Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

«Merecemos estar em mais uma final»

28.04.14, Benfica 73
O treinador do Benfica, Jorge Jesus, considerou justa a passagem dos encarnados à final da Taça da Liga, realçando o comportamento tático da sua equipa no Dragão.

«A jogar com menos um ficámos com falta de poder para sair para o ataque, ainda por cima a jogar com jogadores que não são muito rápidos. Mas tivemos um comportamento tático muito bom. Era importante não sofrermos golos até ao intervalo. Defender bem também é uma arte. Só há campeões quando se sabe defender. Estivemos muito bem nos momentos defensivos, não tão bem nos momentos ofensivos. Merecemos estar em mais uma final», afirmou o técnico em declarações à TVI.
Fonte: A Bola

FC Porto – Benfica, 0-0 (3-4, gp) - Rescaldo, Fotos, Ficha de Jogo e Resumo com Relato (Vídeo)

28.04.14, Benfica 73

O estádio do Dragão recebeu, este domingo, a meia-final da Taça da Liga. Depois de um nulo ao fim dos 90 minutos regulamentares, a partida seguiu para a marca das grandes penalidades, o Benfica foi mais forte e venceu por 3-4.

Mesmo a entrar de início com vários futebolistas que habitualmente não são titulares, o Benfica entrou personalizado no estádio do Dragão, a jogar no campo todo, a trocar a bola e a pressionar alto. Não obstante, os primeiros dez minutos viu os remates de Lima e de Jackson Martínez passarem perto das balizas.

 

Após excelentes indicações do Benfica nos primeiros minutos, o FC Porto subiu as linhas, pressionou mais e esteve perto de marcar por intermédio de Jackson Martínez aos 21’ e aos 25 minutos, sendo que no último remate Oblak fez uma excelente mancha.

Aos 32 minutos, o árbitro Marco Ferreira decidiu ser protagonista. Jackson Martínez passou por Steven Vitória e foi derrubado à entrada da área. Aceitava-se o cartão amarelo, dado que havia vários jogadores no enfiamento da jogada, mas o jiuz mostrou o cartão vermelho. Contudo, três minutos depois, Alex Sandro colocou a mão à bola, mas, aí, Marco Ferreira nem cartão mostrou.

 

Curiosamente, com dez jogadores, o Benfica subiu no terreno, ganhou mais segundas bolas e equilibrou a contenda

 

que chegou aos 45 minutos com um nulo. Na segunda parte, e apesar de jogar com menos um na casa de um rival, o Benfica esteve muito maduro no relvado, sem dar espaços ao adversário que tornou o seu futebol previsível.

 

Os da Luz não deixaram, contudo, de tentar sair a jogar em transições rápidas que colocavam a defesa dos “azuis-e-brancos” em sentido. Com uma exibição inteligente a vários níveis e sem mácula, o Benfica aguentou o nulo até ao fim dos 90 minutos, levando o jogo para a marca das grandes penalidades.

 

Grandes penalidades SL Benfica: Siqueira – golo, Garay – falhou, Jardel – golo, André Gomes – falhou, Enzo Perez – golo, Ivan Cavaleiro – golo.

Grandes penalidades FC Porto: Quintero – golo, Jackson Martínez – falhou, Ghilas – golo, Maicon – falhou, Varela – golo, Fernando – falhou.

 

Desta forma, o Benfica garantiu a presença na final que será disputada em Leiria no dia 7 de Maio.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze: Oblak; André Almeida, Jardel, Steven Vitória, Siqueira; Ruben Amorim (Enzo Perez, 78’), André Gomes, Ivan Cavaleiro, Sulejmani; Lima (Garay, 36’) e Cardozo (Markovic, 63’).

Fonte: SLB

Fotos:http://desporto.sapo.pt/futebol/taca_da_liga/fotos/tl-13-14-fc-porto-benfica/

Veja aqui a ficha do jogo