Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

benfica73

Toda a informação sobre o Glorioso

V. Setúbal – Benfica, 0-2 - Rescaldo, Ficha de Jogo, Fotos, Resumo com Relato (Vídeo)

21.12.13, Benfica 73

O Benfica deslocou-se esta noite ao Bonfim, onde venceu, por 0-2, o Vitória de Setúbal. Depois de uma primeira metade pouco espectacular e marcada por erros de arbitragem, na segunda parte os “encarnados” trouxeram a lição bem estudada e Rodrigo e Lima assinaram os golos de mais uma vitória plena de importância para as aspirações da equipa.

 

Apito inicial de Paulo Baptista, de Portalegre, e todos os olhos postos na grande novidade da noite: Oblak na baliza do Benfica e o regresso de Jorge Jesus ao banco. De resto, o esquema habitual.

E a primeira iniciativa não se fez esperar, com Lima a dar o mote. Apesar dos instantes iniciais serem mais “encarnados”, depressa os sadinos se recompuseram, equilibraram a contenda, proporcionando um desafio bastante interessante de seguir, isto no primeiro quarto de hora.

Com o decorrer dos minutos, o Vitória de Setúbal recuou, fechou-se, obrigando o Benfica a trabalhar, redobrar esforços, em busca de espaços para jogar. Os “encarnados” tomaram conta do desafio, posse de bola em progressão, com os sadinos a montarem um autêntico autocarro à frente de Kieszek, procurado sair em contra golpe.

 

Aos 34’, momento triste de e para o Futebol! Falta feia de Pedro Tiba sobre Gaitán que, já no chão, acaba ainda por

ser agredido por uma pisadela nas costas de Nélson Pedroso. Ficou por mostrar um cartão vermelho directo! 

Dez minutos volvidos, grande penalidade por assinalar: Luisão é claramente agarrado e impedido de atacar a bola por Javier Cohene na pequena área… Paulo Baptista nada assinalou!

Ao intervalo, registava-se o nulo, numa primeira metade marcada pela falta de remates/oportunidades de golo, por um jogo mastigado a meio do terreno e pela má actuação de Paulo Baptista, ao não expulsar Nélson Pedroso e não ter assinalado uma clara grande penalidade favorável aos “encarnados”.

Rodrigo desbloqueou, Lima confirmou

Reatar da partida e mais Benfica. Gaitán abre as hostilidades com um remate de meia distância como que a tirar as medidas. Aos 54’, finalmente, o golo! Mais uma vez Gaitán, desta feita a cruzar para o coração da área, onde surge Rodrigo que, com um toque subtil de cabeça, coloca o esférico no fundo das redes de Kieszek.

Em desvantagem, o Vitória de Setúbal descontrolou-se e quem pagou a fava foram os jogadores do Benfica a sofrerem faltas sobre faltas… sobre o olhar passivo e complacente do juiz de Portalegre.

O golo espevitou as bancadas mas, acima de tudo, espevitou a partida que, finalmente, abriu e trouxe com ela alguns lances de emotividade e espectáculo.

Aos 67’ nova grande penalidade (Dani corta a bola com o braço), só que desta vez – e bem! – Paulo Baptista viu e assinalou. Na conversão, Lima, faz o 0-2.

Até ao apito final, muita raça e crer em campo, com o resultado a não sofrer alterações. Vitória justa, naquela que foi a última partida da Liga em 2013!

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com Oblak; Maxi Pereira, Luisão, Garay e Sílvio; Enzo Perez, Matic, Fejsa (Sulejmani, 45’) e Gaitán (Markovic, 87’); Rodrigo (Ruben Amorim, 76’) e Lima.

Fonte: SLB

Ficha de Jogo: http://www.abola.pt/jogodirecto/ficha.aspx?id=169737

Fotos: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10153619633785716&set=a.10153619633620716.1073741966.212504785715&type=1&theater