Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

A conquista de Old Trafford

26.11.11, Benfica 73

NA passada terça-feira, o Benfica não ganhou em Old Trafford, mas conquistou Old Trafford. Empate inesquecível, que entra como uma página brilhante da nossa história.

Há empates assim, como o 4-4 de Leverkusen, nunca mais se esquecem.

Absolutamente impressionante o momento do segundo golo inglês, onde segundos depois se ouvia no estádio «SLB, SLB, SLB», como que a gritar estamos juntos.

Eram três mil heróis, foram três mil felizardos que dirão até morrer Nós vimos o Benfica calar o ‘teatro dos sonhos’. Nós vimos o Benfica conquistar Manchester.

Qualquer que fosse o resultado do jogo seria positiva aquela prestação, impressionou a forma como jogamos a nossa personalidade. Onze inicial muito bem escolhido e substituições de mestre.

Jesus foi altivo nas declarações que fez antes do jogo, mas foi imperador na forma como o comandou.

Matic e Rúben seguraram um apuramento merecido e deixaram os adeptos a fazer contas aos adversários.

Terça-feira passada, apesar do apuramento, foi um dia aziago para o Benfica. Primeiro um sorteio padrasto na Taça de Portugal, colocando no nosso caminho os dois mais difíceis adversários em prova e logo no terreno destes.

Vencendo o Marítimo e Sporting arrisco que ganhamos a Taça de Portugal. Os protagonistas do dilúvio da Figueira mereciam um sorteio mais simpático.

Depois, o jogo de Inglaterra trouxe-nos a lesão de nosso capitão. Luisão faz muita falta, é o jogador que mais falta faz nesta equipa onde é o capitão, comandante, xerife e patrão.

O amarelo que exclui Maxi e o golo fora de jogo do United são coisas insignificantes quando comparados com a falta de Luisão.

Que Luisão volte rápido, porque a jogar assim há vários troféus para ele levantar este ano e sem ele é muito mais difícil.

Autor: Sílvio Cervan

Fonte: A Bola