Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Cafu: o calmeirão para todo o serviço

23.11.11, Benfica 73

Chegou à Luz em 2008, com apenas 15 anos e a escola feita no Guimarães. Nessa altura, por certo Carlos Miguel Ribeiro Dias - mais conhecido por Cafu - não pensaria certamente que três anos mais tarde estaria a estrear-se pela equipa principal do Benfica, sob as ordens de Jorge Jesus. No último sábado, o júnior foi o primeiro a ser lançado no amigável com o Galatasaray no relvado do Estádio de Genebra, e deixou boas indicações. Começou por colocar-se no meio-campo, ao lado de Emerson, mas acabou com a companhia do colega Paulo Teles. Nos 19 minutos que esteve em campo logrou destacar-se dos demais, cenário que um dos seus antigos treinadores, João Couto, não estranha.

O técnico acompanhou Cafu desde a sua chegada à Luz e relembra que desde os seus 15 anos a agitação em volta do jovem é muita. "Ele sentiu algumas dificuldades de adaptação durante os primeiros meses. Vinha de Guimarães e na altura lembro-me que andavam muitos empresários a tentar conseguir jogadores dos sub-15. Ele era um dos que despertavam muita atenção, mas o Benfica é que o garantiu. Era um calmeirão e chegou como médio, mas depois jogou como central e até como ponta-de-lança. Eu meti-o a central, mas acabou a médio e creio que é nessa posição que tem jogado mais", frisa, em declarações a O JOGO.

Couto explica que Cafu "era um miúdo com muita garra, grande, e com muita vontade de ser um bom jogador de futebol". "Sempre teve muita força e só lhe faltava 'escola', apesar de o Guimarães ser um bom clube. Faltava-lhe estar num ambiente mais competitivo, pois no Guimarães era praticamente ele e mais dez. Sempre foi promissor. Era um diamante em bruto e, com mais raciocínio táctico e um nível de jogo mais adequado, depressa se adivinhava que podia ser chamado à equipa principal do Benfica", sublinha o ex-treinador.

A família, garante, era importante pilar. "Pelo que nos apercebemos, a família incentiva-o muito e acompanha-o", remata.

Fonte: O Jogo

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.