Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

«Cada jogo que passa é menos um que falta para o título» - Artur

12.01.12, Benfica 73

Artur Moraes reconhece que o otimismo e a ambição do Benfica estão em alta, porém, diz que os encarnados terão de manter os pés no chão para segurar o primeiro o lugar até ao fim do campeonato.

Na abordagem ao jogo com o V. Setúbal, primeiro adversário da águia líder, diz o guarda-redes que «as expectativas são as melhores. 
«É um jogo em que podemos consolidar a liderança. O apoio dos adeptos é muito importante nesta altura, pois é agora que as coisas se começam a decidir», realça, vincando: «Todos sabemos que o Benfica fica cada vez mais forte quando se cria uma euforia e ambição grandes».

Ainda assim, alerta Artur que «é preciso manter a humildade e os pés no chão, com a plena consciência de que a cada jogo que passa é menos um que falta para conquistar o campeonato».

De resto, argumenta o brasileiro que «o campeonato está completamente em aberto». «Sabemos o quanto nos custou chegar ao primeiro lugar e que será difícil mantê-lo. As contas fazem-se no fim, temos consciência de que há muito trabalho para fazer», sublinha, lembrando que «o Benfica é sempre um alvo a abater por aquilo que representa». Por isso, diz, as águias têm «de estar mais fortes a cada dia que passa».

A boa pressão do líder
Artur não se encolhe com a pressão que agora recai sobre os jogadores do Benfica, decorrente da condição de líder do campeonato.
«Num clube como o Benfica a pressão existe sempre, seja no primeiro, no segundo ou no terceiro lugares. É melhor sentir a pressão de o campeonato estar mais próximo [de ser conquistado], do que a de não poder deslizar e perder pontos», argumenta o guardião.
Questionado se o primeiro lugar no campeonato faz do Benfica a melhor equipa da prova, Artur responde com cautela: «Estamos a jogar bem, é relativo se somos os mais fortes. Mas, se somos os primeiros é porque merecemos».

Fonte: A Bola

1 comentário

Comentar post