Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

«Em 30 anos do futebol aquilo foi surreal»

19.12.13, Benfica 73
O diretor desportivo do Benfica marcou presença, esta quinta-feira, no Tribunal Criminal de Lisboa para testemunhar no caso dos túneis, que aconteceu no polémico Benfica-FC Porto, que decorreu há quatro anos.

«Em 30 anos do futebol aquilo foi surreal. Vi o pé de Hulk no ar, mas não era para rematar, não sei onde acertou», disse Rui Costa, que tinha falhado a anterior presença por se encontrar lesionado.

O diretor desportivo, do Benfica, garantiu, em Tribunal, que os stewards nada disseram ou fizeram que provocasse a situação.
Helton, Hulk, Rodríguez, Fucile e Sapunaru são acusados de agressão e o romeno ainda de ofensas à integridade física.
Fonte: A Bola

Árbitro para o V. Setúbal-Benfica

19.12.13, Benfica 73
O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol nomeou Paulo Baptista para o Vitória de Setúbal-Benfica, encontro da 14.ª jornada da Liga agendado para as 21 horas da próxima sexta-feira.
José Braga e Paulo Ramos serão os árbitros auxiliares do juiz da Associação de Futebol de Portalegre. 
Fonte: A Bola

Benfica é o 15.º clube mais valioso do mundo

19.12.13, Benfica 73
O Benfica foi quem mais posições subiu, quatro, no top 20 dos clubes mais valiosos do Mundo e Jorge Jesus continua a ser o treinador mais bem pago da Liga portuguesa, e o segundo treinador português melhor remunerado. 

As conclusões foram apresentadas ontem nos estudos da Pluri Consultoria, empresa brasileira especializada na avaliação de mercados no âmbito desportivo, e que anualmente publica os resultados. 

O clube da Luz, que em 2012 estava em 19.º, subiu no ano que agora encerra para 15.º, posicionando-se à frente de clubes como o Inter de Milão, Mónaco, Zenit, AC Milan ou FC Porto. Os portistas, ressalve-se, estavam à frente dos encarnados em 2012, em 18.º, passaram este ano para o último lugar do top 20. 

O estudo, que tem por base apenas a análise ao valor de mercado dos planteis, «não incluindo os valores das marcas, nem qualquer outro tipo de ativos tangíveis ou intangíveis», como refere Fernando Ferreira, economista autor do trabalho, atribui ao Benfica um plantel com valor de marcado na ordem dos 248,3 milhões de euros, tendo subido 39,4 por cento relativamente ao ano anterior. Refere ainda que o valor médio por jogador à disposição de Jorge Jesus é de 7,8 milhões de euros. 

Para esta análise e subida no ranking muito terá contribuído a boa prestação do Benfica na Liga Europa, na última época, tendo chegado até à final de Amesterdão, onde perdeu com o Chelsea, bem como a aquisição de várias jovens promessas do futebol europeu, como Markovic, Djuricic ou Sulejmani. 
Fonte: A Bola

Jesus ganha mais que Scolari e Del Bosque - Confira o Top 30

19.12.13, Benfica 73
Jorge Jesus aparece no 11.º lugar da lista de treinadores mais bem pagos, à frente de Luiz Felipe Scolari e Vicente del Bosque, treinadores que já se sagraram campeões do Mundo com as seleções do Brasil e Espanha, respetivamente.
Segundo os dados fornecidos pela Pluri Consultoria, o treinador do Benfica tem um salário superior a Laurent Blanc, do Paris Saint Germain, e ligeiramente inferior a Manuel Pellegrini, do Manchester City, dois dos clubes com maiores argumentos financeiros do Mundo. Para trás ficam ainda alguns vencedores da Liga dos Campeões como Rafael Benítez ou Ottmar Hitzfeld.
A lista é encabeçada por Pep Guardiola, que aufere 17 milhões de euros por ano no Bayern, seguido de José Mourinho, que encaixa pouco mais de 10 milhões no Chelsea.
A lista dos 30 treinadores mais bem pagos é a seguinte:
1. Pep Guardiola (Bayern Munich) 17.000 (valores em milhares de euros)
2. José Mourinho (Chelsea) 10.030
3. Marcelo Lippi (Guangzhou) 10.000
4. Arsene Wenger (Arsenal) 8.260
5. Fábio Capello (Rússia) 7.800
6. Carlo Ancelotti (Real Madrid) 7.500
7. David Moyes (Manchester United) 5.900
8. Gerardo Martino (Barcelona) 5.400
9. Juergen Klopp (Dortmund) 4.300
10. Manuel Pellegrini (Manchester City) 4.165
11. Jorge Jesus (Benfica) 4.000
12. Brendan Rodgers (Liverpool) 3.894
13. Sam Allardyce (West Ham) 3.540
14. Roy Hodgson (Inglaterra) 3.540
15. Roberto Mancini (Galatasaray) 3.500
16. Rafa Benítez (Nápoles) 3.500
17. Luciano Spaletti (Zenit) 3.300
18. Cláudio Ranieri (Mónaco) 3.000
19. Laurent Blanc (PSG) 3.000
20. António Conte (Juventus) 3.000
21. César Prandelli (Itália) 3.000
22. Massimo Allegri (AC Milan) 2.800
23. Luiz Felipe Scolari (Brasil) 2.758
24. Ottmar Hitzfeld (Suíça) 2.600
25. Mircea Lucescu (Shakhtar Donetsk) 2.560
26. Diego Simeone (Atlético Madrid) 2.500
27. Harry Redknapp (Queens Park Rangers) 2.500
28. Joachim Low (Alemanha) 2.500
29. Walter Mazzarri (Inter Milão) 2.400
30. Vicente del Bosque (Espanha) 2.350
Fonte: A Bola

«Ronaldo salva fã da prisão»

18.12.13, Benfica 73

«Cristiano Ronaldo salvou um fã do Real Madrid nos EUA de ser preso e deportado para a Albânia. O extremo enviou uma carta a um tribunal da Florida para que retirassem as acusações a Ronald Gjorka por invasão e desordem pública, que acabou por ser determinante no arquivamento do processo. Tudo aconteceu em agosto, na digressão norte-americana do Real nos Estados Unidos, quando o adepto abraçou Ronaldo em campo», escreve o Correio da Manhã.

Fonte: A Bola/CM

Desistiram do jogo? (vídeo)

18.12.13, Benfica 73
Dos Estados Unidos chega um caso que está a provocar polémica no futebol brasileiro. E aconteceu num torneio de sub-16, que contou com a presença de Portugal.
Na final do Torneio Nike, os Estados Unidos venciam por 4-1 um Brasil reduzido a nove elementos. A cinco minutos, já com o troféu praticamente decidido, os jogadores norte-americanos trocavam a bola, quando a equipa brasileira deixou de jogar. 

Os jogadores do «Escrete» ficaram atrás do meio-campo, imóveis, à espera que o jogo terminasse. Do outro lado, os EUA limitaram-se a trocar a bola na defesa durante cinco minutos e o árbitro acabou a partida trinta segundos antes do final do tempo regulamentar.
A atitude da equipa de sub-16 do Brasil provocou alguma revolta no Brasil e o próprio site da Confederação Brasileira de Futebol nada escreveu sobre o facto. 

Em entrevista à Rádio Globo, Alexandre Gallo, responsável pelas seleções jovens do Brasil, negou que tal se devesse a um protesto e que tudo foi causado pelo resultado. «Os Estados Unidos pararam no jogo, começaram a trocar passes na defesa e não tínhamos que atacar com dois jogadores a menos. Aguardámos para não termos um resultado mais penalizador», explicou Alexandre Gallo.
Fonte: A Bola
 
EUA-Brasil

«Não vejo o Benfica assim tão mal...»

18.12.13, Benfica 73
“Personalidades e reflexões do mais jovem campeão europeu da história” é o título do livro apresentado esta terça-feira por António Simões no Museu Cosme Damião, em Lisboa. O antigo internacional português que vestiu a camisola do Benfica por década e meia falou do atual momento do clube da Luz.
«Não está tão bem como o ano passado, mas também não o vejo assim tão mal... Ainda há algumas coisas para resolver que não ficaram resolvidas do ano passado. Havendo uma exibição convincente, os jogadores põem-se a caminho e vão fazer tão bem como no ano passado, há exceção da última semana. Tenho fé que a equipa vai melhorar», disse António Simões à margem do evento onde estiveram várias personalidades ligadas ao futebol.
Fonte: A Bola

«Oblak dificilmente sairá da equipa»

17.12.13, Benfica 73
Antigo companheiro de equipa de Jan Oblak no Rio Ave, o avançado João Tomás acredita que o guarda-redes esloveno irá «aproveitar de certeza» a oportunidade que lhe será concedida com a lesão de Artur, que sofreu uma luxação no ombro direito frente ao Olhanense.

«Se as coisas correrem como eu acho que vão correr, dificilmente sairá da equipa. Acredito que esta seja a oportunidade dele», disse o jogador do Recreativo do Libolo à Radio Renascença, falando ainda das qualidades do jovem guardião: «Apesar de ser um guarda-redes bastante alto, é muito ágil e tem boas mãos. Costumamos dizer que tem as `mãos macias`. Agarra a bola com muita facilidade. É um miúdo que nasceu para aquilo».

Ainda assim, o avançado português admite que Artur possa regressar à baliza assim que recuperar da lesão, uma vez que o estatuto do brasileiro «pode pesar na decisão» do treinador Jorge Jesus.
Fonte: A Bola