Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Último sorriso de Fehér, oito anos depois

25.01.12, Benfica 73

Oito anos depois, as memórias sobre o avançado húngaro continuam bem vivas. 25 de Janeiro de 2004. Fehér, uma das promessas do Benfica, cai inanimado no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, quando se aproximavam os útimos minutos do V. Guimarães-Benfica. O pânico entre jogadores foi aumentando à medida que médicos se aproximavam do camisola 29 dos encarnados. 

O jogo estava a ser transmitido em direto na televisão e o Benfica ganhava por 1-0. Após um lance em que Féher tenta impedir um lançamento lateral recebe um cartão amarelo. Segundos depois sente-se mal, cai inanimado no relvado, quando as imagens, instantes antes, transmitiam aquele que seria o seu último sorriso. Seguiram-se várias manobras de reanimação, instantes de pura tristeza entre todos os jogadores que estavam no relvado. A sua situação clínica foi acompanhada ao longo do dia. A pior notícia chegou pouco antes da meia-noite: Fehér sucumbiu devido a uma paragem cardíaca.

O Benfica foi o último clube que representou em Portugal. Gyor, terra natal do jogador, ainda hoje chora de tristeza pela perda. Foi neste local, terra humilde da Hungria, que se descobriu o seu talento. Hoje, nesse mesmo local, existe já uma academia de futebol e um colégio com o nome de Miklós Fehér. Em Portugal, o nome também não é esquecido.

No Benfica deixou de existir a camisola 29. Foi também constuído um busto em memória do avançado que desapareceu com apenas 24 anos de idade. Hoje completa-se mais um ano do desaparecimento de Féher. Familiares e amigos cumprem o ritual com uma homenagem no cemitério onde está o corpo do jogador. Até hoje todos lembram o último sorriso do antigo avançado do FC Porto, Salgueiros, SC Braga e Benfica.

Fonte: A Bola