Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Perante isto é preciso dizer mais alguma coisa?

24.02.15, Benfica 73

André Simões: «Não nos ajoelhamos perante ninguém. Moreirense e Porto no coração»

André Simões, um dos jogadores que esteve em destaque na passada jornada, depois de ter sido expulso pelo árbitro Jorge Ferreira no encontro com o Benfica, não se conformou com a decisão que acabaria por ser importante na reviravolta dos encarnados em Moreira de Cónegos que haveriam de vencer por 3-1. O médio, de resto, fez questão de deixar essa insatisfação nas redes sociais não escondendo a paixão que tem pelo Moreirense e... FC Porto.

Na sua página oficial de facebook, o jogador publicou uma mensagem (que entretanto já foi retirada) na qual expressou a sua insatisfação. Na referida publicação constava uma foto da festa portista no recente triunfo no Estádio do Bessa (2-0).

«Se calhar foi este o motivo da expulsão. Não nos AJOELHAMOS perante ninguém, morremos de pé e acima de tudo ninguém nos cala. Moreirense e Porto no coração!!!!», pode ler-se na mensagem deixada na sua conta pessoal.

Fonte: A Bola

A zeros na Luz há sete jogos

24.02.15, Benfica 73

O Benfica não sofreu golos em casa para o campeonato nos últimos sete jogos. Se conseguir anular o ataque do Estoril, na tarde de sábado, a equipa das águias iguala o recorde do consulado de Jorge Jesus – oito desafios sem ir buscar a bola ao fundo da baliza, no Estádio da Luz, a contar para a Liga, em 2013/14.

João Pedro, avançado do Moreirense, foi o último jogador a celebrar a obtenção de um golo no anfiteatro dos encarnados na prova de regularidade. O remate certeiro desferido a 21 de setembro não evitou, porém, que o Benfica conquistasse os três pontos, fruto da vitória por 3-1. Júlio César estava na baliza nessa quinta jornada do campeonato. A partir daí, o conjunto da Luz não mais consentiu qualquer golo, “secando” os ataques do Arouca, Rio Ave, Belenenses, Gil Vicente, V. Guimarães, Boavista e V. Setúbal. A baliza do Benfica foi atribuída cinco vezes a Júlio César nesta sequência, tendo pertencido a Artur nas outras duas ocasiões.

Fonte: Record