Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Estreia europeia de Eusébio foi há 50 anos

01.11.11, Benfica 73

A 1 de Novembro de 1961 nascia... uma lenda Eusébio, a pouco menos de três meses dos 20 anos, mostrou-se em Viena. «Foi fantástico, fomos campeões!» recorda o pantera negra. 
«Santana é um fora-de-série, mas onde vou metê-lo? Já experimentei Águas, outro fora-de-série, a extremo, mas ele não tem essas características. Tiro quem, para ele entrar?»
«Ele» era Eusébio da Silva Ferreira e a dúvida pertencia a Béla Guttmann, treinador húngaro que em 1961/62 conduziu o Benfica à conquista da Taça dos Campeões Europeus, ganha numa final épica em Amesterdão, ao poderoso Real Madrid, por 5-3. 
Antes, a 1 de Novembro de 1961, em Viena, frente ao FK Áustria, Guttmann decidiu deixar Santana de fora do jogo e lançar um menino que nem 20 anos tinha. 
Nem o treinador sonhava o quanto tinha acertado na opção e como isso iria, ou pelo menos ajudaria, a marcar o futebol português, europeu e mundial. 
Os quinze anos seguintes iriam transformar Eusébio no mais espantoso jogador português de todos os tempos.
Eusébio fez assim a sua estreia europeia, com a camisola do Benfica, há precisamente 50 anos. E na ronda seguinte, na Luz, novamente com os austríacos, Eusébio marcaria o seu primeiro golo europeu, num esclarecedor 5-1 que lançou a equipa encarnada para uma época triunfal. 
Como impressionante foi a carreira de Eusébio na Europa pelo Benfica: 75 jogos e 57 golos marcados, o maior goleador de sempre português e o terceiro melhor internacional durante muito tempo. 
Actualmente o oitavo, com bem menos jogos que aqueles que lhe ficam à frente: Raul (73), Inzaghi (70), Shev-chenko (67), Gerard Muller (62), Nistelrooy (62), Henry (59) e Larsson (59).

Fonte: A Bola

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.