rodrigo, 66).

Fonte: A BolaSLB

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.