Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

Benfica – Mónaco, 1-0 - Rescaldo, Fotos, Ficha de Jogo e Resumo com Relato (Vídeo)

05.11.14, Benfica 73

10655378_10154791065875716_8365026635576405528_o.j

A equipa principal de Futebol do Sport Lisboa e Benfica disputou, na noite desta terça-feira, a 4.ª ronda do Grupo C da Liga dos Campeões. Vitória por 1-0, golo de Talisca e tudo em aberto para o que falta na Fase de Grupos da Liga dos Campeões.

Na Luz, a noite fria foi colmatada por uma entrada quente e prometedora da formação da casa. Em cinco minutos, duas oportunidades que vaticinavam algo de bom. Aos três, Gaitán testou a atenção de Subasic após boa iniciativa individual e no minuto seguinte foi a vez de Salvio, servido por Talisca numa transição rápida – como o Benfica gosta de jogar –, rematar cruzado mas ao lado.

 

A esperança crescia nas bancadas mas não foi acompanhada por golos. Depois de 20 minutos muito positivos por parte das “águias”, o adversário cresceu no terreno, subiu as linhas e colocou Júlio César e o sector defensivo em sentido. Prova disso foi o cruzamento “venenoso” aos 23 minutos que o guardião brasileiro sacudiu com mestria.

O Benfica sentia dificuldades a sair a jogar com a bola dominada, como gosta de fazer, fruto de um “miolo” monegasco que tinha vantagem numérica. Apercebendo-se desse facto, Leonardo Jardim encetou uma pressão alta a toda a largura do terreno, com o Benfica, aqui e ali, a sacudir através das alas (Gaitán e Salvio estavam muito em jogo).

 

Muito perto do intervalo, aos 45’, Gaitán trabalhou bem na área e rematou com Subasic já batido. O

desvio do esférico nas pernas de Raggi negou um golo certo. No recomeço, o Mónaco entrou melhor e Júlio César confirmou as credenciais de um dos melhores do Mundo. Kurzawa, aos 49’, cabeceou perto, respondeu o Benfica aos 52’ com remate de Talisca para estirada de Subasic.

Entre os 57 e 59 minutos, os monegascos obrigaram Júlio César a brilhar através dos disparos de Traoré e de Ferreira-Carrasco. A equipa da casa respondia. Lima, recém-entrado, na área, rematou com perigo. À passagem do minuto 73, o árbitro teve um lapso ao cortar a lei da vantagem do Benfica num contra-ataque em que tinha superioridade numérica. Nunca se sabe o que poderia sair daqui… Dois minutos depois nova má decisão após marcar pontapé de baliza num lance em que era canto para os da Luz. Destaque para a jogada estudada que antecedeu o lance com Lima a estar perto de ser feliz.

O Benfica crescia no jogo, os Benfiquistas percebiam o esforço da equipa e correspondiam com apoio incansável vindo das bancadas. O “frisson” na área antevia algo de bom e foi isso mesmo que aconteceu! Pontapé de canto, desvio e Talisca, ao segundo poste, a levar ao júbilo as hostes “encarnadas”.

A vantagem no marcador ficou segura até ao apito final e as “águias” passam a somar quatro pontos na classificação.

O Sport Lisboa e Benfica iniciou a partida com Júlio César; Maxi Pereira, Luisão, Jardel e André Almeida; Samaris (Lima, 62’), Gaitán (Tiago, 90’), Salvio, Enzo Perez e Talisca; Derley (Cristante, 86’).

Fonte: SLB

Fotos:https://www.facebook.com/SportLisboaBenfica/photos/a.10154791064810716.1073742111.212504785715/10154791065985716/?type=1&theater

Veja aqui a ficha do jogo

Gaitán e Jardel integrados em vésperas do Mónaco

03.11.14, Benfica 73

 Boas notícias para Jorge Jesus em vésperas da receção ao Mónaco. Gaitán e Jardel treinaram-se integrados no restante plantel, dando a entender que estarão aptos para a partida referente à quarta jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Numa sessão marcada pela boa disposição, com Jorge Jesus a distribuir cumprimentos pelos jornalistas, apenas Eliseu não marcou presença no relvado, a recuperar de fratura no quinto metatarso do pé esquerdo.

Lesionados estão também Fejsa, Rúben Amorim, Ola John e Sílvio, mas estes estiveram esta manhã no relvado, ainda que apenas para fazer corrida.

Na agenda do dia está ainda a conferência de Imprensa habitual em vésperas de jogos, marcada para as 18.30 horas, no Estádio da Luz, com Jorge Jesus e um jogador.

Fonte: A Bola

SL Benfica – Rio Ave, 1-0 - Rescaldo, Fotos, Ficha de Jogo e Resumo com Relato (Vídeo)

01.11.14, Benfica 73

O Sport Lisboa e Benfica regressou às vitórias na I Liga esta noite de sexta-feira, após vencer o Rio Ave, na Catedral, no desafio inaugural da 9.ª jornada da prova. Talisca, com mais um golaço, fez o tento da vitória. Três pontos preciosos – justos - que mantêm os “encarnados” na liderança isolada do Campeonato Nacional.

19h45, cerca de meia casa no Estádio da Luz, ambiente espectacular e fervoroso nas bancadas em noite de festejos relativos ao 11.º Aniversário da Catedral, assinalados no dia 25 de Outubro.

Depois do desaire do último fim-de-semana na Pedreira, era necessária uma resposta digna do Campeão e essa resposta veio logo no onze inicial, com Jorge Jesus – também face a algumas lesões – a montar um esquema ambicioso e claramente de ataque aos três desejados pontos.

Primeiro quarto de hora interessante, com um desafio rasgadinho e intenso a animar ainda mais as bancadas da Catedral.

Lima, aos 15’, remata para grande defesa de Cássio; um minuto depois, Enzo Perez testou novamente os reflexos do guardião adversário; aos 24’, Lisandro López cabeceou para golo… mas o brasileiro disse novamente não!

Estava dado o mote e o SL Benfica começava a mandar no jogo e a dar claros sinais de superioridade… faltava o golo.

Aos 35’, resposta do Rio Ave, com Júlio César (mero espectador nos primeiros 45’) a dizer presente a um bom remate de Wakaso.

Antes do apito para o descanso, Talisca, Lima e Jonas tentaram a sorte, mas o esférico teimava em não entrar! Tudo a zeros.

Gaitán mexeu com o jogo… Talisca resolveu!

Reatar do desafio, Samaris ficou no balneário, Gaitán entrou para dar ainda mais velocidade e argumentos.

E mais, muito mais Benfica em campo! Aos 59’, finalmente, o inevitável e que há muito se adivinhava! Belíssima jogada do

colectivo e Talisca, o médio melhor marcador da I Liga, rematou de longe para mais um golaço, a fazer o 1-0 e a dar justiça ao marcador.

Desbloqueado o resultado, grande partida de Futebol, mais jogada com o coração do que com a cabeça, com os homens de Pedro Martins a reagirem, face a um Benfica a puxar dos galões de Campeão e a controlar até ao apito final.

Nota para uma grande penalidade não assinalada a favor do SL Benfica, na sequência de um braço na bola de Tarantini já no coração da pequena área. Manuel Mota nada assinalou!

Com este resultado, o Glorioso soma mais três pontos e mantém-se na liderança isolada do Campeonato Nacional... e que bem que ela nos fica!

Na próxima terça-feira, o Sport Lisboa e Benfica focaliza atenções na Liga dos Campeões, com a Catedral a receber o Mónaco, em desafio agendado para as 19h45, relativo à 4.ª jornada da prova…. E onde só a vitória interessa para o sonho se manter vivo!

O Campeonato Nacional regressa no domingo, dia 9 de Novembro, com os “encarnados” a viajarem até à Pérola do Atlântico onde, na velhinha Choupana, terão pela frente o Nacional. Este desafio, agendado para as 16h00, é relativo à 10.ª ronda da competição.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou de início com Júlio César; Maxi Pereira, Lisandro López, Luisão e André Almeida; Samaris (Gaitán, 45’), Salvio, Enzo Perez e Talisca; Lima (Pizzi, 75’) e Jonas (Derley, 88').

Fonte: SLB

Fotos:https://www.facebook.com/SportLisboaBenfica/photos/a.10154775197780716.1073742107.212504785715/10154775204985716/?type=1&theater

Ficha de Jogo: http://www.abola.pt/jogodireto/ficha.aspx?id=191600

Pág. 8/8