Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Jesus segura Roberto

17.08.10, Benfica 73

Roberto Jiménez continua de pedra e cal na baliza dos encarnados, pese embora a intranquilidade que paira na baliza benfiquista desde a chegada do ex-jogador do Atlético Madrid que tarda em convencer os adeptos do clube da Luz. Apesar das exibições menos conseguidas e do nervosismo evidente, tanto nos jogos de pré-época como nos dois encontros oficiais frente a FC Porto e Académica, Record sabe que Jorge Jesus não equaciona qualquer alteração no que à baliza do Benfica diz respeito.

O técnico continua a segurar o espanhol no lugar, imune a críticas e ao facto de a defesa se mostrar intranquila com o nervosismo evidenciado pelo guardião contratado esta temporada para suceder a Quim. Na opinião do treinador, o desacerto do sector mais recuado das águias deve-se, em muito, quer a ausências de jogadores-chave, quer a momentos de forma menos conseguidos de alguns dos atletas que têm vindo a ser utilizados naquelas posições.

Segundo o nosso jornal apurou, os jogadores da defesa ainda não ganharam confiança em Roberto, não por duvidarem do valor do guarda-redes, mas sim pelas hesitações permanentes no que diz respeito a decisões como, por exemplo, sair da baliza no tempo correto. Alguns jogadores estranham ainda a diferença de prestações evidenciada pelo espanhol entre os treinos (onde dá nas vistas) e os jogos. A pressão pode ser apontada como a principal razão para este facto.

A chegada de Roberto à Luz no início da época teve o aval total e absoluto de Jorge Jesus. Entre algumas hipóteses que existiam em cima da mesa, como eram os casos do português Eduardo e o argentino Romero, o treinador benfiquista optou pelo jogador que o Atlético Madrid tinha cedido na época passada ao Saragoça.

A compleição física de Roberto vinha ao encontro daquilo que pretendia o técnico dos encarnados que, como é do conhecimento público, não morre de amores por guarda-redes de baixa estatura, como era o caso de Quim ou do portista Beto. Esta característica haveria por revelar-se determinante bem como a idade (24 anos) do atleta, que contempla margem de progressão. A equipa técnica benfiquista assistiu a vários vídeos de Roberto, sobretudo ao serviço do Saragoça, e não hesitou em aconselhar o forte investimento de 8,5 milhões feito pelos responsáveis encarnados.

Colocada de parte parece estar a possibilidade levantada nos últimos tempos de avançar para a aquisição de mais um guarda-redes por forma a precaver que Roberto não consiga dar a volta à situação e afirmar-se na Luz. A SAD benfiquista entende que o investimento realizado foi avultado e não pode ser colocada em causa ao primeiro revés. Por outro lado a aquisição de mais um jogador para a baliza só serviria para intranquilizar ainda mais o espanhol. Apesar das exibições menos conseguidas de Roberto, Júlio César e Moreira vão ter vida difícil para lhe tirar o lugar.

Fonte: Record

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.