Março 18 2014

Autor de um golo na vitória por 4-2 no reduto do Nacional, o avançado brasileiro Lima destacou a dificuldade do encontro com os insulares, mas elogiou o espírito combativo da turma encarnada no encontro na Madeira.


"Uma vitória sofrida, como tem sido sempre neste campeonato. Tanto fora como em casa têm sido todos os jogos difíceis. Quero ressalvar a grande qualidade de jogo que a equipa demonstrou. Saímos a perder, mas não desanimámos. Reagimos muito bem e a união de todos é a força desta equipa", começou por dizer, em declarações à SportTv.


"Sabíamos da qualidade do Nacional. Aqui é sempre difícil, diante de uma equipa que é sempre certinha, que explora bastante os contra-ataques. Sabíamos o que podia acontecer. Não nos abatemos, procurámos fazer o nosso jogo, o que temos feito durante a época. Quero parabenizar todos pela exibição", frisou.


Quanto ao título, Lima não quer já festejar: "Não, não... A nossa mentalidade é jogo a jogo. Ainda falta muito para nós. Assim é que temos de pensar. Encarar todos os jogos com seriedade e tem de ser esse o pensamento até final."

Fonte: Record

publicado por Benfica 73 às 10:53
Tags: ,

Março 18 2014

O Benfica defrontou esta noite de segunda-feira, no estádio da Madeira, a equipa do Nacional, em partida relativa à 23.ª jornada da Primeira Liga. A equipa orientada por Jorge Jesus até começou a perder, num lance mal ajuizado pelo árbitro, Manuel Mota, mas o líder puxou dos galões e deu uma resposta cabal do seu valor. Vitória, por 2-4… com alma!

Num terreno tradicionalmente difícil, desta vez não houve nevoeiro, mas houve vento, muito vento, e uma arbitragem que ainda tentou (!)… mas face a um enorme Benfica não conseguiu.

 

Aos 6’, lance muito polémico! Luisão corta a bola com o joelho na pequena área e Manuel Mota, sem hesitar por um instante, assinala grande penalidade. Na conversão, Candeias, remata para o fundo das redes de Oblak. Estava feito o primeiro tento da partida.

Em desvantagem e ainda sem ter estabilizado o jogo, o Benfica reagiu com tudo… “à Benfica”! Primeiro foi Rodrigo quem ameaçou, com a bola a sair a escassos milímetros da baliza de Gottardi.

Estava dado o mote para o “bailinho na Madeira” que se seguiria…

Aos 23’, lance trabalhado pela equipa, Rodrigo, em noite endiabrada, assiste Lima que, de primeira, refaz a igualdade.

Nove minutos volvidos é Gaitán quem tira as medidas à baliza madeirense, para, no lance seguinte, mais uma vez Rodrigo, colocar o Benfica em vantagem, para delírio dos milhares de benfiquistas que vestiram de vermelho entusiasmo as bancadas da velhinha Choupana, agora estádio da Madeira.

Remate poderosíssimo e colocado ao ângulo, com o hispano-brasileiro a fazer o 1-2 na partida.

Aos 39’, novo lance a manchar a arbitragem: ficou por expulsar Marçal que, mesmo já com um amarelo, empurra Rodrigo fora das quatro linhas e sem ter qualquer ensejo de disputar a bola… que nem lá estava!

 

Mais três pontos fulcrais

O Benfica carregava, carregava, e mostrava a quem ainda tivesse qualquer dúvida, porque é o líder e porque é a

melhor equipa a jogar Futebol em Portugal.

E quando assim é… Aos 43’ novo golo. Garay, oportuno, sobe nas alturas e, com muita classe, faz o 1-3, resultado com que se atingiria o intervalo.

Depois de uma primeira metade espectacular, com ritmo intenso, golos e bem rasgadinha, a segunda metade pautou-se pela presença em campo de um Benfica inteligente e mais pragmático.

Posse e gestão de bola em qualidade, face a um Nacional, que tentou sempre (ainda reduziu para 2-3 por intermédio de Djaniny), mas não apresentou argumentos suficientes para responder a um Benfica convicto que, ao cair do pano, ainda fez o 2-4, com Garay a bisar na partida.

Quinta-feira, pelas 18 horas, regressam as emoções da Liga Europa, com o Benfica a receber, na Catedral, o Tottenham, em partida a contar para a 2.ª mão dos oitavos-de-final da prova.

Domingo, na Luz, é dia de recepção à Académica de Coimbra, em desafio relativo à 24.ª ronda do Nacional.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com o seguinte onze titular: Oblak; Maxi Pereira, Garay, Luisão e Siqueira (Sílvio, 71’); Ruben Amorim, Enzo Perez, Gaitán e Markovic (Salvio, 60’); Lima e Rodrigo (Sulejmani, 90+1’).

Fonte: SLB

Ficha de Jogo: http://www.abola.pt/jogodirecto/ficha.aspx?id=169814

Fotos: http://desporto.sapo.pt/futebol/primeira_liga/fotos/nacional-benfica-13-14/

publicado por Benfica 73 às 08:24

Março 18 2014
publicado por Benfica 73 às 08:07
Tags:

BENFICA 73
contador grátis
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...