Dezembro 07 2013
Os adeptos do Benfica perderam a paciência com Cortez, lateral-esquerdo brasileiro que saiu ao intervalo, depois de mais um jogo em que cometeu erros e ouviu o que não quis das bancadas da Luz, já sem paciência para um jogador que tem a saída anunciada - vai regressar em janeiro ao São Paulo, clube que o tinha emprestado às águias até ao verão. 

No final do jogo, porém, também se ouviram muitos assobios na direção da equipa e de Raul José, adjunto de Jesus que voltou a tomar conta do conjunto, enquanto o treinador, castigado, se encontrava num camarote do Estádio da Luz. Luisão, capitão das águias, e Raul José estavam visivelmente inconformados com o surpreendente empate caseiro com o Arouca e dirigiram algumas palavras ao árbitro Rui Costa, embora Shéu Han e Lourenço Pereira Coelho procurassem serenar os ânimos. 

Enzo Pérez, muito irritado, entrou no túnel a correr, chamando a atenção das forças da autoridade, que imediatamente se concentraram no que se passava naquela zona, longe dos olhares do público.

Acrescente-se ainda que muitos adeptos não esperaram pelo apito final para abandonarem o estádio, incrédulos e profundamente desiludidos com a exibição das águias e com a iminência de um resultado comprometedor, que acabaria mesmo por confirmar-se no fim da partida.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 14:19

Dezembro 07 2013
O treinador do Benfica frisa que o grande objetivo para esta temporada é vencer o campeonato, um título muito desejado pelos adeptos do clube.
«O grande objetivo do Benfica é o campeonato. Queremos vencer o campeonato, a Champions é um segundo objetivo. Os adeptos estão ansiosos de voltar a vencer o campeonato português. Sabemos que na Champions temos adversários com mais possibilidades de ganhar mas isso não quer dizer que não podemos sonhar e vamos trabalhar para isso», disse Jorge Jesus em declarações ao site da UEFA.
Fonte: A Bola
publicado por Benfica 73 às 09:42

Dezembro 07 2013

A turma orientada pelo técnico Jorge Jesus empatou, esta sexta-feira, em casa, a duas bolas, com o Arouca, na 12.ª jornada do Campeonato Nacional.

Domínio avassalador do Benfica durante todo o primeiro tempo. A equipa de Jorge Jesus instalou-se no meio campo do Arouca desde o apito inicial e, fruto desse ascendente, foram várias as oportunidades criadas junto da baliza contrária.

 

Aos 3 minutos surge a primeira grande oportunidade do jogo para o Benfica, com um cruzamento tenso e um cabeceamento de Lima que levava selo de golo, mas acabou por sair ao lado do poste.

Contra a corrente do jogo, aos 17 minutos, o Arouca concretizou o primeiro remate que dirigiu à baliza do Benfica. Com alguma sorte à mistura, David Simão colocou a equipa forasteira na frente do marcador na sequência de um livre directo

No entanto, o golo não abalou o Benfica. A equipa voltou a instalar-se no meio-campo contrário e, aos 24 minutos, Lima cabeceou para uma grande defesa de Cássio. O guarda-redes brasileiro negou, logo a seguir, o golo do empate a Rodrigo. Foi um aviso para o que viria a acontecer aos 39’.

 

De novo o hispano-brasileiro, Rodrigo, e desta vez Cássio nada conseguiu fazer para evitar o golo do Benfica. O

avançado de 22 anos fez o terceiro golo em três jogos consecutivos. Forte a movimentação ofensiva dos “encarnados”, um golo que colocou justiça no marcador.

Foi com o empate a um golo que as duas equipas seguiram para o intervalo.

No reatar, mais do mesmo, com o Benfica a jogar sempre em ataque organizado, com o Arouca a usar e abusar do contra-golpe e do anti-jogo… Uma estratégia que acabou por dar resultados, com os forasteiros a conseguirem colocar-se em vantagem ao minuto 73’, por intermédio de Serginho.

Em desvantagem, com cerca de 15 minutos para lutar pela vitória, o Benfica resolveu carregar com tudo. Com o Arouca “encostado às cordas”, os lances sucediam-se na área de Cássio e grande penalidade cometida sobre Sulejmani. Na cobrança, aos 83’, Lima, com frieza, rematou para o 2-2.

Minutos finais electrizantes na Luz, com os “encarnados” a darem o tudo por tudo. Ivan Cavaleiro, Rodrigo e Luisão ainda tiveram oportunidades para marcar, mas a bola teimou em não entrar.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com: Artur Moraes, Maxi Pereira, Garay, Luisão, Bruno Cortez (Sulejmani, 45’), Enzo Perez, Fejsa (Ivan Cavaleiro, 85’), Markovic (Funes Mori, 62’), Gaitán, Rodrigo e Lima.

Fonte: SLB

publicado por Benfica 73 às 07:48

Dezembro 07 2013
publicado por Benfica 73 às 07:28
Tags:

BENFICA 73
contador grátis
Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


24
25



subscrever feeds
comentários recentes
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Here is a good news for those interested. There is...
Viva o BenficaSaudações de UMA TETRA
O apoio financeiro a indivíduosOlá,Você está preso...
Get a Loan Today At 3% Interest Rate, contact us a...
Boa tarde,Gostaríamos de dar a conhecer o novo sit...
Boa tarde,Será possivel obter o contato do adminis...
A nível de centrais, apesar dos 2 jovens da equipa...
Caro Benfica73, Rebocho é lateral esquerdo de raiz...
Eu aceitava nos seguintes termos, um milhão à cabe...
Esta gentinha que se governa do futebol, fala de m...
E qual é o valor da cláusula? Parece que o PC está...
Incrível como o site notíciasaominuto não sabe que...
Não terão começado já a tentar desestabilizar o Be...
Apesar de tudo e contra tudo e contra todos (ontem...
O Benfica tem uma estrutura psicológica muito fort...
ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃOVISTO NA NETE DEVE SER LIDO ...
OS PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS LÚCIDOSE NÃO CARNEIROS ...
ACHO QUE MERECE JÁ UM POST, EM TODOS OS BLOGUES BE...
Com tal tirada sobre a falta de 'carácter', o padr...