Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Troco Supertaça por jogos da Liga

13.08.10, Benfica 73

TROCAVA a derrota na Supertaça por todas as vitórias da pré-época, mas prefiro perder o jogo da Supertaça do que qualquer um dos 30 jogos que se seguem para a Liga.

O que me deixou mais apreensivo na derrota de Aveiro foi ser contra um FC Porto muito limitado, individualmente dos piores que vimos nos últimos anos.

Perder contra uma defesa com Sapunaru, Maicon e Rolando não pode deixar nenhum benfiquista animado, pois não se repetem oportunidades destas…

O Benfica não perdeu porque sofreu golo aos 3 minutos, naquele jogo se não fosse aos 3 era aos 23 ou aos 33. O FC Porto tem piores jogadores, mas mereceu ganhar porque jogou melhor e teve sempre mais frescura física.

Enquanto se discutem as futuras contratações do Benfica (duas por dia a acreditar nos jornais) eu rezo para que se não venda mais ninguém. Isso sim parece-me decisivo. Estatisticamente em cada três que chegam só um é realmente jogador para entrar no onze, e quando se vende normalmente vende-se os melhores.

Os números que me preocupam são os da tabela classificativa e por isso quero os melhores jogadores.

Domingo contra a Académica iniciamos a defesa dum título que ninguém quer perder. Começar com um resultado melhor que no último ano será seguramente um bom princípio.

Jesus saberá melhor do que ninguém como preparar o jogo, mas por mim mexia pouco, o mínimo possível, e jogavam os que estão fisicamente mais capazes. Este Benfica depende muito da sua disponibilidade física. Quando ela existe encanta, quando ela falta preocupa.

Enquanto muitos rejubilam por esta semana termos visto jogadores do Benfica em várias latitudes ao serviço das selecções, eu imploro que cheguem sem lesões, depressa e descansados.

A minha selecção era por esta altura o Benfica bicampeão, até porque a outra envergonha ora dentro ora fora de campo.

Autor: Sílvio Cervan

Fonte: A Bola